Assembleia Legislativa do Maranhão

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
O Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho, esteve, dia 07 de dezembro, em Timon, onde se reuniu com o prefeito Luciano Leitoa. A cidade receberá um parque ambiental, que se chamará Sucupira, na Área de Proteção Municipal de mesmo nome. 

“Visitamos o local da futura obra e apresentamos o projeto arquitetônico. Será um presente valioso aos timonenses”, disse Marcelo Coelho. 


Com uma área de aproximadamente 7 hectares, o parque contará com pista de caminhada, ciclovia, estacionamento, esplanada, jardins, canteiros, pergolados, quadra poliesportiva, playground, academia ao ar livre, posta de skate, praças e espelho d’água, além de recuperação da vegetação regional. 

De acordo o prefeito Luciano Leitoa, “a ideia é proporcionar à população uma área de lazer e que ao mesmo tempo promova a preservação do meio ambiente. Agradeço o Governador Flávio Dino e o emprenho do secretário Marcelo Coelho em realizar mais esse sonho dos timonenses”. 

“Devemos incentivar a interação da população com a natureza para que desenvolvam o sentimento de proteção e cuidado pelo meio ambiente, além de favorecer o lazer e a prática de esportes para uma melhor qualidade de vida da população”, finalizou Coelho.
Local:Costa Atlântico Hotel
Horário:12/12/2017 8h30
Endereço:Av. dos Sambaquis, quadra 1, nº35, Calhau
Contatos:SECOM | Prefeitura de São Luís
Email: imprensaprefeituraslz@gmail.com
(98) 3212-8042 // (98) 98189-0404
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), promove nesta terça-feira (12), às 8h30, no Costa Atlântico Hotel, mais uma edição do projeto "Café com Trade". O evento reunirá empresários e instituições ligadas ao setor turístico na capital maranhense. Na ocasião, será lançado o aplicativo Turismo São Luís, que reunirá os principais temas da capital e pontos turísticos, que poderão ser acessados de qualquer lugar do mundo.

De acordo com a secretária de Turismo, Socorro Araújo, o momento também é um espaço para diálogo dos empresários com o poder público municipal. "O prefeito Edivaldo estabeleceu como uma das marcas da gestão o diálogo com os integrantes do setor. Neste evento, eles podem apresentar ideias para a melhoria do turismo na cidade. Também é um momento fortuito para o estreitamento de laços do poder público com o trade turístico", disse ela.

O "Café com Trade" é realizado em parceria com os hotéis, que oferecem o espaço e o café da manhã, para incentivar o debate em relação a atividade turística na capital maranhense.

Além de dialogar com os empresários e representantes de entidades ligadas ao turismo, o encontro desta terça-feira também servirá como um balanço das ações deste ano e auxiliará o planejamento das ações direcionadas à área.

Sugestão de Sonora: Secretária de Turismo Municipal, Socorro Araújo
A Prefeitura de São Luís fortalece a limpeza urbana da cidade com a abertura de novos Ecopontos em bairros da Capital. O último bairro contemplado foi o da Cidade Operária onde o equipamento foi entregue na semana passada. O oitavo Ecoponto inaugurado pela Prefeitura está localizado na Avenida Este 203. Abrangendo uma área com mais de 10 mil moradias, o equipamento público evita o descarte irregular de resíduos sólidos na região e faz parte das políticas de fortalecimento da limpeza urbana da cidade.

Com a construção do Ecoponto Cidade Operária, que segue determinação do prefeito Edivaldo, a área onde antes era um ponto de descarte irregular de resíduos sólidos amplamente utilizada no bairro, teve todos os detritos que estavam depositados ali recolhidos. Com o equipamento, os moradores têm agora a estrutura adequada para fazer a descarga de entulhos de material de construção, restos de poda, materiais recicláveis, entre outros, sem prejuízos à vizinhança, ao meio ambiente e à saúde pública.

O polo Cidade Operária, que já conta com o Ecoponto Jardim América, deve ganhar um terceiro equipamento em 2018, que será instalado no bairro Cidade Olímpica. Somente nesta região, a Prefeitura já entregou dois Ecopontos. Em março deste ano foi inaugurado o do Jardim América. Juntos, Jardim América e Cidade Operária abrangem mais de 23 mil moradias. "Essa é uma região de São Luís com grande contingente populacional, por isso, já iniciamos os estudos para a instalação de um terceiro Ecoponto, que deve ser na Cidade Olímpica", informou a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela.

Os Ecopontos são instalados em locais com potencial para concentrar a maior parte do volume das descargas irregulares feitas no seu entorno. "A Cidade Operária tem diversos pontos onde a população já descarta irregularmente seus resíduos sólidos. O Ecoponto foi construído em um local estratégico de forma a agregar o volume desses pontos irregulares. Com isso, garantimos a melhoria da limpeza da região", disse a presidente.

ECOPONTOS

O projeto de criação dos Ecopontos é uma determinação do prefeito Edivaldo e foi desenvolvido para atender os geradores e transportadores de pequena quantidade de resíduos, com volumes inferiores a 2m³, transportados por veículos como pick-up, carrinhos de mão ou carroças. Os condutores de veículos de tração animal são os grandes usuários destas unidades, pois têm como principal atividade o transporte de resíduos. Já a população é beneficiada à medida que os pontos de descarte irregular são eliminados do entorno das suas moradias.

Os resíduos destinados a esses locais são, em grande parte, gerados por reformas de pequeno porte, restos de poda e capina de origem domiciliar, ou ainda, móveis e eletrodomésticos velhos, que normalmente são descartados nas vias públicas.

Entre outras finalidades, a ação tem ainda como objetivo contribuir para a proteção da saúde pública e da qualidade ambiental; o descarte correto de pequenos volumes; a extinção dos lixões; além de estimular o reaproveitamento e a reciclagem de materiais descartáveis e propiciar à população um local específico para fazer a destinação do lixo reciclável acumulado em sua casa.

Na medida em que oferecem alternativas ao descarte irregular, esses equipamentos também contribuem para a diminuição dos criadouros do mosquito Aaedes aegypti e, por consequência, das doenças causadas pelo inseto, como o zika vírus, o chikungunya e a dengue.

SAIBA MAIS

Onde já tem Ecopontos?
- Ecoponto Parque Amazonas
Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;
- Ecoponto Angelim
Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);
- Ecoponto Bequimão
Avenida 1, s/nº, Bequimão, ao lado do CRAS
- Ecoponto Habitacional Turu
Travessa G, s/nº, Habitacional Turu, próximo ao antigo Mateus Supermercados
- Ecoponto Jardim América
Avenida 03, s/nº, Jardim América, ao lado da União de Moradores
- Ecoponto Jardim Renascença
Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo
- Ecoponto Residencial Esperança
Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança
- Ecoponto Cidade Operária
Avenida Este 203, s/nº, Cidade Operária, próximo ao Campo do Real

Que materiais são recebidos nos Ecopontos?
ELETRÔNICOS: televisão, monitores, celular, impressoras, mouses, teclados, etc - até três unidades
ENTULHO: resíduos de construção civil, como tijolos, telhas, gessos etc - até 2m³ (volume de uma caixa d'água de 2 mil litros)
MADEIRAS: até 2m³ (volume de uma caixa d'água de 2 mil litros)
ÓLEO DE COZINHA: até 5 litros
PNEUS: até 4 unidades
PODAS DE ÁRVORE E RESTO DE CAPINA: até 2m³ (volume de uma caixa d'água de 2 mil litros)
RECICLÁVEIS: plástico, papel, isopor, metais, vidros, etc (até 300 litros - 3 sacos grandes)
VOLUMOSOS: móveis, sofás, colchão etc (até dois volumes)

Quantidades por pessoa/dia

Que materiais os Ecopontos não recebem?
Lixo doméstico
Animais mortos
Resíduos hospitalares
Resíduos perigosos/contaminados: pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos/tonner etc
Qual o horário de funcionamento dos Ecopontos?
Segunda-feira a Sábado, das 7h às 19h
A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) realizou na ultima quinta-feira 07/11 no auditório da Fiema bairro da Cohama, a eleição do processo de eleição para preenchimento de vagas de conselheiros titulares e suplentes dos segmentos usuários e sociedade civil organizada para composição do Conselho Estadual de Recursos hídricos (CONERH), triênio 2017-2020.

O secretário adjunto de Licenciamento Ambiental da SEMA, Diego Lima, parabenizou os conselheiros eleitos e destacou que o Conselho é um programa de muita importância para o estado discutir a melhor forma de fazer gestão dos recursos hídricos.

A lista de eleitos podem ser encontrada no site da SEMA (www.sema.ma.gov.br).

Sobre o Conerh

O Conselho Estadual de Recursos Hídricos do Maranhão – CONERH, instituído pela lei n° 8.149/2004 como parte do Sistema Estadual DE Gerenciamento de Recursos Hídricos, é um órgão superior colegiado com atribuições normativas e deliberativas, responsável pela promoção e pela implementação das diretrizes da Politica Estadual de Recursos Hídricos.

O CONERH/MA está constituído por um plenário, composto por 29 (vinte e nove) membros titulares e respectivos suplentes, dos segmentos Poder Público, Sociedade Civil e Usuários de Água.
O CONERH tem como Câmaras Técnicas atuantes, a educação, capacitação, mobilização social e informação em Recursos Hídricos. Além da analise e parecer das propostas de criação de comitês de bacias. 
  
Foi concorrido e muito importante o debate provocado pelo CESA -MA / Centro de Estudos de Sociedades de Advogados do MA, comandado pelos advogados Ulisses César Martins de Sousa, Marco Antonio Coêlho Lara e Marcelo Vaz Lobato.

Realizado no Hotel Pestana, o evento “Gestão, Inovação e Tecnologia da Informação na Advocacia” teve como palestrantes os renomados advogados João Addario Jr. que falou sobre Planejamento e Inovação na Gestão dos escritórios de advocacia, e Alexandre Atheniense, um dos maiores experts do país na área de Internet Law e Direito Digital, que mostrou as tendências da advocacia com as novas tecnologias que forçam uma mudança abrupta e urgente nas práticas dessa nobre profissão.

Com plateia seleta dos mais renomados escritórios e advogados da cidade, o evento do CESA-MA alcançou seu objetivo de promover reciclagem de alta qualidade e repensar a profissão, de forma inovadora e abrangente.
O Governo do Maranhão, por meio da Secretária de Cultura e Turismo (Sectur) e da Universidade Federal do Maranhão – UFMA apresentou nesta segunda-feira (11) os primeiros resultados do Observatório do Turismo do Maranhão, núcleo de pesquisas e inteligência de mercado do Estado que analisa o comportamento da atividade turística maranhense, contribuindo para que o destino se torne cada dia melhor para seus visitantes e moradores.

“Promovemos ações estruturantes em conjunto com ações promocionais. Em um passado próximo, o que ouvia-se falar do Maranhão fora do estado era da crise carcerária e da balneabilidade das praias, conseguimos mudar isso, tornando o estado atrativo para turismo de lazer e de negócio. Construímos estradas que viabiliza o turismo interno e estados vizinhos, atraímos eventos acadêmicos, criamos um calendário permanente de programação no Centro Histórico. Agora vamos trabalhar para restaurar nosso patrimônio e atrair muito mais turistas para conhecer as belezas do nosso Maranhão”, declarou o Governador Flávio Dino na oportunidade.

No lançamento, as informações coletadas foram apresentadas ao público pelo coordenador do Observatório do Turismo do Maranhão, vinculado ao grupo de pesquisa turismo, cidades e patrimônio da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Saulo Ribeiro dos Santos. Ele destacou a importância das pesquisas realizadas para o Estado.

“Inicialmente já desenvolvemos algumas pesquisas da demanda turística tanto da cidade de São Luís, como de Alcântara e Carolina, para identificar não somente o perfil das pessoas que visitam o estado, mas também qual é a opinião delas sobre a infraestrutura e o serviço oferecido. Como eles observam os equipamentos culturais e os atrativos enquanto destino turístico. Para que a partir desses dados, a gente possa direcionar politicas públicas adequadas e elaboração de planejamento estratégico voltado para a atividade turística”, afirmou.

O evento reuniu gestores públicos e privados, membros do Conselho Estadual de Turismo, discentes e docentes dos cursos de Turismo e Hotelaria do Maranhão, trade turístico e demais setores ligados à atividade turística.

Dados coletados

O levantamento das informações para a produção das pesquisas começou a ser realizado no Réveillon de 2016. Quase um ano depois, o Observatório do Turismo conseguiu reunir dez distintas análises sobre o turismo no Estado. Os dados estão disponíveis para consulta no endereço eletrônico da secretaria de Estado da Cultura e Turismo (sectur.ma.gov.br).

De acordo com os dados coletados, 36% dos turistas que visitam São Luís, são do próprio estado, 13% são do Pará e 9% são de São Paulo. A média de permanência desses visitantes na cidade é de um a cinco dias. Ainda segundo as pesquisas, 45% dos turistas são atraídos por sol e praia, enquanto 21% pelo Patrimônio Histórico. Outras doze pesquisas estão projetadas para serem realizadas no ano de 2018.

“Agora temos como monitorar o turismo no estado. Quando há um controle dos dados, a tomada de decisões é facilitada. Serve como constante aprendizado de novas práticas no Turismo”, destacou o secretário de Estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino.

Para o presidente a Associação Empresarial de Hospedagem e Alimentação do Maranhão (SEHAMA), Paulo Coelho, o Observatório do Turismo é motivo de comemoração. “Com essas pesquisas e esses dados, os empresários que já existem no Maranhão e os que pretendem investir vão conseguir ter uma perspectiva melhor para direcionar seus negócios”, afirmou.

Ações do Turismo

Na ocasião, um estudo qualitativo com ações do turismo foi apresentado pelo Secretário Adjunto de Turismo da Sectur, Hugo Veiga. Segundo o Secretário, a melhor movimentação dos últimos cinco anos na alta temporada é fruto do modelo de promoção turística implantado no Estado.

“Este ano fizemos uma excelente divulgação do Estado. Participamos das 10 principais feiras nacionais, além de presença em duas feiras internacionais, promoção de press trips [viagens] com jornalistas do setor e o lançamento da nova marca turística. O objetivo é continuar a fortalecendo  essa estratégia”, explica.

Inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 18 de dezembro.

Estão abertas as inscrições para a seleção de profissionais para atuarem como professores nos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Podem participar graduados em áreas como engenharia mecânica, engenharia elétrica, ciência da computação, sistema da informação, arquitetura, filosofia, pedagogia, ciências sociais, agronomia, ciências biológicas, engenharia florestal e engenharia ambiental. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 18 de dezembro no site do IFMA.

Os bolsistas selecionados atuarão com carga horária de até 16 horas semanais, recebendo uma bolsa no valor de R$ 50,00 por hora de aula. A seleção será feita por meio de análise de títulos. A previsão é que o resultado final seja divulgado a partir do dia 21 de dezembro.

Pousada Buriti

Pousada Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Intervenção no transito de São Luís

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista