sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

Na condição de presidente do Consórcio da Amazônia Legal, o governador Flávio Dino trouxe à tona a pauta ambiental no encontro que teve nesta sexta-feira (22) com o deputado federal Baleia Rossi, no Palácio dos Leões, em São Luís.

“Vimos com grande preocupação os cortes anunciados no orçamento de 2021 para proteção da Amazônia, do Meio Ambiente. Temos certeza que o deputado federal Baleia Rossi está comprometido com esta pauta de mediação. Nós defendemos a produção brasileira, os produtores brasileiros, defendemos que o Brasil produza alimentos, defendemos o Meio Ambiente. Em torno dessas pautas se dá essa aliança ampla no Maranhão”, pontuou o governador do Maranhão.

A importância de um amplo diálogo, a pauta federativa, a defesa da democracia, o combate à pandemia também foram alguns dos temas discutidos entre secretários estaduais, deputados estaduais e federais presentes no encontro. Para o governador, a palavra que define o momento é amplitude, por ser a questão principal no amplo arco de alianças em torno do deputado federal Baleia Rossi, no Maranhão.

“Apesar das diferentes visões políticas, temos a mesma visão derivada da questão da democracia, do papel da Câmara Federal e da independência entre os poderes”, assegurou Dino.

O deputado federal Baleia Rossi agradeceu ao governador pela receptividade no encontro e destacou a importância do diálogo para defesa da democracia e das instituições. “Queremos ter uma Câmara livre, independente para ajudar o nosso país a recuperar a sua economia, superar a pandemia. Vamos trabalhar com independência, harmonia, diálogo. A Câmara forte significa parlamentares fortes para trabalhar em defesa do seu estado, seus municípios e do nosso país”, disse o deputado federal.

Informação: Assessoria de Comunicação 

São Luís agora faz parte de um seleto grupo internacional e também está entre os 20 destinos turísticos brasileiros reconhecidos como seguro para viagens. Essa classificação é do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), com respaldo da Organização Mundial do Turismo (OMT), que concedeu o selo ‘Safe Travels’ à cidade nesta sexta-feira (22). O desenvolvimento do protocolo de segurança sanitária para São Luís foi uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, realizada por meio da Secretaria Municipal de Turismo (SETUR).

“Esta certificação mostra que estamos no caminho correto, fazendo a nossa parte no que diz respeito às normas de saúde e prevenção contra a Covid-19 e que este trabalho está sendo reconhecido. São Luís é uma potência turística que está adaptada a este novo momento que pede uma maior segurança sanitária que deve ser cumprida por todos nós”, diz o prefeito Eduardo Braide.

Segundo a WTTC, o selo foi especialmente projetado para permitir que os viajantes reconheçam governos e empresas em todo o mundo que adotaram protocolos padronizados globais de saúde e higiene - para que os consumidores possam experimentar viagens seguras. Agora, São Luís passa a fazer parte desta lista, ao lado de destinos como Espanha, Estados Unidos, Turquia, Maldivas, Portugal, Croácia, Peru, Indonésia, Egito, por exemplo. 

Este selo reconhece que a cidade de São Luís segue os protocolos e os adota nos ambientes onde acontece a atividade turística, assim como pode chancelar empreendimentos privados que decidirem adotar os protocolos da WTTC. “Além de ser uma garantia para quem nos visita, a WTTC irá divulgar São Luís internacionalmente como destino seguro. Isso impulsiona o setor turístico local, propaga a imagem do destino no cenário nacional e internacional e atrai os olhares e interesse dos viajantes para a capital do Maranhão, contribuindo a curto e médio prazo para a movimentação econômica da cidade por meio do setor turístico”, explica o secretário municipal de Turismo, Saulo Santos.

Segurança

A Setur está trabalhando com medidas de segurança para a sua equipe e também para quem participa das suas ações ou visita aos espaços da Secretaria, como o Museu da Gastronomia Maranhense e a Central de Atendimento do Turismo, que reabriram para o atendimento ao público com limitação de vagas, disponibilização de álcool em gel, atendentes utilizando face shield e máscaras, sinalização do distanciamento entre as pessoas e também a alteração da entrega de material promocional e mapas do destino de forma física para a forma digital, por meio de um QR Code localizado nas mesas de atendimento.

O selo ‘Safe Travels’ é o primeiro selo global de segurança e higiene para viagens e turismo, projetado especificamente para atender à Covid-19 e surtos semelhantes. O selo permitirá que os viajantes e outras partes interessadas em viagens e turismo reconheçam as autoridades de destino e empresas ao redor do mundo que implementam protocolos de saúde e higiene alinhados com os protocolos de viagens seguras do WTTC.

Informação: Agência São Luís 

A Federação Maranhense de Futebol 7 (FMF7) realiza, neste fim de semana, as decisões de duas categorias do Campeonato Maranhense da modalidade, ambas referentes à temporada 2020. No sábado (23), será conhecido o campeão estadual do Sub-17 e, no domingo (24), haverá a definição do vencedor no Sub-13. As duas finais ocorrerão na Arena Olynto, localizada no bairro do Olho d’Água.

Devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), os torneios não puderam ser encerrados no ano passado. Mas, neste sábado, já haverá o primeiro grito de campeão. A partir das 9h40, as equipes do Corinthians Bequimão e do Vasco Academy decidirão o título da categoria Sub-17. O duelo tem tudo para ser bastante equilibrado, uma vez que os dois times chegam à decisão com grandes campanhas na fase de grupos.

Dono do melhor ataque da competição, o Corinthians Bequimão aposta nessa característica e com o artilheiro Calebe Assunção – autor de 6 gols – para ficar com o troféu de campeão. Por outro lado, o Vasco Academy tem a seu favor a sua invencibilidade. O time cruz-maltino ainda não perdeu no torneio e, nas semifinais, despachou o Meninos de Ouro/SRT com facilidade: 5 a 1.

Sub-13

No domingo (24), às 16h, é a vez da garotada do Sub-13 disputar a final da categoria. Em campo, as equipes do Jeito Moleque e do Meninos de Ouro/AABB decidirão o título. Um detalhe importante é que os finalistas estão invictos na competição.

Após garantir os 100% de aproveitamento na fase de grupos, o time dos Meninos de Ouro/AABB manteve a boa fase e eliminou a Ponte Preta (3 a 1) e o Juventude Maranhense (4 a 2) nas quartas de final e na semifinal, respectivamente.

Já o Jeito Moleque, precisou das disputas por shoot out para avançar nos mata-matas. Nas quartas de final, passou pelo Club Athletico Paranaense, e, na semifinal, derrotou o Grêmio Maranhense para chegar à final de domingo.

Tudo sobre o Campeonato Maranhense de Futebol 7 está disponível no site (www.fut7ma.com.br) e nas redes sociais oficiais da federação (@fmf7ma).

Informação: AP Assessoria de Imprensa

Aumento do volume de passageiros desembarcados, no número de voos e na taxa de ocupação da rede hoteleira da cidade mostram que a cadeia do turismo começa processo de reaquecimento

O desembarque de passageiros no aeroporto de São Luís foi 225% maior em dezembro do que agosto, início da retomada das atividades da cadeia de valor do turismo.

Os indicadores de movimentação de passageiros no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís e dados de ocupação hoteleira em dezembro de 2020 sinalizam perspectivas de reaquecimento da cadeia do turismo, com indícios de um processo de recuperação que ganha consistência a cada dia, em clara tendência de aquecimento das atividades do segmento de turismo na capital maranhense.

Dados da Infraero apontam que o volume de passageiros desembarcados no aeroporto em dezembro do ano passado foi mais que o dobro do registrado em agosto, mês apontado como o início do reaquecimento pós pandemia.

Os números indicam que no último mês de 2020 chegaram a São Luís 55,5 mil passageiros em 734 voos, o que representa um crescimento de 225,3% com relação ao resultado aferido em agosto pela Infraero, quando desembarcaram 24.645 passageiros em 474 voos.

Em rota de reaquecimento, cadeia do turismo receberá atenção do Sebrae em 2021

O resultado de dezembro ainda está distante da média de passageiros desembarcados e registrada em 2019 – de 70,3 mil passageiros mensais. No entanto, já se aproxima fortemente do ritmo registrado em fevereiro de 2020, um mês antes do pico da pandemia e início das medidas de isolamento social que impactaram fortemente a atividade turística. Naquele mês, cerca de 62,1 mil passageiros desembarcaram na capital maranhense.

O aumento do número de passageiros desembarcados no aeroporto de São Luís se soma aos resultados aferidos pelo Observatório do Turismo de São Luís, na primeira semana do ano.

De acordo com os dados levantados pelo Observatório do Turismo, a rede hoteleira de São Luís iniciou o ano de 2021 em alta: a taxa de ocupação (de 30 de dezembro a 2 de janeiro) atingiu 83% da capacidade instalada. Os equipamentos hoteleiros instalados na orla de São Luís, puxaram a alta da taxa de ocupação na capital ao superar os 80%, isso indica que há uma preferência do turista que visita a cidade – a área litorânea.

Atendimento do Sebrae em 2021 terão foco territorial

Contribuindo com o resultado do aquecimento na atividade econômica do turismo, o Sebrae fez a sua parte e atuou forte nos polos turísticos São Luís, Rota das Emoções, Chapada das Mesas e Floresta dos Guarás. O trabalho da instituição foi focado em apoiar os empreendedores do turismo com ações e projetos para adaptar os pequenos negócios do setor à nova situação e a retomada das atividades com segurança sanitária. Agora em 2021, está entre os desafios consolidar esse trabalho com ações focadas em uma visão de atendimento territorial.

Para o coordenador estadual de Turismo do Sebrae, Luiz Walter Muniz, o planejamento tem sido a palavra de ordem e a instituição está reestruturando seu modelo de atuação.

“Neste momento, o planejamento tem sido a palavra de ordem do Sebrae, especialmente em razão de uma mudança de foco na nossa atuação, que passa a ser territorial. Nos diversos territórios contemplados no Polo São Luís, a cadeia do turismo aparece com grande relevância e potencial para geração de dinamismo e incremento econômico”, afirma o coordenador de Cultura e Turismo do Sebrae no Maranhão, Luiz Walter Muniz.

Do processo do planejamento ao apoio a novos roteiros turísticos – como o passeio equestre rural da Raposa e a produtos de turismo de experiência identificados e validados com participação do trade, passando pela preparação das empresas para atuação no meio digital e pela remodelagem de produtos agora adaptados à nova realidade do turismo, pelo fortalecimento de alternativas de turismo regional e capacitação dos negócios turísticos para o mercado e para a gestão com foco empreendedor, além de alternativas de acesso ao mercado, o Sebrae deu sua parcela de contribuição, com suporte técnico, consultorias em gestão financeira, transformação digital, rodadas de negócios, gestão de pessoas e até mesmo em implantação de procedimentos sanitários adequados ao momento de pandemia. Agora, o Sebrae está preparando novas formas de adaptar sua atuação face à reestruturação do mercado turístico.  

“Estamos reestruturando nosso modelo de atuação, trabalhando o planejamento das ações que serão executadas. Para tanto, contamos com o apoio de consultores e especialistas, no sentido da construção de um plano de trabalho consistente, focado nas principais demandas do trade, para ser executado em 2021 após validado pelo trade e pelo próprio Sebrae e parceiros. Após um 2020 complicado, onde tivemos saldos positivos frutos da atuação do Sebrae, de parceiros e do trade, nosso propósito é dar continuidade ao trabalho desenvolvido e voltado para as necessidades dos negócios do turismo, levando em conta o reposicionamento da atividade e o próprio modo de usufruir do turismo fruto dos novos condicionantes trazidos pela pandemia”, concluiu o coordenador.

Informação: Sebrae-MA 

Ele pediu ainda o uso de máscaras em transportes entre os estados

O candidato democrata à presidência dos EUA em 2020, Joe Biden, fala em seu comício eleitoral em Wilmington

O presidente norte-americano, Joe Biden, assinou decreto nessa quinta-feira (21) para requerer que passageiros internacionais de viagens aéreas façam quarentena ao chegarem aos Estados Unidos (EUA). Ele orientou as agências do país a implementarem rapidamente uma obrigação federal de uso de máscaras em transportes entre os estados.

O decreto de Biden diz que, “na medida do possível”, viajantes aéreos precisam cumprir as orientações do CDC [Centro de Controle e Prevenção de Doenças] em relação a viagens internacionais, “incluindo períodos recomendados de autoquarentena”, mas não explica como isso será aplicado.

O decreto também orienta as agências dos EUA a manterem conversas com o Canadá e México em relação a “protocolos de saúde pública para postos de entrada por terra”, incluindo a implementação de diretrizes do CDC. Quase todas as viagens não essenciais nas fronteiras terrestres dos EUA com o Canadá e México foram suspensas até 21 de fevereiro.

Informação: Agência Brasil 

A rede hoteleira de São Luís obteve uma taxa de ocupação dos estabelecimentos de hospedagem de aproximadamente 70% durante o último fim de semana (dias 16 e 17 de janeiro). A pesquisa é realizada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), com o objetivo de registrar os números e entender a movimentação na cidade para melhorar a divulgação e as ações voltadas para o turismo.

“Nós estamos focando na retomada do turismo para agregar à iniciativa privada e melhorar os índices e movimentação financeira da cidade. Vamos seguir todos os protocolos sanitários, respaldados pela Vigilância Sanitária, para a realização ações adaptadas ao cenário de pandemia em que ainda nos encontramos”, disse o secretário municipal de Turismo de São Luís, Saulo Santos.

No início de janeiro, a taxa de ocupação atingiu 83%, registrando uma média positiva. Para o final de semana de 23 e 24, as projeções que a Setur já recebeu apontam para uma média superior a 50%.

Saiba Mais

Mais informações sobre o trabalho desenvolvido pela Prefeitura na área do Turismo podem ser encontradas nos perfis oficiais do Destino São Luís: Facebook (Turismo São Luís), Instagram (@turismo.saoluis) e Twitter (@turismosaoluis).

Informação: Agência São Luís 

O trabalho realizado pelo Governo do Maranhão no combate à Covid-19 tem se destacado diante do atual cenário da pandemia no Brasil. De acordo com os dados disponibilizados no Portal Coronavírus Brasil, do Ministério da Saúde, o Maranhão está entre os três estados com o menor índice de incidência de casos e mortes pela Covid-19 no país.  

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, os dados comprovam que o trabalho que o Governo do Maranhão tem realizado durante a pandemia da Covid-19 tem gerado resultados positivos.  

“Desde o início da pandemia, trabalhamos na ampliação da rede de assistência contra a Covid-19 no estado. Entregamos novas unidades de saúde e investimos em ambulatórios para tratamento precoce da Covid-19, evitando, assim, o agravamento da doença e o aumento da ocorrência de óbitos. Além disso, investimos em fiscalizações e campanhas de conscientização da população quanto à importância da prevenção”, destaca Carlos Lula.  

No quesito Incidência de Casos por 100 mil habitantes, o Maranhão ocupa o terceiro lugar entre os estados com a menor incidência do novo coronavírus com uma taxa de 2.887,6 casos por 100 mil habitantes, ficando atrás apenas de Pernambuco (2.561,6/100 mil hab.) e Rio de Janeiro (2.842,9/100 mil hab.) 

Já no que se refere à Taxa de Mortalidade por 100 mil habitantes, o Maranhão encontra-se empatado com a Bahia, ambos estão com a segunda menor taxa de óbitos entre os estados do país, 65,4 mortes por 100 mil habitantes, ficando atrás apenas do estado de Minas Gerais (64,8/100 mil hab.). 

Os dados contabilizados foram atualizados na noite de quinta-feira (21). Mais informações podem ser acessadas através do endereço https://covid.saude.gov.br/.

Informação: MA.gov