sábado, 23 de outubro de 2021

O equipamento é um ponto de atendimento aos empreendedores locais, é resultado de uma parceria da Prefeitura com o Sebrae e a solenidade de inauguração é parte da programação de aniversário da cidade


Empreendedores individuais, candidatos a empresários, micro e pequenas empresas do Icatu passam a contar, a partir desta terça-feira (26), com uma Sala do Empreendedor, numa parceria que envolve o Sebrae e a Prefeitura Municipal. O espaço é de responsabilidade da Prefeitura de Icatu e funcionará na rua Coronel Cortez Maciel, Nº 26, Centro.  

A solenidade de inauguração está prevista para às 15h, como parte da programação de aniversário da cidade. O governador do Maranhão, Flávio Dino, e o presidente do Sebrae no Maranhão, Raimundo Colho, serão recebidos pelo prefeito Wallece Azevedo para o evento.  

Reunindo as equipes técnicas da Prefeitura, Sebrae e parceiros, a Sala do Empreendedor vai favorecer o acesso, aos empreendedores locais, a uma série de soluções, produtos e serviços direcionados ao fortalecimento da economia e ao dinamismo de negócios e vocações do município.

Essa conquista, na opinião do prefeito Wallece Azevedo, vai contribuir muito para fomentar o empreendedorismo e a geração de novos negócios. "A informalidade não é saudável para o cidadão nem para o Município. Com muito esforço conseguimos viabilizar, através da parceria com o SEBRAE, este investimento para nossa cidade. É o primeiro passo de um grande projeto, principalmente, nesse momento em que precisamos nos reinventar, encontrar oportunidades, e acima de tudo, desenvolver nossa cidade, pois aqui em Icatu o empreendedor tem espaço sim, e com esse avanço, conseguiremos alavancar a economia local do município”, afirmou o Prefeito Walace Azevedo.

Com a inauguração da sala do empreendedor de Icatu, a cidade passa a fazer parte da lista de 97 municípios maranhenses que tem este tipo de equipamento. Com a Sala do Empreendedor, um espaço permanente para atendimento à comunidade empresarial, que terá à disposição orientações sobre procedimentos para abertura, alteração e baixa de empresas, legislação e cadastro do microempreendedor individual, elaboração de plano de negócios, orientações sobre gestão empresarial, capacitações e consultorias empresariais, dentre muitas outras ações viabilizadas no espaço.

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Maranhão (CDE), Raimundo Coelho, destaca a importância do início da operação da Sala do Empreendedor de Icatu. Para ele, a inauguração do espaço reforça a parceria do Sebrae com a Prefeitura e empreendedores locais e vai ajudar a impulsionar ações que dão suporte aos Microempreendedores Individuais (MEI), donos de Micro e pequenas empresas (MPEs).

“Esse momento é importante porque marca o início de todo um trabalho que iremos realizar juntos, Sebrae e Prefeitura Municipal de Icatu, para alcançar uma resultados positivos, por meio de uma série de ações empreendedoras que serão implementadas, e que premiará o município, ganharão os pequenos negócios locais e, principalmente, a população, que passa a experimentar de um  local melhor para se viver e de uma cidade com ambiente favorável a maiores oportunidades de emprego e renda“, afirma o presidente do CDE Sebrae.

Estrutura

Para execução de suas atividades, a Sala do Empreendedor contará com Agentes de Desenvolvimento Local (ADL) e um coordenador, capacitados pelo Sebrae, além de todo suporte da instituição dentro de sua estratégia de atuação territorial, no sentido de fortalecer potencialidades do município, como o turismo, artesanato, comércio e serviços.

Para o Diretor Técnico do Sebrae no Maranhão, Mauro Borralho, o apoio ao empreendedor local será reforçado por meio de meio de soluções efetivas, que produzem impactos positivos para o crescimento e dinâmica da economia.

"Parabenizamos a Prefeitura de Icatu por acreditar no empreendedorismo e oferecer à sociedade do município um local propício para o atendimento, assegurando a entrada única de dados, com a intenção de fortalecer os pequenos negócios locais e estimular a formalização de empresas, facilitando o processo de abertura em conformidade com a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. O Sebrae reforça a parceria e se coloca à disposição para desenvolver ações junto aos empreendedores locais, que contribuam para o fortalecimento dos pequenos negócios", frisou o diretor técnico do Sebrae no Maranhão, Mauro Borralho.

Sobre a Sala do Empreendedor

Essa é a 97ª Sala do Empreendedor instalada em municípios maranhenses. O espaço tem como objetivo a desburocratização do atendimento ao empreendedor, assegurando a entrada única de dados, centralizando o atendimento com a intenção de estimular a formalização dos empreendedores e facilitar os processos de abertura, alteração e baixa das empresas, em conformidade com a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

A Sala do Empreendedor é um dos indicadores da implementação da Lei Geral Municipal e está sob a responsabilidade das prefeituras, que têm como grande parceiro o Sebrae Maranhão, instituição que trabalha para melhorar a gestão dos pequenos negócios, tornando-os economicamente viáveis e sustentáveis, contribuindo para o desenvolvimento local.

É um serviço gratuito e proativo, que vai ao encontro da população empreendedora do município e integra, em seu contexto, todas as secretarias e órgãos municipais envolvidos com as atividades empreendedoras. A Sala do Empreendedor é um instrumento importante na implementação da Lei Geral, ou seja, em tornar realidade os benefícios que a legislação prediz para instituir um ambiente legal de desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios municipais. Para realizar o trabalho no espaço, as prefeituras devem firmar parcerias com diversas instituições e outros órgãos da esfera estadual e federal.

Informação: Sebrae 

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, divulgou um relatório prevendo que a poluição causada por plásticos duplique até 2030, causando péssimas consequências para saúde, economia, biodiversidade e clima. 

O Pnuma afirma ser crucial tratrar da crise de poluição global como um todo e lança o documento cerca de 10 dias antes do início da Conferência da ONU sobre Mudança Climática, COP-26.

Previsões de aumento de CO2 

Para reduzir a poluição por plásticos, a agência da ONU propõe fim dos subsídios e que os combustíveis fósseis sejam substituídos por fontes de energia renovável. O Pnuma acredita ser possível reverter essa crise, desde que haja vontade política e ação urgente. 

O relatório mostra que em 2015, as emissões de gases de efeito estufa causadas por plásticos eram equivalentes a 1,7 gigatoneladas de CO2. Mas até 2050, a projeção é de que as emissões aumentem para 6,5 gigatoneladas. 

Os autores do estudo destacam que algumas alternativas para a crise dos plásticos também são nocivas ao meio ambiente, incluindo plásticos biodegradáveis, que causam “uma ameaça similar aos plásticos convencionais”.

Consumo de plástico precisa parar imediatamente 

O documento do Pnuma também apresenta algumas falhas do mercado, como baixos preços de combustíveis fósseis virgens, na comparação com preços de materiais reciclados, e falta de esforços para o manejo do lixo causado por pláticos. A agência pede a “redução imediata na produção e no consumo de plásticos”. 

A diretora-executiva do Pnuma, Inger Andersen, afirma que o levantamento traz “argumentos científicos fortes sobre a urgência em agir pela proteção dos oceanos”. 

Atualmente, os plásticos representam 85% do lixo marinho, mas até 2040, esse volume irá tripiclar. A cada ano, até 37 milhões de toneladas de lixo vão parar  nos oceanos, representando 50kg de plástico por cada metro de área litorânea. 

Prejuízos econômicos 

Por conta disto, plânctons, mariscos, pássaros, tartarugas e mamíferos enfrentam graves riscos de sufocamento, intoxicação, problemas de comportamento e fome. 

O Pnuma revela que corpo humano também está vulnerável à poluição por plásticos, já que partículas são ingeridas durante o consumo de peixes, de bebidas e até do sal comum. Os microplásticos podem também penetrar nos poros e serem inalados quando estão suspensos no ar.

O relatório revela ainda os impactos para a economia: até 2040, poderá haver um risco financeiro anual de US$ 100 bilhões para as empresas, se os governos exigirem que a indústria cubra os custos do manejo do lixo.  

Informação: Nações Unidas 

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

SÃO LUÍS - O presidente da FIEMA, Edilson Baldez das Neves, participou na manhã desta sexta  (22/10) da solenidade de instituição da Delegacia Regional da Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP) do Maranhão.  

A solenidade aconteceu no Porto do Itaqui, sob o comando do presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), Ted Lago que falou sobre os desafios do Porto para 2022 e o presidente da ABTP, Jesualdo Silva que falou da entidade empresarial que atua no setor Portuário. 

Na ocasião, o gerente regional da Odfjell Terminals–Granel Química para os estados do Maranhão, Piauí e Tocantins, Sílvio Lúcio de Oliveira Aguiar, que também é membro do Conselho de Administração do Porto do Itaqui (Consad) e do Conselho de Autoridade Portuária (CAP) foi eleito como delegado da ABTP no Maranhão. 

O evento contou também com a presença do Capitão de Mar e Guerra da Capitania dos Portos do Maranhão,  Alekson Barbosa da Silva Porto e de empresários e entidades públicas ligadas ao setor portuário. 

Informação: Fiema

Com o objetivo de promover o turismo do Estado, a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) realizou ações da Caravana Mais Turismo, de 19 a 22 de outubro, em Guimarães, Bequimão e Apicum-Açu. 131 profissionais foram qualificados e 301 crianças sensibilizadas nessa visita ao polo turístico da Floresta dos Guarás.

As capacitações tiveram 8 horas de carga horária e entrega de certificado, os cursos com abordagens voltados a aplicabilidade dos conteúdos. De acordo com o secretário estadual de Turismo, Catulé Júnior, a caravana pretende preparar esse segmento para receber melhor os visitantes. “O Maranhão está voltando a receber muitos turistas e queremos que os visitantes sejam bem recebidos e, claro, quando se encantarem com nossas belezas nos ajudem a promover nosso estado”, afirma Catulé Júnior.

O Programa Mais Qualificação, Mais Turismo qualificou 131 profissionais com os cursos de ‘Técnicas de comercialização e vendas no artesanato’, ‘Mídias Sociais para promoção do turismo’, ‘Qualidade no atendimento’, ‘Boas Práticas para manipulação de alimentos’, ‘Qualidade no atendimento de bares e restaurantes’, ‘Condução de visitantes em ambientes naturais’ e ‘Informações turísticas’.

O Superintendente de Qualificação Profissional, Antônio Castro, explica sobre a metodologia “As técnicas e métodos utilizados durante a aula, induzem os alunos a levar para o cotidiano deles as aplicações que aprenderam na sala de aula, dando ênfase no bem receber”, enfatiza Castro.

Além das qualificações, a equipe do Programa Mais Infância Mais Turismo da Setur realizaram palestras de Combate à Exploração Sexual Infantil no Turismo para mais de 300 crianças e adolescentes.

Caravana Mais Turismo

A Caravana Mais Turismo oferece aos profissionais dos diversos segmentos do turismo uma ferramenta capaz de aumentar a eficiência, aprimorar a qualidade dos serviços prestados e ampliar sua competitividade, para fortalecimento do produto turístico e desenvolvimento do setor no Maranhão. O programa atenta para as especificidades e padrões culturais de cada polo turístico, visando o aumento da empregabilidade, a melhoria da qualidade de vida, o desenvolvimento sustentável e a autogestão.

Polo Floresta dos Guarás

Ainda em fase de estruturação, o Polo da Floresta dos Guarás fica na parte amazônica do Maranhão, no litoral ocidental do Estado. Os municípios que compõem o polo são Guimarães, Cururupu, Porto Rico do Maranhão, Bequimão, Mirinzal, Apicum Açu e Central do Maranhão.

Informação: Turismo.MA 

É com alegria que trazemos para você um levantamento com várias sugestões de passeios com crianças e adolescentes para se fazer aqui em São Luís - MA. São tours ecológicos, pedagógicos e que proporcionam lazer e diversão para toda a família.

Então, não perca tempo! Escolha uma programação, reúna os amigos da escola, familiares e conte conosco para o transporte. Eu te garanto que será um dia divertido e enriquecedor!

A Marencanto Transporte e Turismo possuí frota própria de VANS e MICROONIBUS e estamos prontos para atender a grupos pequenos, médios ou grandes em veículos novos, com seguros e motoristas treinados para realizar um ótimo atendimento para você.

Agendamento de grupos: marencanto@marencanto.com.br, 98 98822 9444 ou direct @marencantoturismo

Através de experiências felizes e enriquecedoras é que se aprimora o conhecimento e se valoriza a historia, a cultura e as belezas da natureza de uma localidade.





Informação: Marencanto Turismo

 Neste sábado, 23, o programa Algo Mais, apresentado por Paulinha Lobão, saúda a Jamaica Brasileira. Será todo dedicado a cultura do reggae e terá Fauzi Beydoun, Jackie Robinson e Honey Boy entre suas atrações. Vai ao ar, meio-dia, pela TV Difusora.

Paulinha Lobão apresenta o Algo Mais, neste sábado, 23, na TV Difusora, Canal 4, afiliada do SBT, no Maranhão, a partir do meio-dia, recebendo entre as atrações: os jamaicanos Jackie Robinson, Norris Cole e Honey Boy.

Vamos assistir também uma entrevista com o diretor do Museu do Reggae no Maranhão, Ademar Danilo. E mais a presença do DJ Jorge Black, da cantora Rosy Valença e do magnata Fauzi Beydoun.

Vamos curtir os quadros Top Nova FM e Algo Mais Retrô. E vamos saber tudo sobre o Concurso Reggae Agarradinho.

Com um conteúdo diferenciado, em novo cenário, nova dinâmica, Paulinha conduz o programa com o mesmo carisma, charme, elegância e inteligência de sempre recebendo suas atrações e convidados especiais, legitimando seu talento e referência na produção regional de todo o Norte e Nordeste. O Algo Mais potencializa a difusão da informação numa linguagem dinâmica e popular para mais de 180 municípios maranhenses, e ainda tem o alcance através da Internet, com visualizações em todo o Mundo. Contribui para a valorização da Arte e Cultura do Estado, abrindo espaço para seus expoentes em todos os segmentos artísticos.

Entretenimento da melhor qualidade é no programa Algo Mais, 21 anos, com Paulinha Lobão neste sábado, 23, a partir do meio-dia, na TV Difusora – Canal 04. Com transmissão simultânea através do link: https://www.ma10.com.br/tvdifusora/

Imperdível!

SERVIÇO:

Programa Algo Mais – Especial Reggae

Apresentação: Paulinha Lobão

Neste sábado, 23, ao meio-dia, TV Difusora – Canal 04.

www.ma10.com.br/tvdifusora.

Informação: Assessoria de Comunicação

Visita teve o objetivo de conhecer potencialidades maranhenses e comunicar condecoração do empresário Zildêni Falcão 

SÃO LUÍS – O vice-presidente executivo da FIEMA, Luiz Fernando Renner, representou o presidente da FIEMA, Edilson Baldez das Neves, na tarde da última quinta (21/10) na visita oficial do Cônsul Geral do Japão em Belém, Satoshi Morita e do empresário Zildêni Falcão de Oliveira, presidente da TV São Luís, na Casa da Indústria Albano Franco. 

A visita de cortesia foi dirigida pelo diretor Alexandre Ataíde e teve o objetivo de comunicar a outorga da Condecoração do Consulado Japonês “Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata” de Outono de 2020, recebida pelo empresário Zildêni Falcão de Oliveira e para prospectar negócios, fortalecer parcerias e atrair projetos comerciais e institucionais entre a indústria maranhense e o Japão. Além de promover o fortalecimento de futuros projetos de interesse mútuo e fomentar o comércio bilateral entre o Maranhão e Japão. 

“Foi uma oportunidade para trocarmos experiência, promover esse intercâmbio internacional entre o Japão e o Maranhão, no sentido de mostrar as potencialidades do nosso estado, para que a gente aumente e estreite essa relação com o Japão, além de ressaltar essa justa homenagem recebida pelo empresário Zildêni Falcão que é merecedor de tal honraria e é o único da lista de 12 condecorados sem ascendência japonesa”, disse o vice-presidente executivo da FIEMA, Luiz Fernando Renner. 

Desde junho deste ano como diretor do escritório do consulado japonês, sediado no Pará, na capital Belém, Satoshi Morita tem realizado visitas em estados brasileiros com intuito de conhecer potencialidades, para que eventualmente parcerias possam ser firmadas.   

“Nossa visita ao Maranhão é para conhecer suas potencialidades, existem muitas empresas japonesas instaladas no Sul e Sudeste do Brasil. Há alguns anos uma TV Japonesa NHK fez uma reportagem sobre os Lençóis Maranhenses e muitos japoneses despertaram interesse pela região”, resumiu o cônsul.   

Os diretores da FIEMA, Alexandre Ataíde, Luiz Fernando Renner e Cláudio Azevedo reivindicaram do cônsul uma presença mais próxima do Consulado com o Maranhão e falaram sobre as potencialidades do estado como o agronegócio, siderurgia, as energias renováveis, hidrogênio verde, a pesca industrial, o Centro de Lançamento de Alcântara e o turismo. 

“Não poderíamos deixar de registrar e referenciar o Japão pela realização das Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio. O Japão sempre foi referência para nós empresários de um estado que congrega a tradição e a modernidade e respeita o seu povo”, enfatizou o diretor Alexandre Ataíde. 

“Temos na cidade de Açailândia, um polo siderúrgico, com a primeira indústria (AVB BRASIL) produzida aço verde com carbono neutro e que inclusive ganhou um prêmio internacional essa semana”, destacou o vice-presidente Cláudio Azevedo. 

A comitiva japonesa assistiu um vídeo institucional da FIEMA que apresenta as oportunidades do Estado e foram agraciados com brindes pela entidade.  

“Só tenho a agradecer a receptividade da FIEMA e ao Consulado japonês pela honraria que recebi. Temos uma colônia japonesa no Maranhão, mais precisamente em Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Rosário e o apoio do consulado é muito importante para o desenvolvimento dessa comunidade. Nós já realizamos um trabalho junto a essa comunidade há muito tempo”, ressaltou o empresário Zildeni Falção.  

Além do cônsul Morita, a visita contou com a presença do presidente honorário da Associação Nipo Brasileira do Maranhão, Noboyuki Nakashima, do diretor da Associação Nipo Brasileira do Maranhão, Kyoshi Yamada, da assessora de imprensa do Consulado Japonês em Belém, Rosa Kamada, da jornalista da TV São Luís, Ana Leopodina que foram recepcionados pela comitiva maranhense da FIEMA, representada pelos vices-presidentes executivos da FIEMA, Luiz Fernando Renner, Cláudio Azevedo, Celso Gonçalo, além do 1º secretário, Pedro Robson Holanda, a 2ª secretária, Leonor de Carvalho e o superintendente da FIEMA, César Miranda. 

Informação: FIEMA