CAMPANHA: IPTU 2018

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), alerta para a alteração no Calendário de Vacinação para o ano de 2017, realizado pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), da Secretaria de Vigilância em Saúde do MS, que inclui no esquema de vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) meninos de 12 a 13 anos. No Maranhão, cerca de R$ 152,2 mil meninos serão beneficiados com a vacina. 

A SES fornece as 19 regionais de saúde os imunobiológicos para que a vacinação aconteça nos 217 municípios do estado. A inclusão dos meninos nessa faixa etária é justificada pelo Ministério da Saúde (MS) para prevenir os cânceres de pênis e verrugas genitais e também auxiliar a reduzir a incidência de câncer de colo de útero nas mulheres. 

Nesse primeiro ano de introdução da vacina para o público masculino, apenas a faixa etária de 12 a 13 anos será alvo da imunização em duas doses, que pretende alcançar 152,2 mil meninos, o que corresponde a 80% do público alvo. Meninos e homens que convivem com HIV/AIDS entre nove e 26 anos de idade, também serão vacinados, nesse caso, com três doses da vacina. 

Na rede pública a vacina é gratuita e caracteriza uma ação no nível de Atenção Básica que contribui na redução de doenças preveníveis, como o câncer. Segundo a coordenadora do Departamento de Imunização da SES, Helena Almeida, a vacina deve fazer parte da imunização de rotina.

“Quando se fala de HPV não estamos tratando sobre campanha de vacinação. Essa é uma vacina que deve estar na rotina e faz parte da caderneta de vacinação, a partir deste ano, também dos meninos. Nosso apelo é que os pais, ou responsáveis pratiquem uma imunização consciente e, nos ajudem a proteger o maior número de crianças e adolescentes”, considerou Helena Almeida.

No caso das meninas, a vacinação continua para a faixa etária de 9 a 13 anos. Segundo nota informativa do MS, meninas de 14 anos poderão receber a vacina desde que completem o esquema vacinal até os 15 anos, respeitando um intervalo mínimo de seis meses entre as duas doses. 

O PNI, da Secretaria de Vigilância em Saúde do MS, adquiri e distribui para os estados os imunobiológicos, além de instituir o calendário de vacinação, e definir estratégias de vacinação para crianças, adolescentes, adultos, idosos e povos indígenas, com vacinas normalizadas em calendários de vacinação específicos para cada grupo.


0 comentários:

Postar um comentário

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Cidadão limpeza

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista