Mais Obras

quinta-feira, 27 de julho de 2017

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), em parceria com a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (SEMCAS), deu início na manhã desta quarta-feira (26), a 12º Conferência Municipal de Assistência Social de São Luís. O vice-prefeito, Julio Pinheiro, participou da cerimônia de abertura. Com a temática central sobre a "Garantia de direitos no fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)", a conferência acontece no Espaço Orienta e segue até esta quinta-feira (27), reforçando o compromisso municipal de garantir os direitos das políticas protetivas e o acesso ao SUAS às famílias em situação de vulnerabilidade social.

Participam da 12ª Conferência, cerca de 250 pessoas, entre usuários da política, especialistas, técnicos, trabalhadores que atuam nesta área, entidades parceiras, conselheiros municipais da Assistência Social e os delegados eleitos durante 12 pré-conferências realizadas nas 4 regionais que abrangem os 20 territórios dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

De acordo com o vice-prefeito, Júlio Pinheiro, presente na abertura do evento, a conferência é um amplo espaço de discussão, onde o poder público, a sociedade civil e os trabalhadores da assistência definem as prioridades e ações para o desenvolvimento das políticas de assistência social. "Este é um espaço de debate coletivo, que faz parte do processo de diálogo e democratização da gestão pública. São Luís tem avançado muito e investido nas políticas socioassistenciais, garantindo os diretos e atendimento de qualidade aos usuários da política", disse o vice-prefeito.

A estruturação da política e os avanços dos serviços no município foram apresentados durante o evento pela secretária da Semcas, Andreia Lauande. "Em São Luís, nos últimos anos, avançamos muito nas políticas socioassistenciais com a expansão de serviços, aquisição de unidades próprias de equipamentos sociais e consolidação do Sistema único de Assistência Social com foco na garantia de direitos à população em situação de vulnerabilidade social", pontuou a secretária.


Conforme estabelecido no Plano Decenal, segundo informou Lauande, estão previstos ainda a construção de um espaço próprio para residência inclusiva, abrigo para população em situação de rua, implantação de duas unidades de acolhimento em república, captação de recursos para construção e reforma das unidades de assistência, realização do concurso público, entre outras ações.

DEBATES

O evento debate o SUAS a partir de quatro eixos: a proteção social não contributiva e o princípio da equidade como gestão dos direitos socioassistenciais; a gestão democrática e controle social; o acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e garantias de direitos e a legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidade dos entes federativos.

A presidente do Conselho Municipal da Assistência Social, Ana Kelma S. Ballerio chamou atenção para o fortalecimento do SUAS na busca da garantia dos direitos já conquistados e a busca de novos direitos para a população em situação de vulnerabilidades. "A partir da conferência, que é um espaço de debates com a participação das esferas governamentais e sociedade civil, temos a oportunidade de refletir as formas de melhorias para a comunidade e elaborar propostas para garantir os direitos no Sistema Único de Assistência Social", afirmou.

O tema da Conferência ainda dialoga com as diretrizes e metas estabelecidas pelo Plano Decenal 2016/2026, que é um plano de metas para os próximos dez anos na política da Assistência Social. O Plano define, ainda, a responsabilidade das esferas municipal, estadual e federal na consolidação do SUAS.

A Conferência magna com o tema "Garantia de direitos no fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social", foi ministrada pela Assistente Social e doutora em Política Social, Iêda Castro. Ainda estão previstas a realização de oficinas temáticas, aprovação das propostas, eleição de delegados para a Conferência Estadual e apresentações culturais dos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).

"A conferência é muito importante para nós das comunidades que somos atendidos pelos serviços prestados pela assistência social nos Cras, Creas e demais equipamentos. É uma oportunidade que temos para falar e participar das discussões e construção das políticas", destacou a usuária da assistência, atendida pelo Cras Estiva, Maria do Rosário Silva.

Participaram da abertura do evento a coordenadora Geral de Regulação da Gestão do SUAS do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), Karoliyne Aires Ferreira o vice-presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Jairo Maciel e a representante do Conselho Nacional da Assistência Social, Maria José Vasconcelos.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada Buriti

Pousada Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Feirinha São Luís

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista