Assembleia Legislativa do Maranhão

quinta-feira, 16 de novembro de 2017
Com cantos de protesto contra o preconceito e a violência contra o povo negro, foi realizada no fim de tarde desta quarta-feira (15), a “Missa dos Quilombos” na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, localizada na Rua do Egito. A celebração, que chegou a sua quinta edição, é alusiva ao Dia da Consciência Negra, comemorado no próximo dia 20 e realizada pelas Comunidades Eclesiais de Base (CEB’S), com apoio do Governo do Maranhão por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Reunindo fé, comunhão, música e ritmo, a missa foi um momento de reflexão sobre a trajetória e o sofrimento do povo negro durante o período da escravidão e que se perdura até os dias atuais, pautado em preconceito e violência. A ideia é combater essa realidade com atitudes revolucionárias em favor da introdução das referências culturais de diferentes povos na eucaristia.

A aposentada Maria da Conceição Fernandes destacou que a missa serviu para compreender que o preconceito é algo que está enraizado na mente humana e que o negro ainda é vítima de uma sociedade intolerante. “A missa serviu para que abríssemos os olhos para os sofrimentos humanos, tanto por parte do preconceito quanto por qualquer outro tipo de violência. A evolução humana deve vir de dentro, já que a maldade e o egoísmo partem do interior”, disse a aposentada.

Durante a liturgia pautada na religiosidade e cultura popular foram realizadas algumas apresentações que incorporaram elementos do Maranhão. Neste ano a missa recebeu o Tambor de Crioula do Oriente, Tambor de Crioula Arte Nossa, além do grupo Marabatuk, Africanidades e Yluguere.

Segundo o produtor cultural Raydenisson Sá a “Missa dos Quilombos” é a celebração do ministério pascal onde Jesus Cristo está vivo através dos elementos da cultura negra, além disso, a celebração da missa possui um formato diferenciado transformando-se em protesto e em um ato fé

“O mês da Consciência Negra foi escolhido para a realização da “Missa dos Quilombos”, pois é um clamor de uma sociedade que quer se vê livre de preconceitos e intolerâncias. A missa serve para nós combatermos atitudes que ferem e machucam o outro, para que finalmente cheguemos a real evolução”, falou o produtor cultural.

A “Missa dos Quilombos” é a abertura para outras atividades que irão fazer parte da programação do dia da Consciência Negra. Nesta sexta-feira (17), a Praça do Reggae localizada no Centro Histórico de São Luís, recebe uma programação especial em alusão ao dia 20 de novembro. Na segunda-feira (19) programação será na Casa do Maranhão com o melhor da cultura afro maranhense. Já na próxima sexta-feira (24), a Praça Negro Cosme localizada no bairro Fé em Deus, terá uma programação especial recheada de shows e atrações culturais.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada Buriti

Pousada Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Intervenção no transito de São Luís

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista