Assembleia Legislativa do Maranhão

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Do bumba meu boi ao cacuriá, passando pelo tambor de crioula. Sem dúvidas, a diversidade é a principal característica das manifestações culturais de São Luís. Valorizando essa riqueza cultural da capital, a Prefeitura de São Luís promove o I Fórum Rede São Luís de Pontos de Cultura. A abertura acontece no dia 5 de dezembro, às 19h e o evento se estende até o dia 7, no Convento das Mercês. O Fórum é a culminância do projeto Rede São Luís de Pontos de Cultura e contará com a participação e exposição de 30 entidades culturais da cidade. A programação é aberta ao público.

Na oportunidade, serão apresentados os resultados do projeto, por meio de exposições, apresentações, palestras e rodas de conversa. Além disso, será reservado um espaço para que os visitantes tenham a oportunidade de conhecer a história e as atividades de cada Ponto de Cultura de São Luís que compõe a Rede. Serão 10 estandes para os grupos exibirem indumentárias, fantasias, entre outros materiais durante os três dias de evento. O espaço também terá palco para apresentações e performances dos grupos participantes.

Para o Secretário Municipal de Cultura, Marlon Botão, o fórum é um momento de integração entre a rede e, também, de demonstrar ao público os resultados desse projeto. "Acreditamos que a Rede São Luís de Pontos de Cultura fortalece a cultura da capital e do Maranhão. Nossa expectativa é a maior articulação e visibilidade dos trabalhos desenvolvidos pelos grupos culturais nas comunidades", explicou o secretário.

PROGRAMAÇÃO

A solenidade de abertura do evento acontece no dia 5, às 19h, com a participação de representante do Ministério da Cultura ministrando a palestra "Cultura Viva - Desafio e Perspectiva para o futuro". Em seguida, o bloco tradicional Os Foliões anima o público e encerra a noite.

A programação continua no dia 6, a partir das 14h, com a roda de conversa "Cidadania, Diversidade e Direitos Culturais", com a participação do tambor de crioula 30 de Outubro e bumba meu boi de Maracanã.

Em seguida, às 16h, acontece a roda de conversa "Cultura de Paz: Território e Pontos de resistência cultural", que contará com diferentes pontos de vista sobre o tema através da participação dos Pontos de Cultura Instituto Mariana, Bumba meu boi de Leonardo e Cia Tramando Teatro. No palco, a partir das 18h, o tambor de crioula mirim Arte Nossa se apresenta, seguido pelo cacuriá Assacana e escola de samba Flor do Samba.

Na manhã do dia 7, às 9h, o palestrante e produtor cultural André Lobão ministra palestra com o tema "Economia da Experiência". Dando continuidade à programação, às 10h30, o público poderá conhecer mais sobre a experiência dos grupos no projeto, com a roda de conversa "Economia Criativa: Experiência Ponto a Ponto". A mesa será composta por representantes do boi da Floresta e tambor de crioula Arte Nossa, grupos selecionados como Pontos de Cultura estaduais, e por representantes das entidades Lizzi Fashion Artistique Collectif e Laborarte.

À tarde, de 14h às 16h, serão expostos os resultados do projeto Rede São Luís de Pontos de Cultura, além de novas propostas para a manutenção da Rede. A partir das 17h30, a animação fica por conta do espetáculo Axé, do Grupo GDAM, seguido por desfile do grupo Lizzi Fashion, e encerramento com a tradição e animação do bumba meu boi União da Baixada.

PONTOS DE CULTURA

Desde 2015, por meio de edital de seleção, 40 iniciativas culturais dos mais diversos segmentos artísticos da capital foram selecionados para receber premiação no valor de R$ 43.350,00 e participar de um programa de capacitação, formando a Rede São Luís de Pontos de Cultura. O projeto é uma das ações efetivas da Política Nacional de Cultura Viva, programa do Governo Federal executado pela Prefeitura de São Luís através de convênio.

Ao todo, nove macrorregiões estão incluídas na Rede São Luís de Pontos de Cultura, englobando 20 bairros da capital e 40 grupos culturais. A rede maranhense é uma das mais plurais do país, apresentando 14 diferentes segmentos culturais: teatro, dança, tambor de crioula, bumba meu boi, centro cultural, capoeira, cultura e educação, escola de samba, bloco tradicional, mídia livre, moda, Festa do Divino, música e ocupação cultural.

Desde o início de julho foram realizadas sete oficinas para 80 pessoas de grupos culturais, que serão multiplicadoras em suas regiões de atuação. Os temas trabalhados focaram no desenvolvimento da economia da cultura local e da articulação em rede, alinhados com as políticas do Sistema Nacional de Cultura e do Plano Municipal de Cultura de São Luís. Foram abordados temas como Política Nacional de Cultura Viva, Cultura de Rede; Redes Associativas; Elaboração de Projetos e Captação de Recursos; Comunicação Comunitária; Comunicação Visual e Portfólios Culturais; e Cultura Empreendedora.

Com a finalização do projeto, a Rede continua existindo, com o objetivo de fortalecer a cultura local e democratizar o acesso à cultura. Em 2018, um novo edital será aberto para contemplar mais entidades que irão compor a rede. Os selecionados passarão pelas capacitações e receberão a premiação do novo edital.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada Buriti

Pousada Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Intervenção no transito de São Luís

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista