CAMPANHA: REVIVA

domingo, 21 de janeiro de 2018
"Eu estava ansiosa para voltar às aulas, porque, desde quando comecei, aprendi muito, fiquei mais disciplinada e quero ser uma bailarina de verdade", disse Sophia Lima da Silva, de nove anos. Ela é uma das 130 crianças do projeto Dançando e Educando, ação da Prefeitura de São Luís que oportuniza o aprendizado do ballet aos alunos da rede municipal de ensino. O ano letivo recomeçou há duas semanas com aulas teóricas e práticas, realizadas na sede da Creche Escola Maria de Jesus Carvalho, Camboa.

"A evolução destas crianças é uma satisfação para nós, por sabermos da importância que este aprendizado tem na vida de cada uma delas e de como toda forma de arte é enriquecedora. O prefeito Edivaldo prioriza esse público ao promover ações que venham influir em sua formação educacional e em seu desenvolvimento como ser humano. O projeto traz essa proposta que se concretiza com o avanço das turmas. Sobretudo, é uma emoção ver a alegria e o sorriso destas meninas e poder proporcionar a elas essa vivência", pontua a primeira-dama e coordenadora do projeto, Camila Holanda.

São cinco turmas divididas por níveis de acordo com a faixa etária, sendo de 4 a 14 anos de idade. Para algumas turmas, a etapa é de avanço nesse nível e a experiência com novas disciplinas. No projeto são avaliadas as habilidades técnicas e artísticas, o repertório de vida e conteúdo de musicalidade, a forma de expressão, capacidade de alongamento, flexibilidade e desempenho artístico. Habilidades como atenção, disciplina, organização, relacionamento interpessoal e a convivência em equipe também são avaliados no projeto.

Passo a passo, as meninas começam a perceber os benefícios da arte do ballet para suas vidas, observa a bailarina e professora do projeto, Débora Buhatem. "As alunas estão cada vez mais compromissadas, mais participantes e dinâmicas. Possuem mais disciplina, consciência corporal, postura que são indispensáveis para uma bailarina. Percebo que, de fato, elas têm uma visão mais ampla, uma base do que é a arte do ballet. E vão amadurecer para este aprendizado ao longo do projeto", enfatizou.

"A gente se diverte, aprende e pode até ser uma bailarina no futuro. Eu estou gostando das aulas e sinto que quero continuar, porque melhora nossa concentração, nosso corpo e a gente fica mais interessado nas aulas a cada dia", disse Allana Christine Rodrigues, de oito anos.

O cronograma conta ainda com aulas teóricas e práticas; participação em seminários e grupos sobre temas relacionados à formação básica do cidadão, à saúde, meio ambiente, valores éticos, políticos e morais, justiça social e outros temas de interesse da arte. Fardamento e demais acessórios - colant, sapatilha e meia - são garantidos gratuitamente pela Prefeitura às alunas. Há turmas pela manhã e tarde, com aulas terças e quintas-feiras aos alunos de 4 a 7 anos; e segundas, quartas e sextas-feiras, para 8 a 14 anos.

DANÇANDO E ENCANTANDO

Uma experiência única para as alunas, a primeira apresentação pública realizada em dezembro passado, na sede do colégio Dom Bosco, no Renascença. Foram duas apresentações onde a turma mostrou o resultado de quase dois anos de treinamento e dedicação às aulas de ballet oferecidas pelo programa Dançando e Educando.

"Foi muito emocionante. Fiquei nervosa, mas acertei os passos, gostei muito de participar e ver que minha família estava lá. Quero me apresentar mais vezes", disse Júlia Camile Mendonça, de oito anos, que participou da apresentação.

As alunas apresentaram o espetáculo 'Para Ler e Dançar', que uniu dança e literatura. Elas deram vida a histórias clássicas como 'Chapeuzinho Vermelho', 'Branca de Neve', 'Mágico de Oz', 'Sítio do Pica-pau Amarelo' e 'O Corcunda de Notre Dame'. Ainda, referências à obras do maranhense Josué Montello e personagens como Sherazade, uma lendária rainha persa e narradora dos contos de 'As Mil e Uma Noites'.

O projeto da Prefeitura tem como objetivo favorecer o processo de inclusão social, contribuir com a formação educacional e cidadã e com o desenvolvimento das crianças. Participam do programa estudantes de escolas da rede municipal do Centro e do Coroadinho. Além da bailarina Débora Buhatem, as aulas são ministradas também pela professora Milliane Moreira.

0 comentários:

Postar um comentário

MARENCANTO

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Yes

Colégio Batista

Colégio Batista

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Posseidon Hotel Ltda