GOVERNO DO ESTADO DO MA

Assembleia Legislativa do Maranhão

domingo, 21 de janeiro de 2018
"Eu estava ansiosa para voltar às aulas, porque, desde quando comecei, aprendi muito, fiquei mais disciplinada e quero ser uma bailarina de verdade", disse Sophia Lima da Silva, de nove anos. Ela é uma das 130 crianças do projeto Dançando e Educando, ação da Prefeitura de São Luís que oportuniza o aprendizado do ballet aos alunos da rede municipal de ensino. O ano letivo recomeçou há duas semanas com aulas teóricas e práticas, realizadas na sede da Creche Escola Maria de Jesus Carvalho, Camboa.

"A evolução destas crianças é uma satisfação para nós, por sabermos da importância que este aprendizado tem na vida de cada uma delas e de como toda forma de arte é enriquecedora. O prefeito Edivaldo prioriza esse público ao promover ações que venham influir em sua formação educacional e em seu desenvolvimento como ser humano. O projeto traz essa proposta que se concretiza com o avanço das turmas. Sobretudo, é uma emoção ver a alegria e o sorriso destas meninas e poder proporcionar a elas essa vivência", pontua a primeira-dama e coordenadora do projeto, Camila Holanda.

São cinco turmas divididas por níveis de acordo com a faixa etária, sendo de 4 a 14 anos de idade. Para algumas turmas, a etapa é de avanço nesse nível e a experiência com novas disciplinas. No projeto são avaliadas as habilidades técnicas e artísticas, o repertório de vida e conteúdo de musicalidade, a forma de expressão, capacidade de alongamento, flexibilidade e desempenho artístico. Habilidades como atenção, disciplina, organização, relacionamento interpessoal e a convivência em equipe também são avaliados no projeto.

Passo a passo, as meninas começam a perceber os benefícios da arte do ballet para suas vidas, observa a bailarina e professora do projeto, Débora Buhatem. "As alunas estão cada vez mais compromissadas, mais participantes e dinâmicas. Possuem mais disciplina, consciência corporal, postura que são indispensáveis para uma bailarina. Percebo que, de fato, elas têm uma visão mais ampla, uma base do que é a arte do ballet. E vão amadurecer para este aprendizado ao longo do projeto", enfatizou.

"A gente se diverte, aprende e pode até ser uma bailarina no futuro. Eu estou gostando das aulas e sinto que quero continuar, porque melhora nossa concentração, nosso corpo e a gente fica mais interessado nas aulas a cada dia", disse Allana Christine Rodrigues, de oito anos.

O cronograma conta ainda com aulas teóricas e práticas; participação em seminários e grupos sobre temas relacionados à formação básica do cidadão, à saúde, meio ambiente, valores éticos, políticos e morais, justiça social e outros temas de interesse da arte. Fardamento e demais acessórios - colant, sapatilha e meia - são garantidos gratuitamente pela Prefeitura às alunas. Há turmas pela manhã e tarde, com aulas terças e quintas-feiras aos alunos de 4 a 7 anos; e segundas, quartas e sextas-feiras, para 8 a 14 anos.

DANÇANDO E ENCANTANDO

Uma experiência única para as alunas, a primeira apresentação pública realizada em dezembro passado, na sede do colégio Dom Bosco, no Renascença. Foram duas apresentações onde a turma mostrou o resultado de quase dois anos de treinamento e dedicação às aulas de ballet oferecidas pelo programa Dançando e Educando.

"Foi muito emocionante. Fiquei nervosa, mas acertei os passos, gostei muito de participar e ver que minha família estava lá. Quero me apresentar mais vezes", disse Júlia Camile Mendonça, de oito anos, que participou da apresentação.

As alunas apresentaram o espetáculo 'Para Ler e Dançar', que uniu dança e literatura. Elas deram vida a histórias clássicas como 'Chapeuzinho Vermelho', 'Branca de Neve', 'Mágico de Oz', 'Sítio do Pica-pau Amarelo' e 'O Corcunda de Notre Dame'. Ainda, referências à obras do maranhense Josué Montello e personagens como Sherazade, uma lendária rainha persa e narradora dos contos de 'As Mil e Uma Noites'.

O projeto da Prefeitura tem como objetivo favorecer o processo de inclusão social, contribuir com a formação educacional e cidadã e com o desenvolvimento das crianças. Participam do programa estudantes de escolas da rede municipal do Centro e do Coroadinho. Além da bailarina Débora Buhatem, as aulas são ministradas também pela professora Milliane Moreira.

0 comentários:

Postar um comentário

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Cidadão limpeza

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista