São João do Maranhão 2019

São João do Maranhão 2019

Assembleia Legislativa do Maranhão

quarta-feira, 28 de março de 2018

Atividade  de extensão faz parte de um projeto que também busca beneficiar jovens de comunidades quilombolas.

Indígenas da comunidade Itaquaitiua, em Viana, são beneficiados com um curso preparatório pré-vestibular oferecido pelo Instituto Federal do Maranhão (IFMA). A atividade faz parte de um projeto de extensão que busca facilitar o acesso de membros de comunidades afrodescendentes e indígenas ao ensino superior.

Em fevereiro e março, foi realizada a primeira edição do projeto, com aulas preparatórias para o vestibular de Educação a Distância (EaD) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A prova foi aplicada no dia 11 de março. O curso foi aberto à comunidade, porém foi solicitado pelos indígenas Gamella. Dos 15 alunos participantes das aulas, oito eram indígenas.

O projeto, intitulado “Biologia para concursos I”, é coordenado pela professora de Biologia do IFMA Campus Viana, Isabel Sousa, mestre em Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRG). “A intenção é que os alunos dessas comunidades se sintam mais aptos a participar de processos seletivos”, explicou a professora. Também participam do projeto quatro estudantes do IFMA, dos cursos técnicos em Administração e Desenvolvimento de Sistemas.

Para Isabel Sousa, o acesso dos membros das comunidades tradicionais quilombolas e indígenas à educação formal de nível superior especialmente na modalidade licenciatura, possibilita uma esperança de melhores condições de vida para estas comunidades. “Logo, deve ser realizado um esforço coletivo multidisciplinar para que estas pessoas adentrem e permaneçam no mundo acadêmico, como uma forma de possibilitar a essas comunidades a possibilidade de uma nova realidade”, acredita.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel