CAMPANHA: REVIVA

sexta-feira, 16 de março de 2018

Malabarismos, contorcionismo, mágica, saltos e muita graça. Elementos que alegraram crianças, jovens e adultos que, por iniciativa da Prefeitura de São Luís, participaram do espetáculo do Le Cirque Amar. Na pláteia, servidores, professores, alunos da rede municipal e pessoas assistidas por programas sociais da Prefeitura prestigiaram a apresentação oferecida pela Prefeitura em parceria com o circo. As sessões ocorreram na quarta (14) e quinta-feira (15).

A ação integra o conjunto de atividades oferecidas pela Prefeitura na gestão do prefeito Edivaldo e abrange as secretarias de Educação (Semed), da Criança e Assistência Social (Semcas), de Governo (Semgov), Administração (Semad), Planejamento (Seplan), Segurança Alimentar (Semsa), Cultura (Secult), Desporto e Lazer (Semdel), Saúde (Semus) e Turismo (Setur).

A secretária da Semcas, Andréia Lauande se emocionou ao falar da alegria vivenciada pelo público da Assistência. "Isso mostra como momentos iguais a esse ajudam a fortalecer os vínculos de uma política que vai além dos espaços institucionais. Compartilhar da alegria de quem está aqui pela primeira vez, mostra que a gestão do prefeito Edivaldo tem um diferencial que valoriza o lúdico, o lazer e a cultura", disse a secretária.

"Esta parceria proporcionou para os estudantes da rede um momento que vai além do entretenimento, foi uma oportunidade de ter acesso a um espetáculo circense, que integra a parte boa das memórias de todos nós. A Semed organizou toda logística para atender as crianças, com transporte e lanche, priorizando assim seu desenvolvimento cultural e humano", pontuou o secretário de Educação, Moacir Feitosa.


Na quarta-feira (14), alunos da rede municipal assitiram ao espetáculo que iniciou às 15h30, com a apresentação da dupla de palhaços, que divertiu e fez as crianças aplaudirem bastante. Em seguida, o quinteto de acrobatas que tirou o fôlego da plateia. A dupla de contorcionista e malabarista também encantaram o público com sua delicadeza e ao mesmo tempo, força e sincronismo.

"Excelente. Foi uma tarde divertida, diferente para essas crianças, muitas que nunca tinham visto este tipo de espetáculo e não têm muito acesso. Gostei dessa ação e para eles, será uma experiência animadora, lúdica e que vai ficar em seus pensamentos", avaliou a diretora da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Maria Rocha, Miriam Passos Martins. Da unidade foram 160 alunos prestigiar o circo.

Para Estela Amaral da Silva, nove anos, foi a primeira vez assistindo a magia circense e ela relata a maravilha do momento. "Eu não imaginava que era assim. É muito bonito. Gostei muito. Gostei dos motoqueiros. São muito bons", disse ela, que é aluna da U.E.B. Sá Vale, Anil. A aparição da réplica do Homem de Ferro e do carro Transformers, ícones dos quadrinhos da Marvel trouxe surpresa aos presentes. "É igualzinho no desenho. Muito legal", disse Antônio Ricardo dos Santos, 11 anos, da U.E.B. Sá Vale.

Para Júlia Camily Mendonça, oito anos, aluna da U.E.B. José Cupertino, localizada na Jordoa, o espetáculo foi inesquecível. "É a primeira vez que eu assisto e achei muito legal. Gostei muito dos palhaços e do número de mágica", disse ela, que também é aluna do projeto Dançando e Educando, que oportuniza o aprendizado de balé a alunos da rede pública municipal.

Na sessão de quinta (15), pessoas atendidas pelos serviços da Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais da Criança e Assistência Social e Saúde assistiram ao espetáculo. Idosos, adolescentes e crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Residência Inclusiva, e Centro de Atendimento Psicológico participaram da apresentação especial do Le Cirque.

A alegria e aplausos do público se juntou à emoção de quem foi ao circo pela primeira como Sofia Soares, 9 anos, há 3 anos no SCFV, do Centro de Referência da Assistência Social (Cras), da Vila Bacanga. "Eu estou muito feliz. O que eu mais queria assistir era o número de mágica. Fiquei com medo em alguns momentos, mas foi muito legal", afirmou Sofia com a alegria estampada no rosto.

ESPETÁCULO


O espetáculo seguiu com o esperado número do Globo da Morte, no qual cinco motoqueiros fizeram manobras diversas que encantaram o público. A apresentação teve seu ponto alto com o salto dos motoqueiros sob a plateia, que ficou extasiada. "Eles são muito corajosos. Não esperava por esse número. Foi uma experiência muito bacana estar aqui e ter uma tarde diferente", disse Maria Cecília Ribeiro, 13 anos.

Criado há mais de 10 anos pelos irmãos Stevanovich, o Le Cirque Amar conta com um elenco de mais de 70 pessoas, entre artistas e técnicos de diversas nacionalidades. Apresenta números tradicionais como palhaço, acrobatas, ilusionismo, malabaristas e Globo da Morte. A estrutura comporta cerca de 1,4 mil pessoas e mais de 250 toneladas de equipamentos.

0 comentários:

Postar um comentário

Fiema

MARENCANTO

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Yes

Colégio Batista

Colégio Batista

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Posseidon Hotel Ltda