Assembleia Legislativa do Maranhão

terça-feira, 4 de dezembro de 2018
Ajudar quem perdeu o calendário escolar, mas não perdeu a vontade de aprender e de exercer sua cidadania é um desafio para educadores de todo o Brasil. Considerando o papel fundamental dos professores nesse processo, a Fundação Vale promove a partir de hoje (3) um seminário de culminância dos projetos que realiza em São Luís na área da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O Seminário reunirá 300 professores da rede pública municipal e inclui discussões sobre questões de gênero, raça, legislação dessa modalidade de ensino e mobilidade urbana. Além de oficinas temáticas, o evento contará com uma roda de conversa com a escritora Conceição Evaristo, doutora, poeta, romancista e um dos grandes nomes da literatura brasileira contemporânea. A literatura é uma das ferramentas utilizadas pela Fundação Vale para a promover a leitura e o aprendizado em sala de aula.

Segundo a Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio Contínua (PNAD 2016), a capital maranhense ainda tem cerca de 22 mil pessoas analfabetas na faixa etária de 15 anos ou mais de idade. Segundo a PNAD, São Luís ficou com a segunda menor taxa de analfabetismo do ano de 2016 (2,6%), perdendo apenas para a cidade de Salvador (2,5%).

A Fundação Vale atua na Educação de Jovens e Adultos buscando apoiar, potencializar e fortalecer projetos e práticas que tenham como meta ampliar a escolaridade e a cidadania na perspectiva da inclusão educacional. No Maranhão, a Fundação atua desde 2013 na EJA com ações de formação de professores, integração do currículo à qualificação profissional e a promoção da literatura especificamente para Jovens e Adultos.

Para a professora Francisca Marques, que há 9 anos atua na mesma escola pública no bairro da Vila Palmeira, com alunos da segunda fase do primeiro segmento (3ª e 4ª séries), o trabalho desenvolvido pela Fundação Vale ampliou as possibilidades de ensino e tem ajudado a manter a frequência dos alunos em sala de aula. "Meus alunos têm entre 16 a 63 anos de idade, muitos com uma dura rotina diária, o que dificulta a vinda à sala de aula no período noturno. Nesse sentido, a literatura tem me ajudado. Eu já trabalhava literatura, mas apenas com poesias e os contos. Com a formação complementar da Fundação Vale, por meio da ONG Ação Educativa, meu trabalho ganhou um significado mais abrangente. Fiquei diante de uma variedade de estratégias desconhecidas por mim, de novas formas de desenvolver as minhas atividades pedagógicas. Aprendi a fazer um "podcast", a ouvir um poema recitado por mim e a viajar nos meus próprios sentimentos etc. O trabalho com a literatura é emocionante, é surreal!"

 Programação

Data: 3 de dezembro, segunda feira

Horário: 19h às 22h

Local: Espaço de eventos Orienta Consultoria. R. das Laranjeiras, Jardim Renascença (ponto de referência: praça do Viva Renascença)

Público: Professoras e gestoras do 1º e 2º segmentos da EJA.

Atividade principal: conferência com a escritora Conceição Evaristo: "Escrevivências" e Educação. Intervenção com Anastácia Lia. Autor convidado: Allan da Rosa.   



Data: 4 de dezembro, terça feira

Horário: 19h às 22h

Local: Centro Cultural Vale Maranhão. Rua da Estrela, Centro.

Público: Professoras dos anos iniciais da EJA.

Atividade principal: roda de conversa com Conceição Evaristo: Insubmissas lágrimas de mulheres. Intervenção: Anastácia Lia.



Data: 5 de dezembro, quarta feira

Horário: 19h às 22h

Local: Espaço de eventos Orienta Consultoria. R. das Laranjeiras, Jardim Renascença (ponto de referência: praça do Viva Renascença)

Público: cerca de 300 professores e gestores dos anos finais do ensino fundamental da EJA

Atividade principal: apresentação do material digital "Percursos didáticos para jovens e adultos" com o especialista Roberto Catelli Junior.



Data: 6 de dezembro, quinta feira

Horário: 19h às 22h

Local: Espaço de eventos Orienta Consultoria. R. das Laranjeiras, Jardim Renascença (ponto de referência: praça do Viva Renascença)

Atividade principal: Oficinas com especialistas com temáticas ligadas questões de gênero, raça, legislação dessa modalidade de ensino e mobilidade urbana.

O grupo será distribuído em 4 ambientes cada um dedicado a um eixo temático.

Sala 1: Literatura na EJA: Allan da Rosa

Sala 2: Diversidade na EJA: Relações Étnico-raciais e Gênero (Ednéia Gonçalves)

Sala 3: Sujeitos da EJA e suas aprendizagens: Alessandra Santos

Sala 4: Mobilidade: Rosane Biasotto e Mauro Santos


Sobre a Vale

A Vale é uma mineradora global que tem como missão transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável. Líder mundial na produção de minério de ferro e níquel, tem sede no Rio de Janeiro e está presente em cinco continentes. Opera sistemas logísticos integrados, com cerca de 2 mil quilômetros de ferrovias, terminais marítimos e 10 portos, entre Brasil, Indonésia, Malásia e Omã. Comprometida com os mais altos níveis de governança, a Vale apoia 52 projetos sociais e culturais em 65 municípios brasileiros, por meio da Fundação Vale, e protege ou ajuda a proteger 8,5 mil km2 de áreas nativas no País.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel