São João do Maranhão 2019

São João do Maranhão 2019

Assembleia Legislativa do Maranhão

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

O que já era dado como certo se confirmou: Kátia Bogéa continuará sendo a presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), cargo que ocupa desde 2016, quando deixou a superintendência do órgão no Maranhão, e foi chamada pelo então presidente Michel Temer para a função.

Nesta segunda-feira (07), Kátia foi convidada pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra, a permanecer e ela aceitou. Com isto, o superintendente estadual, Maurício Itapary, também deve ser mantido no posto. O Ministério da Cidadania assumiu as atribuições dos extintos ministérios da Cultura e dos Esportes.

Com a permanência de Kátia Bogéa na presidência do órgão, tudo indica que manterá Maurício Itapary na superintendência do Maranhão, para onde foi levado em 2016.

A notícia agradou a políticos e empresários do Maranhão, principalmente os lojistas do Centro de São Luís, onde vem realizando um amplo trabalho de revitalização de praças e ruas, com destaque para a Rua Grande, principal artéria do comércio da cidade. O deputado federal Hildo Rocha (MDB) era um dos que advogavam sua permanência na função. Dirigentes da Associação Comercial, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e outras entidades elogiaram a decisão do ministro Osmar Terra.

Perfil – Nascida em Lagarto (SE), Kátia Bogéa é graduada em História pela Universidade Federal do Maranhão (1984) e especialista em Historiografia Brasileira e Regional pela Universidade de São Paulo (1988). Desde novembro de 1979 radicou-se no Maranhão, atuando exclusivamente em atividades na área do patrimônio cultural, ao entrar como estagiária em 1980 na recém-criada Superintendência Regional do Iphan, onde dedicando toda a sua vida profissional à pesquisa do patrimônio maranhense e ao trabalho de preservação e proteção do Centro Histórico de São Luís e Alcântara.

Ocupou o cargo de Superintendente do Iphan no Maranhão no período de 2003 a 2015. Durante sua gestão, juntamente com a equipe técnica da instituição, articulou o PAC Cidades Históricas junto à Prefeitura de São Luís. Na área do patrimônio imaterial realizou o registro do Tambor de Crioula e do Complexo Cultural do Bumba Meu Boi.

Fonte: Maranhão Hoje 

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel