Assembleia Legislativa

São João do Maranhão 2019

sexta-feira, 1 de março de 2019
Terminal Ponta da Espera, aeroporto e rodoviária recebem agentes de saúde que fazem abordagens educativas aproveitando o grande fluxo de pessoas por conta do feriado de Carnaval


Visando ampliar o alcance das ações de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), a Prefeitura de São Luís está realizando abordagens educativas com orientações e distribuição de preservativos no Terminal Ponta da Espera. A ação, iniciada nesta quinta (28), segue até sexta-feira (1º), quando é esperado um aumento no fluxo de passageiros por conta do feriado do Carnaval. O trabalho, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), faz parte de um conjunto de ações que estão sendo realizadas durante o pré-Carnaval em pontos estratégicos, que além do ferry boat inclui o aeroporto e a rodoviária.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destaca a importância da campanha, que tem como tema "Vamos Combinar!? Direitos!". "A campanha reforça o trabalho de prevenção e tratamento das Infecções Sexualmente Transmissíveis que vem sendo desenvolvido pela Prefeitura. Nossa intenção com ações como essa é, além de incentivar o uso do preservativo, informar a população sobre os serviços que são oferecidos pela rede municipal de saúde", diz o gestor.

Nesta quinta-feira (28), equipes dos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) estiveram no Terminal Ponta da Espera distribuindo preservativos masculinos e femininos, lubrificantes e informando aos passageiros do ferry boat sobre serviços oferecidos pela rede pública municipal como o da Profilaxia Pós-Exposição de Risco (PEP), uma medida de prevenção de urgência à infecção pelo HIV, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis. Nesta sexta-feira (1º), a ação será realizada também no aeroporto e no Terminal Rodoviário de São Luís.


A Terapeuta Ocupacional do CTA Lira, Teresa Caldas, faz um alerta aos foliões. "É importante não descuidar da saúde durante o Carnaval, quando as pessoas estão mais expostas ao risco. Por isso, através dessas ações, o poder público municipal busca conscientizar os cidadãos e orientá-los acerca das formas de prevenção", conta a profissional.

Nos dois dias da ação no terminal, é esperada uma média de 18 mil pessoas para embarque no ferry boat. O diretor de Operações da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), José Antônio Magalhães, avalia positivamente a iniciativa do poder público municipal. "É muito importante essa parceria com outros órgãos pois o que era uma simples travessia passa a ser uma oportunidade para que as pessoas tenham acesso a outros tipos de serviços", diz.

A ação no terminal chamou a atenção da técnica de enfermagem de Pinheiro, Francilene Silva. "É importante porque as pessoas se mantêm informadas mesmo na época do Carnaval, quando todos estão mais despreocupados. A nossa saúde tem que estar em primeiro lugar, não podemos nos descuidar", afirmou. "As pessoas têm que se conscientizar que o cuidado deve partir de si mesmo, e ações como essa contribuem para isso", completou o professor Reinaldo Costa.


CARNAVAL

Durante a semana do Carnaval, a Coordenação Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais da Semus, e a equipe de extensão formada por profissionais do CTA Anil, CTA Lira e também do Centro de Saúde do Bairro de Fátima, estarão na Passarela do Samba, com a entrega de preservativos, distribuição de materiais informativos e aconselhamentos sobre a importância dos testes rápidos para a detecção de HIV, Sífilis e Hepatites B e C. Outras equipes volantes cobrirão os principais pontos de Carnaval nos circuitos Beira-Mar e Madre Deus.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel