Prefeitura de São Luís

Assembleia Legislativa

quarta-feira, 11 de setembro de 2019
Ministro ressaltou novo momento do país para lideranças do setor durante 23ª Assembleia Geral da OMT, em São Petersburgo


O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, aproveitou a 23ª Assembleia Geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), em São Petersburgo, na Rússia, para destacar que o Brasil está aberto aos investidores. “O governo está focado em melhorar o ambiente de negócio e resgatar a credibilidade do país para atrair investimentos internacionais”, afirmou durante a reunião com Glória Guevara Manzo, presidente da WTTC (World Travel and Tourism Council), entidade que reúne as maiores empresas do turismo no mundo. 

Entre as medidas concretas que o ministro citou como exemplo do esforço do governo em abrir o Brasil, mereceram destaque a isenção de visto e a abertura das empresas aéreas ao capital estrangeiro. “São medidas fundamentais para aumentar a competitividade do turismo no país”, comentou Glória Guevara, que foi ministra do Turismo do México por três anos (2010-2012). Durante sua gestão, o México facilitou o visto para turistas que já tinham a entrada liberada nos Estados Unidos. De acordo com estudo da Oxford Economic, apenas a medida criou 1,3 milhão de empregos no país.

Glória comparou o turismo no Brasil com um diamante bruto. “O mercado está muito entusiasmado, porque antes o turismo não era prioridade, mas a realidade mudou e hoje o país abre excelentes oportunidades para a iniciativa privada”, comentou. Ela aproveitou a reunião com o ministro para convidar o presidente Jair Bolsonaro a participar de um evento com os 35 presidentes das maiores empresas de turismo no mundo, ainda em setembro, em Nova Iorque ou na conferência geral da WTTC, em novembro, em Porto Rico. “Seria importante o presidente mostrar ao mundo o interesse em apostar no turismo e atrair investimentos”, completou. 

Marcelo Álvaro Antônio firmou compromisso de conversar com o presidente sobre o assunto. Ainda nesta terça-feira, o ministro participou de conferência sobre turismo de saúde e bem-estar com o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili. De acordo com estimativas de mercado, com o aumento da expectativa de vida mundial, o turismo médico deve crescer  

Solidariedade, inovação e Amazônia

Na manhã, durante reunião do Conselho das Américas (CAM), o ministro do Turismo do Brasil prestou solidariedade às autoridades de Bahamas pelo furacão Dorian, que deixou pelo menos 50 mortos no país. O presidente da CAM, Edmund Bartlett, ministro do Turismo da Jamaica, enfatizou que a comunicação correta é fundamental para ajudar Bahamas a enfrentar a crise e reconstruir as áreas afetadas. “Bahamas talvez seja o país que mais dependa do turismo no mundo. Precisamos mostrar que, das mais de 70 ilhas do arquipélago, só duas foram atingidas para evitar danos ainda maiores para a economia”, comentou Bartlett. Mais de 60% do PIB de Bahamas depende do turismo.

Ainda na reunião do CAM, o ministro Marcelo informou que o governo brasileiro está mobilizado para controlar as queimadas na Amazônia e que todas as providências cabíveis foram tomadas. “O turismo tem tudo para ajudar no desenvolvimento sustentável da região”, comentou.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel