Assembleia Legislativa

quinta-feira, 26 de setembro de 2019
Maratonas Aquáticas do Maranhão para o Mundo e Tóquio 2020 marcam a sexta-feira, dia 27


O lançamento do Projeto Maratonas Aquáticas do Maranhão para o Mundo acontece nessa sexta-feira, dia 27, paralelamente ao lançamento do Projeto Tóquio 2020. Os dois foram criados com o objetivo de levar nadadores de ponta do Maranhão a participar de eventos nacionais e internacionais, melhorando suas performances atléticas. Graças ao patrocínio do Grupo Equatorial Energia/Cemar e Governo do Estado do Maranhão – através da Lei de Incentivo ao Esporte, o atendimento é estendido a 60 crianças de seis a 10 anos de idade, de duas escolas públicas do bairro Vicente Fialho. A solenidade acontece na Escola Olinda Desterro, às 10 horas.

Há cinco anos a Escola Nina investe na natação de alto rendimento, patrocinado pela Lei de Incentivo. Começou com Julia Nina, atleta das maratonas aquáticas, que na execução inicial dos seus projetos teve uma parceria muito significativa com a Escola Olinda Desterro. Foi ampliado em seguida, beneficiando Átila Brandão, Carol Hertel, Heitor Rayol e Thayara Cardoso. Em 2018 passou a atender 50 crianças iniciantes da Escola Comunitária São Camilo e 10 crianças da Escola Municipal Olinda Desterro.


Recentemente quatro atletas do Projeto Tóquio 2020 competiram em Natal pelo Campeonato Norte/Nordeste de Natação – Troféu Kako Caminha e já mostraram resultados excelentes. Paulo Marcelo (3º lugar 200m livre Mirim 2), Juan Rodrigues (3º lugar 200m livre Mirim 1), Artur Silva (3º lugar 50m peito Mirim 2) e Samuel Santos Silva (3º lugar 100 livre Mirim 2) já deixaram seus nomes registrados na natação da região.

LEGADO - A estrutura que permite mudar o curso da vida dessas crianças através do esporte, parte da contrapartida que é dada ao esporte de alto rendimento. Começou com um projeto simples capitaneado por Julia Nina e depois, já com os dois projetos em vigor - Tóquio 2020 e Maratonas Aquáticas do Maranhão para o Mundo – a oferta foi estendida a esse público. Não é só ensinar o básico e preencher um pouco o tempo das crianças. É a transformação de vida através da competição, despertando o melhor, também o seu pior, para que seja transformado em algo de valor. “A responsabilidade dos atletas de ponta é muito maior que somente nadar e ganhar títulos. Eles fazem com que portas se abram para um número enorme de crianças. Talvez hoje nem se deem conta, mas existe uma responsabilidade enorme em suas costas. Nossa jornada é seguir em frente e tentar melhorar, pois talvez nossa maior missão seja ajudar”, concluiu Alexandre Nina – idealizador e professor do Projeto Tóquio 2020.


MARATONAS AQUÁTICAS DO MARANHÃO PARA O MUNDO - O projeto inicial chamava-se Futuro Aquático e durou três anos. Mudou para Maratonas Aquáticas do Maranhão para o Mundo na renovação, tendo o patrocínio do Grupo Equatorial Energia/Cemar e Governo do Estado do Maranhão - através da Lei de Incentivo ao Esporte. Os dois contam com a parceria da Escola Olinda Desterro, do bairro Vicente Fialho, onde vêm sendo contempladas 75% das crianças integrantes do projeto. Nesse período entre 2015 a 2019 foi ofertado o aprendizado da natação a 330 crianças matriculadas na rede de ensino da capital. Elas participam de competições no Circuito Escolar – que faz parte do calendário da Federação Maranhense de Desportos Aquáticos e da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. Alguns deles já se destacando, e se tornando os melhores atletas do Maranhão em suas categorias.

Além de tudo isso, esses projetos têm levado Julia Nina ao Tricampeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas, ainda a Sulamericano, Pan Americano e Mundial de Maratonas Aquáticas. Ela sagrou-se pioneira em vários títulos nacionais, inaugurando feitos que o Maranhão jamais tinha conhecido. Tornou-se uma atleta internacional com competições na França, Colômbia, Chile, China, Equador, Peru, Canadá, Israel, Bolívia e Ilhas Cayman.

Julia Nina é a primeira medalhista internacional de Maratonas Aquáticas da história do Maranhão e foi a mais jovem atleta de todas as modalidades do evento Teste das Olimpíadas Rio 2016 (tinha na época apenas 13 anos).

Em termos de evolução esportiva o Projeto Maratonas Aquáticas do Maranhão para o Mundo tem mostrado ao Brasil e ao mundo o valor que o Maranhão possui. Mas para Julia Nina, nada se compara à chance de tornar possível sonhos de muitas crianças, que experimentam o prazer de nadar e de competir pelo Maranhão.

EXPECTATIVA OLÍMPICA - O trabalho é grande e continua. O objetivo está focado em defender o Maranhão e o Brasil nas Olimpíadas. “Com o apoio do Grupo Equatorial Energia/Cemar e Governo do Estado do Maranhão nossos objetivos têm se encaminhado e os sonhos deixando de ser apenas sonhos. Queremos ir cada vez mais longe, se Deus assim o permitir”, disse Julia.

O quê? Lançamento dos Projetos Tóquio 2020 e Maratonas Aquáticas do Maranhão para o Mundo

Onde?  Escola Municipal Olinda Desterro – ao lado da Feira da Vicente Fialho

Data? 27/09/2019

Hora? 10 horas

Informação: Edvado Bigua 

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel