Assembleia Legislativa

quinta-feira, 10 de outubro de 2019
Com a característica de ser um evento itinerante entre os três estados que integram a Rota das Emoções (MA, PI e CE), este ano o evento acontece na cidade de Parnaíba (PI), no período de 27 a 29 de novembro, no Centro Esportivo Dirceu Arcoverde – Estádio Verdinho.


Em uma realização dos Sebraes no Maranhão, Piauí e Ceará, estados estes com municípios inseridos no roteiro turístico Rota das Emoções, o 4ª Salão do Turismo Rota das Emoções promete superar o sucesso de suas três edições anteriores. Este ano, o Salão ganha um formato inovador, mas com as mesmas características de integração dos atores da cadeia produtiva do turismo, promoção de conhecimentos e destaque à Rota das Emoções.

A 4ª edição acontece na cidade de Parnaíba (PI), no período de 27 a 29 de novembro, das 14h às 21h, no Centro Esportivo Dirceu Arcoverde – Estádio Verdinho. Dando continuidade a itinerância do evento, que já aconteceu em nos três estados que fazem parte da Rota das Emoções.  

“A estimativa para esta 4ª edição é que o evento receba mais de 5.000 visitantes, atenda diretamente a 300 empreendimentos e realize uma série de ações de qualificação e promoção do destino, reunindo empreendedores atendidos pelo Projeto Investe Turismo Rota das Emoções, que compõem a cadeia produtiva do turismo dos 14 municípios integrantes da Rota das Emoções, nos estados do Ceará, Piauí e Maranhão, poder público municipal e estadual, principalmente relacionado com turismo, parceiros institucionais e comunidade local interessada na temática”, afirma o coordenador da Rota das Emoções nos estados do Maranhão, Piauí e Ceará, Luís Walter Muniz.


A programação técnica estará fundamentada em cinco eixos temáticos: Sustentabilidade, Integração, Negócios, Inovação e Experiência. Em cada espaço temático serão realizadas diversas ações nos formatos de apresentações, eventos, oficinas, palestras/mesas redondas, exposições, rodadas de negócios com operadores de turismo e incomings nacionais e encontros setoriais.

O objetivo é promover conhecimentos e compartilhamento de informações, contribuir com a geração de negócios, fortalecer a governança regional e aproximar o público alvo, proporcionando inovação para as empresas que fazem parte do trade da Rota, para que contribuam na melhoria das experiências dos turistas, além de disseminar princípios de sustentabilidade e apresentar os novos roteiros e produtos turísticos.

“Esta é uma das diretrizes estratégicas da atuação da nossa instituição no estado. Apoiamos e somos parceiros de inúmeras ações neste segmento, porque acreditamos no potencial que o turismo tem para criar valor para o estado e nos ajudar a garantir renda para quem vive no Maranhão, garantir qualidade e transformação”, comenta o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Raimundo Coelho.

Destaques

Como destaque da programação do 4º Salão do Turismo Rota das Emoções estão previstos o Encontro das Lideranças Empresariais da Rota, para qualificar e orientar sobre planejamento estratégico e integrado, os presidentes das entidades/associações de turismo e do Comtur da Rota das Emoções; Encontro dos Secretários Estaduais, que será uma reunião para discutir sobre demandas e previsão de investimentos na Rota das Emoções e ainda o Encontro dos Secretários Municipais de Turismo, que irá apresentar e inspirar os gestores municipais sobre cases de gestão do Prêmio Nacional de Turismo e outras políticas públicas nacionais.

- Ações de Inovação: Dentre ações de inovação estão previstas o “Conheça a Rota”, onde por meio de realidade virtual as pessoas são convidadas a fazerem um passeio virtual pelas belezas da Rota das Emoções em 360º e ainda a “Pousada Conceito em realidade virtual”.

ROTA DAS EMOÇÕES


A Rota das Emoções é um roteiro integrado que envolve 14 cidades de três estados: quatro no Piauí (Cajueiro da Praia, Ilha Grande, Luís Correia e Parnaíba) cinco no Ceará (Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara) e cinco no Maranhão (Araióses, Barreirinhas, Paulinho Neves, Santo Amaro e Tutóia). São Luís e Fortaleza são considerados os portais de entrada da Rota, por terem infraestrutura aeroportuária apropriada para receber voos nacionais e internacionais.

Dentre os grandes atrativos do roteiro estão o Delta do Parnaíba (no Piauí); o Parque Nacional dos Lençóis (no Maranhão) e Jericoacoara, no Ceará, destino propício para a prática de esportes náuticos e turismo de praia e sol.

INVESTIMENTO

Recentemente foi lançado oficialmente o Programa Investe Turismo, para apresentar as estratégias e ações do Programa em âmbito nacional e especificamente para a Rota das Emoções, onde cinco municípios maranhenses abrangidos pelo roteiro (Araióses, Tutóia, Paulino Neves, Santo Amaro e Barreirinhas), além de São Luís, receberão um aporte de R$ 2,1 milhões para serem aplicados no fortalecimento dessa, que é uma das 30 rotas turísticas de todo o Brasil contempladas dentro do programa Investe Turismo.

A inciativa é desenvolvida em conjunto pelo Ministério do Turismo, Sebrae, Embratur e governos estaduais (por meio dos órgãos executores da política estadual de turismo). O programa beneficia 30 rotas, nas 27 unidades da federação, com previsão de investimento total de cerca de R$ 200 milhões, alcançando 158 municípios e mais de 4 mil empreendimentos da cadeia do turismo.

Concebido como estratégia de alavancagem do turismo nacional, cuja contribuição ao Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 3,1% em 2018, totalizando US$ 152,5 bilhões (8,1%).

O Investe Turismo se propõe, entre outros objetivos, a fazer convergir ações e investimentos no setor, otimizando esforços para acelerar o desenvolvimento do turismo em todo o país, gerar empregos e transformar destinos e realidades, conforme destacou o secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab.

“Priorizamos rotas que são verdadeiros hubs para os estados onde se localizam, detentoras de potencial para gerar ciclos virtuosos de crescimento. O Investe Turismo não é somente aporte de recursos. Não temos recursos em abundância; mas, não faltará dinheiro para bons projetos, lógico que priorizando aqueles que tragam retorno, que já tenham uma dinâmica de resultados e sejam estratégicos para o desenvolvimento das regiões onde estão inseridos”, explicou o secretário.

Informação: Agência Sebrae 

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel