Assembleia Legislativa

terça-feira, 5 de novembro de 2019

"Somos sementes teimosas: povos insurgentes no Maranhão" é o tema do Seminário Etnogênese que nos dias 6 e 7 de novembro levará os povos Akroá-Gamella, Tremembé de Engenho e Krenyê a debater, ao lado de organizações aliadas, indigenistas e pesquisadores, a história e a existência dos chamados povos resistentes, aqueles que insurgiram através de processos de emergência étnica.    

A abertura será no dia 6, às 08:30, no Auditório Professor Sérgio Ferretti da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), localizado no prédio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PPPGI). As inscrições são gratuitas e feitas no local, a partir das 08:00.  

Etnogênese é um conceito antropológico que pretende dar conta do processo social de emergência étnica de povos ou grupos que não estavam mobilizados politicamente pelo reconhecimento oficial. A etnogênese ocorre por diversos movimentos protagonizados pelos sujeitos coletivos, seja por invisibilidade na história ou como resultado da secessão de uma etnia para formar outra. 

No primeiro dia do encontro, pela manhã, representantes dos povos Akroá-Gamella, Tremembé de Engenho e Krenyê irão debater suas vivências práticas de etnogêneses. Como é recontar a própria história e reafirmar a existência num contexto de luta pelo território e racismo da sociedade envolvente.

A parte da tarde contará com a apresentação de pesquisas acadêmicas sobre etnogênese com diálogo posterior aos presentes na plenária. 

Logo após será lançado o Relatório Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil - Dados 2018. 

A mesa da manhã seguinte terá dois momentos: irá abordar experiências de luta pelo reconhecimento étnico e territorial, com o indigenista Saulo Feitosa e, por fim, haverá uma roda de conversa com advogados que conduzirão os debates para a repercussão dos processos de etnogênese no campo do Direito e das políticas públicas. 

O Seminário Etnogênese é uma realização do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) Regional Maranhão, povos Akroá-Gamella, Tremembé de Engenho e Krenyê em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA). 

Serviço

O quê? Seminário Etnogênese: "Somos sementes teimosas: povos insurgentes no Maranhão".

Quando? Nos dias 6 e 7 de novembro.

Onde? No Auditório Professor Sérgio Ferretti da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), localizado no prédio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PPPGI). 

Certificado de 12 horas

Participação Livre.

0 comentários:

Postar um comentário

Fiema

Pousada do Buriti

Yes

Duvel