Assembleia Legislativa

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019
O programa é um dos exemplos de como a educação e a qualificação profissional podem transformar a vida de adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social


SÃO LUÍS – O Serviço Social da Indústria do Maranhão (SESI-MA), entidade do Sistema FIEMA, realizou na tarde do dia 3 de dezembro, na Casa da Indústria Albano Franco, a formatura 2019 de 178 alunos e alunas do Programa SESI ViraVida, de São Luís e Rosário. Da ocasião, participaram o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) e diretor regional do SESI, Edilson Baldez, os conselheiros do SESI e vice-presidentes da FIEMA, Celso Gonçalo e Joanas Alves da Silva, e o secretário municipal de São Luís, Ivaldo Rodrigues, além dos formandos e seus familiares.


Criado em 2008 pelo Conselho Nacional do SESI, o ViraVida é um dos exemplos bem-sucedidos de como a educação e a qualificação profissional podem transformar a vida de adolescentes e jovens em situação de extrema vulnerabilidade, visando o desenvolvimento de suas potencialidades cognitivas, socioemocionais, de qualificação profissional e a inserção social.


“O Programa realmente faz jus ao nome: ViraVida. Ele mudou de forma significativa a minha vida. Tenho 17 anos, sou estudante e moro na Vila Cascavel, em São Luís. O programa inovou no fato de abrir a minha mente para o mercado de trabalho e me preparar para ele. Hoje sou um jovem com uma expectativa e ciente e preparado para o mercado de trabalho”, destacou o formando e orador da turma, Lucas Falcão Gama, de São Luís.


Opinião também compartilhada pela formanda, Elayne Desterro, 19 anos, da cidade de Rosário, que considera o programa inspirador. “Vi aqui várias histórias de superação parecidas com a minha e que são motivos de inspiração e de lutas por dias melhores”, disse Elayne.

O programa oferece aos participantes, com idade entre 16 e 21 anos, a oportunidade de desenvolver suas habilidades e competências sociorrelacionais, e de iniciação para inserção no trabalho, através de cursos que mesclam formação profissional e educação básica, com abordagem de temas como cidadania, direitos humanos, além de atendimento psicossocial. Após a formação, os participantes se encontram aptos a aplicar os conhecimentos, habilidades e atitudes na construção de uma sociedade mais justa, solidária e igualitária. Eles concluíram os cursos de Vendedor (SENAC) e Recepcionista (SENAC), Eletricidade Predial (SENAI) e Operador de Microcomputador (SENAI).  


Iniciando a formatura, o presidente da FIEMA e diretor regional do SESI, Edilson Baldez, fez questão de agradecer aos parceiros do ViraVida e a toda equipe do SESI, envolvida na formação dos jovens. “Queremos agradecer a todos vocês, à equipe do SESI, e parabenizar os alunos que superaram os desafios e chegaram até aqui. O Maranhão é um privilegiado dentro do Sistema S porque é um dos poucos estados a ter duas turmas do ViraVida. Esse é um grande programa que já salvou centenas de vidas pelo Brasil a fora”, disse ele.

Para a pescadora de Rosário e mãe de formando, Flor de Maria Batista Pereira, 40 anos, o ViraVida é um programa que promove uma evolução na vida dos jovens. “Meu filho lutava muito para fazer um curso e graças a Deus ele conseguiu entrar no ViraVida. Tenho certeza que agora ele vai se desenvolver muito mais”.


“Esta ação de inclusão social é fundamentada no apoio de jovens em condição de risco social, proporcionando-lhes o acesso à vida digna, preparando-os aos postos de trabalho disponibilizados pela indústria. Neste grupo de hoje, estão 178 jovens, que foram preparados para desenvolver suas potencialidades e, através dos ensinamentos recebidos, abrir as janelas de novas oportunidades, que poderão lhes proporcionar a ascensão e inserção social e permitir dias melhores nas suas vidas”, destacou o conselheiro do SESI e vice-presidente da FIEMA, Celso Gonçalo, que conduziu a cerimônia junto da coordenadora de Educação do SESI-MA, Vanda Marly, que representou o superintendente regional do SESI, Diogo Lima, e da gerente da Unidade Empreendedora de Vidas do SESI-MA, Valéria Pereira, que coordena o programa no estado.

VIRAVIDA - O Programa ViraVida atende milhares de jovens no Brasil. No Maranhão, já foram atendidos cerca de 900 jovens desde que foi implantado em 2011, com índice de empregabilidade próximo de 48 %, nas cidades de São Luís e Rosário. Possui o apoio de uma rede de parceiros, entre os quais estão: o Conselho Nacional do SESI, SENAI, SENAC, SESC, SEBRAE, IFMA, as prefeituras de São Luís, Bacabeira e Rosário, pela atuação de suas secretarias municipais de Assistência Social, de Saúde, da Juventude, da Mulher, de Transporte e de Educação. Além dos CRAS, CREAS, e conselhos tutelares, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos; Defensoria Pública do Estado do Maranhão e 2ª Vara da Infância e da Juventude.

Entre os parceiros da empregabilidade, o ViraVida no Maranhão conta com o apoio das empresas Rofe Distribuidora; Armazém Paraíba (Rosário); Cisne Branco; Extrafarma; Grupo Mateus; CIEE; ISBET; TVN e Potiguar.

Informação: Fiema 
Fotos: Divulgação/FIEMA

0 comentários:

Postar um comentário