Assembleia Legislativa do Maranhão

quinta-feira, 15 de setembro de 2016
Na contramão do projeto de lei 193/2016, que tramita no Senado e inclui entre as diretrizes e bases da educação nacional o programa ‘Escola sem Partido’, o Governo do Maranhão lançará, no próximo mês, o programa ‘Mais Grêmios’, que amplia a participação do estudante na construção de uma escola democrática, incentiva o protagonismo juvenil e formar cidadãos livres e conscientes de que podem fazer a diferença nos lugares onde estão inseridos. As ações do Programa foram discutidas nesta terça-feira (14), com lideranças estudantis de 24 escolas da Rede Estadual de Ensino da Unidade Regional de Educação (URE) de São Luís, no Centro de Ensino Jornalista João Lisboa (Cejol).

Estiveram presentes os secretários de Estado, Felipe Camarão (Educação) e Tatiana Pereira (Juventude); os secretários Adjuntos da Seduc: Danilo Moreira (Subsecretário da pasta), Anderson Lindoso (Suporte ao Sistema Educacional) Ismael Cardoso (Programas e Projetos Especiais) e a Supervisora de Políticas para a Juventude, Anne Benevites.

Durante o encontro, os estudantes solicitaram à Seduc os dados referentes aos professores que estão com baixa carga horária e pediram apoio do Estado no sentido de garantir que as aulas ocorram normalmente sem prejuízos. Além disso, eles apresentaram demandas sobre a infraestrutura e esclareceram duvidas sobre o papel do grêmio, sobretudo, no acompanhamento da gestão escolar e aplicação dos de recursos do Caixa Escolar.

O secretário Felipe Camarão apontou que o grêmio estudantil tem embasamento legal e deve ser fortalecido visando à formação cidadã dos estudantes. “O que o Governo do Estado almeja é que a escola seja um espaço de cidadania, estimulando a criatividade e criticidade dos estudantes, para que possamos juntos [governo e estudantes] construir uma escola de qualidade”, destacou ao apresentar aos estudantes o panorama atual da educação maranhense e esclarecer as dúvidas dos estudantes.

“Agora me sinto ‘empoderado’, porque não sabia que a gente poderia vistoriar a escola e cobrar ações da gestão. O Estado pode contar com a gente. Vou fazer minha parte acompanhar de perto as ações. Agradeço porque o governo ouviu cada um de nós”, revelou Lucas Almeida, do 3º ano do Ensino Médio da escola Rio Grande do Norte, bairro Radional.

A opinião de Lucas foi semelhante à do estudante Eliomar Martins da UI Pedro Álvares Cabral, bairro Jardim América. “Saio daqui sabendo o que a gente pode fazer para contribuir em prol da nossa escola”, disse.

A secretária Tatiana Pereira reforçou aos estudantes que o governo precisa ouvi-los para continuar desenvolvendo ações assertivas para o crescimento dos indicadores educacionais. “Ouvir as demandas de vocês é fundamental para o atual governo que deseja melhorar a educação. Portanto, a juventude não deve se calar. Ainda mais pela oportunidade que tem de dialogar abertamente com o Estado. Fui estudante de escola pública estadual e isso nunca aconteceu”, enfatizou.

Estiveram na reunião lideranças estudantis e gremistas das escolas: Cejol, Núcleo de Altas Habilidades/Superdotação Joãozinho Trinta, Joaquim Gomes de Sousa, Vinícius de Moraes, Cid. Operária I, Cruzeiro do Sul, Gen. Artur Carvalho, Bernardo Coelho de Almeida, Anjo da Guarda, Cid Operária II, UI Pedro Álvares Cabral, UI Estado de Alagoas, CE Benedito Leite, Cintra, UI Hayde Chaves, Alm. Tamandaré, Rio Grande do Norte, São Cristóvão, Margarida Pires Leal, Antônio Ribeiro, Vicente Maia, Humberto de Campos, Liceu, entre outras.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada Buriti

Pousada Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Intervenção no transito de São Luís

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista