CAMPANHA: REVIVA

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016
Em dois anos da gestão realizada pelo governador Flávio Dino a educação deu um salto com ações que refletem na solução de problemas históricos. São executados programas de reforço ao aprendizado e que estimulam o aluno a permanecer em sala de aula. O Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) está na lista desses programas com ações significativas que refletem na solução de problemas históricos. Através do programa estadual, famílias de baixa renda recebem ajuda de custo para compra de fardamento e material escolar para os filhos de 4 a 17 anos matriculados na escola.

“O benefício concedido pelo Bolsa Escola melhora as condições dos alunos ao frequentarem a sala de aula e, por isso, influencia positivamente na qualidade do processo de aprendizagem, possibilitando o progresso dos indicadores educacionais do nosso estado. Além disso, o programa tem reflexo na economia dos municípios porque os materiais escolares são comprados em estabelecimentos locais credenciados ao programa”, afirmou o governador Flávio Dino.

Criado pelo Governo do Maranhão, o Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) complementa os recursos recebidos pelas famílias incluídas no Programa Bolsa Família, do Governo Federal. É também a primeira experiência local na implantação de um programa estadual de transferência de renda. Em 2016, o programa beneficiou 982.681 alunos nos 217 municípios maranhenses com a concessão de R$ 48 milhões em créditos investidos em 841 estabelecimentos comerciais cadastrados. Além disso, houve aumento do valor repassado a cada estudante, de R$ 46 para R$ 51, acompanhando o reajuste de 12% do programa federal Bolsa Família.

O programa beneficia crianças como Maria Vitória, Luna e Luiz Henrique Brito, filhos da dona de casa Elis Rocha da Cunha Brito. “O apoio [do Governo] foi fundamental para a compra do material que meus filhos precisavam e aliviou um pouco nossa despesa”, relatou Elis.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), Neto Evangelista, é justamente essa característica do programa, de possibilitar a compra de material escolar sem que a família tenha que escolher entre a compra de alimentação ou outro gasto também essencial, que demonstra a importância do Bolsa Escola. “Temos a dimensão desta iniciativa para a autoestima dessas crianças e adolescentes e o quanto contribui na vida escolar. É um programa importante para a qualidade da educação e melhor aprendizado dos alunos”, avaliou o titular da Sedes.

Na preparação da nova etapa do Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), os técnicos percorrerem as cidades maranhenses em caravanas para apresentar a nova campanha de 2017. A mobilização vai ser feita em escolas, comércios e outros ambientes. O objetivo é levar informações e identificar famílias que perderam seus cartões ou senhas e orientá-los na solicitação do novo documento.

Para 2017, o Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) será ampliado com cadastramento de 1.413 estabelecimentos aptos a vender os materiais. Mais 150 mil famílias foram incluídas, somando 610.273 famílias atendidas. Serão injetados R$ 59 milhões beneficiando mais de 1,1 milhão de estudantes maranhenses. Ainda no próximo ano, as equipes técnicas serão ampliadas e formadas forças-tarefa para mobilizar os estabelecimentos comerciais, com fins a tornar mais ágil os cadastramentos.

Os recursos, concedidos sempre no mês de janeiro são destinados, exclusivamente, para compra de material escolar. Podem ser comprados todos os tipos de material escolar – lápis, cadernos, livros, mochilas – e também o fardamento. “Com esse apoio, o programa contribui para a permanência dos alunos em sala de aula, reduz os índices de abandono e evasão escolar e leva mais dignidade aos estudantes da rede pública de todo o Maranhão”, frisou o secretário Neto Evangelista.

Reconhecimento nacional

O sucesso do programa estadual Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) foi destaque, em 2016, na Feira Internacional em comemoração aos 30 anos da Escolar Office Brasil realizada em São Paulo, no mês de agosto. Na ocasião foi apresentada toda a operacionalização do ‘Bolsa Escola’. Os fabricantes de material escolar avaliaram que o programa estadual é um caso de sucesso por favorecer o aumento considerável na venda destes produtos em todo o Maranhão, e em curto espaço de tempo. Eles destacaram ainda o movimento na economia.

A Escolar Office Brasil é o único evento nacional de exposição voltado exclusivamente para o varejo de material escolar. Reúne os lançamentos e ofertas das principais marcas desses produtos, além de oferecer auxílio aos empresários e comerciantes na gestão de seus negócios e no processo de compra de produtos.

Conjunto de ações sociais

Para que garantir melhor condições de vida aos maranhenses, especialmente às famílias mais carentes, o Governo do Maranhão desenvolve um conjunto de ações de forma articulada e simultânea, que colaboram para edificar as mudanças que estão ocorrendo no estado. São programas como o Mais Renda, Diques de Produção, PAA Leite, Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água, Restaurantes Populares, Capacita SUAS e a expansão da rede de CRAS e CREAS, dentre outras ações executadas este ano que ganharam destaque pela importância e capacidade de mudar a vida de muitos maranhenses.

FALA POVO – Bom para todos

“Aumentou em 30% as nossas projeções de vendas e outro fato bastante interessante é que o período de início das aulas que é no final de dezembro e, principalmente, janeiro, na verdade este ano se estendeu até o mês de fevereiro e isso foi muito bom”. – Empresário Thiago Pontes sobre os benefícios do Bolsa Escola para o comércio

“Eu agradeço a Deus e ao Governo do Estado porque sem esse material, era muito difícil manter as crianças na escola. O apoio [do Governo] foi fundamental para a compra do material que meus filhos precisavam e aliviou um pouco nossa despesa”. – Elis Rocha da Cunha Brito sobre a importância do Bolsa Escola para a família dela.

“O Programa foi muito bom para o comércio da cidade. Observamos a presença de pais de alunos que relataram nunca ter comprado material escolar para seus filhos antes. E foi suficiente para comprar todo o material escolar das crianças”. – Comerciante Soraya Queiroz sobre a compra de material escolar na cidade de Balsas.

0 comentários:

Postar um comentário

Fiema

MARENCANTO

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Yes

Colégio Batista

Colégio Batista

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Posseidon Hotel Ltda