Assembleia Legislativa do Maranhão

segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Objetivo é orientar sobre os hábitos simples que podem garantir a saúde dos rins

“Melhor prevenir do que remediar” esse é um ditado popular que cai muito bem quando se trata da Doença Renal Crônica (DRC). Por isso o Hospital Universitário da UFMA por meio do Centro de Prevenção de Doenças Renais (CPDR) realizará amanhã, 24, uma ação educativa em prol da prevenção deste órgão vital.

Uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais de várias categorias e residentes, estará das 8h às 12h e das 16h às 17h, na Escola Mario Andreazza, no bairro da Liberdade, orientando os alunos sobre os hábitos simples que podem garantir a saúde dos rins. Serão realizadas palestras sobre a prevenção das Doenças Renais Crônicas com alunos da educação infantil e também da educação fundamental. A Doença Renal Crônica é silenciosa e afeta consideravelmente a qualidade de vida

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), cerca de 120 mil pessoas fazem terapia renal substitutiva no Brasil, sendo a hipertensão e a diabetes os principais fatores de risco. O número de pacientes com DRC em estágio terminal está crescendo em todo o mundo. Hoje, a doença já atinge 10% da população e especialistas chegam até a falar sobre uma "epidemia" mundial da doença. No Brasil, estima-se que um em cada 10 brasileiros terá algum grau de lesão no rim durante a vida. 

Entendendo os rins:

São dois órgãos que possuem o formato parecido com feijões e são responsáveis por filtrar o sangue, por limpar o sangue das impurezas do corpo. Caso não funcionem corretamente, as impurezas se acumulam e a pessoa ficará intoxicada.

Os rins são responsáveis por quatro funções no organismo:
 *Eliminação de toxinas do sangue por um sistema de filtração;
 *Regulação da formação do sangue e dos ossos;
 *Regulação da pressão sanguínea;
 *Controle do delicado balanço químico e de líquidos do corpo.

Por que é preciso prevenir a Doença Renal desde cedo:

A doença renal crônica em crianças afeta o crescimento, o desenvolvimento cerebral e a expectativa de vida;

O tratamento é difícil, caro e trabalhoso;

A progressão da Doença Renal pode ser restaurada, desde que o diagnóstico seja feito a tempo para a adoção de medidas apropriadas;

O diagnóstico da DRC em crianças no Brasil na maioria das vezes é tardio e incompleto;

A Doença Renal Crônica na infância é diferente dos adultos, e o tratamento é mais delicado.

Dicas de ouro

Tenha hábitos alimentares saudáveis

Não fume

Controle seu peso

Controle a pressão arterial

Beba água

Não tome medicamentos sem orientação médica

Se for diabético ou tiver histórico de diabetes na família, controle glicemia (açúcar no sangue) regularmente

Pratique atividade física regularmente

Fonte: ASCOM/HU-UFMA, com informações da Sociedade Brasileira de Nefrologia - SBN

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada Buriti

Pousada Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Intervenção no transito de São Luís

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista