quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018
Na Passarela do Samba, os cinco dias de folia momesca reuniu foliões de todas as idades, entre brincantes das agremiações carnavalescas, manifestações culturais e público das arquibancadas, camarotes, frisas, Espaço Preferencial e entorno. Com a alegria do público e a beleza das apresentações, a programação da Passarela do Samba Chico Coimbra no Carnaval de Todos 2018, promovido pela Prefeitura de São Luís e Governo do Maranhão, encerrou-se nesta terça-feira (13).

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, celebrou o saldo positivo da festa. "Mais um ano que se fecha o carnaval com muitos motivos para comemorar. Foi uma festa com muita segurança, participação da população e nenhuma ocorrência negativa registrada. O público abraçou a Passarela do Samba e mais uma vez foi um sucesso", ressaltou.

O encerramento do Carnaval na passarela contou com desfile de Tribos de Índio, Blocos Afros e show com intérprete da Estação Primeira de Mangueira, do Rio de Janeiro, Ciganerey, e as passistas Angele Miranda e Flávia Torres, acompanhados da Bateria da Favela do Samba.

"Para mim é uma honra voltar a São Luís. Este ano, tive a grata satisfação de abrir o Carnaval no Mato Grosso do Sul e agora encerrar o período momesco na capital maranhense. É a primeira vez que canto com a Bateria Carcará da Favela do Samba, mas com certeza fizemos um grande espetáculo", frisou Ciganerey, intérprete da Mangueira no Rio de Janeiro.

Um dos momentos mais emocionantes da noite foi a despedida do Locutor Oficial da Passarela do Samba, Franck Matos, o criador do jargão "Sinal verde", após 35 anos no comando do carnaval de Passarela. Na oportunidade, o radialista Karllos Roger entregou, em nome da Secretaria Municipal de Cultrua (Secult), uma comenda em homenagem ao trabalho desenvolvido. O último "Sinal Verde" deu passagem para o grupo afro "Oficina Affro", encerrando os desfiles da Passarela 2018. Franck destacou que viu o grupo nascer e não poderia encerrar de forma mais honrosa, ao lado de colegas que fazem o carnaval de passarela e do grupo batalha pela cultura do nosso Estado.

"Vocês não podem imaginar a satisfação que tenho após esses 35 anos de jornada de concluir este trabalho que tanto me orgulho de ter feito parte. É um momento louvável, exatamente minha última terça-feira gorda de carnaval. Me despeço e apago em definitivo o sinal verde da Passarela do Samba. A todos muito obrigado pelo carinho e oportunidade com este apresentador", agradeceu o locutor, que iniciou o comando do carnaval na Praça Deodoro, em 21 de fevereiro de 1982.

"Apesar de ludovicense, é a primeira vez que participo do Carnaval de Passarela e vim no encerramento para conferir o show. Todos os anos viajava no carnaval, mas esse ano a programação dos circuitos oficiais me chamou atenção, foi ampliada e teve até convidados nacionais", enfatizou o folião Eyder Figueiredo, estudante da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

NÚMEROS

87 agremiações carnavalescas desfilaram no sambódromo e destas, 51 concorrem no Concurso de Passarela, promovido em parceria com a Liga das Escolas de Samba do Maranhão (LIESMA), Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC) e Academia de Blocos Tradicionais do Maranhão (ABTEMA). Além disso, 45 grupos de tambores de crioula se apresentaram no entorno durante os cinco dias de evento, recepcionando ludovicenses e turistas.

Na campanha solidária da Prefeitura de São Luís, a bilheteria arrecadou aproximadamente 12 mil toneladas de alimentos não perecíveis que serão destinados a hospitais públicos da capital, beneficiando centenas de famílias.

A Corte Momesca, composta por Danilo Cristiam (Rei Momo), Nyna Gracyelle (Rainha), Rayane Moraes (1ª Princesa) e Natalia Azevedo (2ª Princesa) sambaram muito no encerramento, ao lado de passistas da Estação Primeira de Mangueira e da Favela do Samba. Eles abriram os desfiles em todos os dias da Passarela Chico Coimbra e percorreram 15 bailes de carnaval em toda a cidade durante os dias de folia.

Foram oferecidos serviços nas áreas de segurança, saúde, limpeza, meio ambiente, vigilância sanitária, trânsito e transportes, e um Posto da Delegacia da Infância e Adolescência que estave de plantão todos os dias. No Posto Médico, 100 atendimentos de primeiros socorros foram realizados, sem nenhuma ocorrência grave e com um encaminhamento para o Socorrão I. O plantão também contou com ambulâncias da SAMU e do Corpo de Bombeiros.

Com a campanha do Ministério da Saúde "Vamos combinar, prevenir é viver" foram distribuídos 85,2 mil preservativos masculinos e femininos só na Passarela. O stand da Coordenação Municipal de IST AIDS e Hepatites Virais de São Luís, da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realizou orientações, recomendações e aconselhamento sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis entre outros cuidados com a saúde.

A limpeza foi garantida por agentes de plantão na estrutura montada de 200 metros de pista. O espaço teve 21 camarotes para 20 pessoas cada; camarote institucional para 120 pessoas; 27 cabines de jurados; área com preferencial destinada para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida e idosos com capacidade para 500 pessoas por dia; dez frisas para 16 pessoas em cada, seis arquibancadas com cerca de três mil lugares, 100 banheiros ecológicos e cinco barracas de comercialização de produtos.

A infraestrutura contou também com efetivo de 100 homens da segurança privada durante o período de evento, 40 seguranças no período de estrutura montada, 28 brigadistas, 200 Guardas Municipais, 250 Policiais Militares, 60 Bombeiros civis e militares, Policiais Velados, Segurança Alimentar, Segurança com Cidadania (Semusc), Blitz Urbana, 25 agentes de Trânsito e Transporte (SMTT), Serviços de prevenção, atendimento e urgência em saúde (Semus) e servidores da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) envolvidos na produção.

0 comentários:

Postar um comentário

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Cidadão limpeza

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista