CAMPANHA: IPTU 2018

sábado, 10 de março de 2018
Por Reginaldo Rodrigues 


Em entrevista ao Jornal Cazumbá, o Secretário de Estado de Cultura e Turismo do Maranhão (Sectur), Diego Galdino, destacou as principais metas para a pasta, como a reforma de equipamentos culturais, entrega do Aeroporto de Balsas e Barreirinhas, a nova marca promocional, entre outros assuntos. Confira! 

JORNAL CAZUMBÁ - Nos últimos três anos, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), promoveu várias ações para o fomento do turismo maranhense. A participação em feiras e eventos foi uma das principais ações para o setor. Neste ano, a Sectur participará de quais eventos? 

DIEGO GALDINO – Estaremos presente em todos os eventos de grande porte nacional e internacional, como exemplo estaremos nesta semana na 52ª edição da ITB Berlin, na Alemanha, também na WTM Latin America - o principal evento mundial do setor de viagens e turismo da América Latina. Então, a Sectur continuará participando de todos os grandes eventos do ano, garantindo que nosso estado esteja na vitrine desses eventos e possa atrair mais turistas. 

JC - Quais as novidades para captar turistas para o estado? 

DG – Continuar investindo nos polos São Luís, Chapada das Mesas e Lençóis Maranhenses e divulgar nossos grandes eventos – São João, Carnaval e Reveillón. Além das belezas naturais e nossas riquezas culturais. 

JC - Quanto à infraestrutura turística, a obra no aeroporto de Barreirinhas está em que fase? Qual a previsão de entrega? 

DG – A previsão de entrega é até maio; estamos na fase final, assim como estaremos entregando agora o Aeroporto de Balsas no Centenário da cidade, que também ajuda a incrementar o turismo de negócios para aquela região. 

JC - Secretário, nos últimos três anos houve reforma e reparos em equipamentos culturais como teatros, museus e praças, como a Casa de Cultura Josué Montello, o Convento das Mercês, o Teatro Alcione Nazaré, o Museu do Reggae. Quais os demais equipamentos serão entregues ainda este ano? 

DG – Iniciamos a reforma da Casa de Nhozinho, também da Morada das Artes que está há mais de 20 anos sem intervenção do Governo, a Secretaria de Cultura; todas as casas de cultura sofrerão pequenas intervenções para preservar esse patrimônio histórico riquíssimo. 

JC - O mapa do turismo do Maranhão cresceu. O estado inseriu 16 municípios e excluiu nove no mapa, passando de 46 para 53 cidades com vocação turística, distribuídas em 10 regiões. Como foi feito este remapeamento e quais os novos critérios preestabelecidos? 

DG – Estivemos em todos os municípios, nos reunimos com os prefeitos e secretários de turismo e explicamos os critérios estabelecidos pelo Ministério do Turismo para que eles possam se inscrever. Muitos aderiram e tem investido no turismo da sua cidade. 

JC - O Maranhão estava sem coleta de dados estatísticos relacionados ao turismo desde 2010. Devido a uma parceria firmada entre o Governo do Estado e a Universidade Federal do Maranhão – UFMA foi possível criar o Observatório do Turismo, Cidades e Patrimônio. Fale sobre esta iniciativa e sua contribuição para o destino. 

DG – Todo gestor precisa de dados para fomentar qualquer serviço que venha constituir. Quando chegamos à Secretaria não havia dados qualitativos e quantitativos para trabalhar. Então, fizemos essa parceria com o Observatório do Turismo e hoje trabalhamos com dados objetivos, sabendo onde alocar os recursos para ter um turismo maior e melhor para o Maranhão. 

JC - Neste ano, os circuitos carnavalescos animaram a cidade com a mistura de ritmos e o tradicional carnaval de rua em diversos pontos da cidade. Qual o balanço da edição 2018 do Carnaval de Todos? 

DG – O Carnaval de Todos 2018 foi um sucesso a nível local e nacional. Tivemos muito trabalho e planejamento para isso. Vale frisar que a Secretária de Segurança foi fundamental para o sucesso desse carnaval. 

JC - A segurança foi um dos pontos elogiados pelo público. A Polícia Militar do Maranhão esteve durante todo o percurso do circuito oficial do carnaval, tanto na capital como no interior do estado, realizando o monitoramento e garantindo uma festa com segurança aos foliões. Como foi essa articulação? 

DG – Todos os eventos que o governo faz procuramos, desde o primeiro momento, envolver a Secretaria de Segurança, a Guarda Municipal. Então, esse não foi diferente. Procuramos reunir com toda a cúpula de Segurança, mostramos todos os pontos de carnaval na cidade e o resultado foi esse, fruto de comprometimento de todos os envolvidos. 

JC - Como a Secretaria tem promovido a cultura maranhense e trabalhado os produtos culturais como blocos tradicionais, o bumba meu boi, o tambor de crioula? 

DG – Reunimos, ouvimos opiniões e tentamos fomentar o máximo possível. Acredito que nunca teve tantos artistas participando, por isso abrimos editais com várias opções para dar oportunidade para todos. 

JC - Ainda falando de cultura, qual será a destinação do prédio da antiga Rede Ferroviária Federal, popularmente conhecida como RFFSA, localizada na Avenida Beira-Mar? 

DG – O prédio da RFFSA passou pela primeira etapa, agora estamos lançando nessa semana o edital da segunda fase da obra para começar a reforma interna. A destinação será para algum órgão do governo, mas ainda não podemos afirmar qual deles, só posso dizer que teremos lá um grande equipamento cultural, um dos mais ousados do Maranhão. 

DG – A Secretaria lançou uma nova marca promocional do turismo – Maranhão Terra de Encantos – inspirada nas belezas naturais, arquitetura, cultura e gastronomia maranhenses – que recebeu a medalha de ouro no Prêmio Colunistas 2017, considerado um dos mais tradicionais da publicidade brasileira desde 1968. Como essa iniciativa ajuda a impulsionar e promover as potencialidades turísticas de São Luís? 

JC – O Maranhão precisava de uma marca forte que representasse o nosso estado. Então, nós conseguimos traduzir nessa marca Maranhão Terra de Encantos. Em toda feira que vou já existe esse reconhecimento da marca, que impulsiona toda a economia e o turismo maranhense. 

JC – Quais são as metas da Sectur? Alguma novidade em andamento? 

DG – A Sectur pretende cada vez mais alavancar os números do turismo. Uma das nossas metas é aumentar o Cadastur, estamos em 5° lugar no Nordeste e pretendemos avançar. E, também, em breve teremos um grande espaço na cidade para o turista conhecer todas as belezas do Maranhão, uma espécie de stand fixo permanente em um dos lugares mais visitados em São Luís. Com isso, queremos que o turista seja bem recebido e tenha as informações necessárias. 

0 comentários:

Postar um comentário

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Cidadão limpeza

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista