GOVERNO DO ESTADO DO MA

Assembleia Legislativa do Maranhão

sábado, 31 de março de 2018

São 37 anos do mais tradicional espetáculo que encena a vida e ressurreição de Cristo e que atraiu milhares de pessoas para prestigiar a história bíblica. Coroando a Semana Santa, a Via Sacra tomou as ruas do bairro Anjo da Guarda, no primeiro dia de apresentação, na noite desta quinta-feira, 29.

Este ano, a peça trabalha o tema ‘Comunidade: um terço da memória’, homenageando os moradores do bairro. O espetáculo religioso é realizado pelo Grupo Independente de Teatro Amador (Grita) com apoio da Lei de Incentivo à Cultura e do Governo do Maranhão. “É uma 
tradição do teatro maranhense e que marca o período da Semana Santa. O apoio do Governo só reforça a parceria com a cultura e a arte do Maranhão”, destaca o secretário de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino.

Representando o papel de Cristo há 10 anos na peça, Joreg Smith relatou a emoção que, segundo ele, permanece mais forte a cada ano.

“É uma carga emocional muito grande, que nesta uma hora e meia de espetáculo desperta vários sentimentos. Eu me orgulho de ser morador dessa comunidade tão sofrida e poder representar essa que é a maior personalidade do mundo”, disse.

O sofrimento de Cristo demonstrado na peça é mais um momento de refletir sobre quem somos com nossos irmãos, pontua a professora Maria Helena Cantanhede, 34 anos, que é moradora do bairro e sempre que pode, acompanha a encenação tradicional. “Gosto demais deste espetáculo e a cada ano, a gente vê que é mais emocionante. Não tem como não se envolver, chorar e pedir mais união, mais amor”, enfatiza.

Espetáculo

Encenado ao ar livre, o espetáculo tem sete atos distribuídos ao longo do bairro. Na Praça Recanto da Paixão, o primeiro ato com o “Incêndio do Goiabal”, “Os Heróis do Boi de Ouro”, “O Parto”, “O Batismo”, “A Tentação”, “As Bem-Aventuranças”. No segundo ato, na Avenida 
Dinamarca, foi encenada a “Caminhada de Ramos” e a “Entrada de Jerusalém”. No terceiro ato, no Largo do Teatro Itapicuraíba, há a apresentação da “Pirofagia”, “Números Cirsenses”, “Expulsão dos Vendilhões”, “Possuído” e “Barrabás”.

O tradicional “Lava Pés”, a “Santa Ceia”, a “Conspiração”, o “Horto” (de Cena Projetada), o “Sinédrio”, o “Sonho de Cláudia Prócula”, “Pilatos e Quintilius” e a “Condenação de Cristo” acontecem na Praça do Anjo, no quarto ato. No quinto ato, acontece a “Via Crucis”, a “Mulher de Jerusalém”, o “Encontro de Verônica” e “Sirine”. 

No sexto ato, na Rua Palestina, é encenado o “Corredor da Reflexão”. A peça finaliza com o “Encontro de Jesus com Maria”, a “Crucificação de Jesus”, o “Pietá”, o “Enforcamento de Judas”, o “Anjo da Anunciação” e a “Ressurreição”. 

Na sexta-feira, 30, mais uma apresentação encerra a temporada da peça na Semana Santa.

Este ano, pela primeira vez, o espetáculo teve uma canção original em forma de oração e conta com cenário giratório, onde são apresentadas sete cenas. São pelo menos 2,5 mil pessoas envolvidas na produção da peça. A Via Sacra já foi vista por cerca de dois milhões de pessoas, desde sua primeira apresentação em 1981.

0 comentários:

Postar um comentário

Hotel Pousada do Buriti

Hotel Pousada do Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Cidadão limpeza

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista