Assembleia Legislativa

São João do Maranhão 2019

São João do Maranhão 2019
segunda-feira, 27 de agosto de 2018
Evento gratuito e aberto ao público visa incentivar a cultura, o turismo e a gastronomia do estado 

 Chefs de renome nacional e internacional participarão com aulas shows de receitas inéditas com ingredientes maranhenses
Com a proposta de vivenciar os sabores e a cultura tipicamente maranhenses, no Centro Histórico de São Luís, além de trocar saberes com professores, pesquisadores e chefs de renome nacional e internacional, assim será a primeira edição do Festival Mercado das Tulhas “Maranhão Danças e Festas”, que ocorrerá de 28 a 30 de agosto, no Grand São Luís Hotel. 

Sobre o Festival

O Festival visa incentivar a cultura, o turismo e a gastronomia do estado em um evento gratuito e aberto ao público em geral, a ser realizado na Associação Comercial do Maranhão-ACM, Grand São Luís Hotel e no Mercado das Tulhas, no Centro Histórico.

Espaços


Na ACM, terá o “Banquete de Palavras”, a partir das 10h30, com o Fórum Maranhão e a participação da professora Linda Rodrigues (UFMA/GPICG) e a pesquisadora Guilhermina Cayres, da Embrapa; às 16h, será a vez da palestra da profa. Dra. Mahedy Araújo Bastos Passos, da Universidade Estadual de Roraima, sobre plantas alimentícias não convencionais (PANC), e às 19h30, haverá a abertura oficial. “No Balcão do Bar”, no dia 28, às 17h, terá o lançamento do Hidromel, e às 18h, haverá palestra acerca da Tiquira, aguardente artesanal; no dia 29, às 15h30, aula sobre coquetel, às 16h30, sobre cervejas, e no dia 30, às 16h30, aula show “A diversidade da terra em forma líquida”, de Isadora BelloFornari, um dos principais nomes de bebidas nacionais.

Na “Cozinha Show”, no dia 28, será das 14h às 18h30, com palestra e aulas shows de chefs, e nos dias 29 e 30, de 10h as 17h30; o público assistirá na “Padaria Show”, nos dias 28 e 29, de 10h as 17h, e dia 30, a partir de 10h, a respeito do queijo de São Bento (SENAI), até 15h; Já o “Fogo, Faca & Ação”, no dia 28, será 10h, terá aula sobre biomassa, no dia 29, o tema será pescados, às 15h30, variedades e linguiças. Haverá debates temáticos sobre pesquisas, como as feitas nas comunidades tradicionais do interior do estado, palestras e compartilhamentos de experiências de chefs e especialistas, a partir da utilização de ingredientes como buriti, babaçu, castanha do Maranhão e outras plantas alimentícias não convencionais.

Espaço Cine Gastrô (Cine Praia Grande)
A 100 passos de um sonho
Sinopse: A família Kadam deixa a Índia para morar na França, onde abre um restaurante de comida indiana. Do outro lado da rua, está um tradicional e elogiado restaurante francês comandado pela Madame Mallory, que vai travar uma verdadeira guerra contra os novos concorrentes.
Após o filme, a chef Ciça Roxo, há 26 anos na profissão, conversará com público sobre o longa-metragem e também sobre a receita Pilaf de Cuxá, com ingredientes maranhenses, como forma de revisitar o enredo, com direito à degustação da iguaria ao final.

Local: Cine Praia Grande – No Centro de Criatividade Odylo Costa Filho
Hora: 17h
Duração: 1h20

Valorizar o produtor local


Segundo Warwick Trinta, um dos coordenadores do Festival, a organização tem preocupação de resgatar e valorizar a matéria-prima. "Buscamos enaltecer o pequeno produtor e sua produção, por ser de qualidade única e ter uma peculiaridade regional que traz ao prato sabores diferentes e marcantes, além de proporcionar a riqueza se sabores e uma melhor qualidade de vida", revela.

Parceiros

Com patrocínio do Grand São Luís Hotel e apoio institucional da Associação Comercial do Maranhão (ACM-MA) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), recebendo deste último também suporte técnico e científico, assim como dos parceiros, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) que realizaram ainda pesquisas e estudos, em conjunto com a AMAC, base do que será apresentado nas aulas. A coordenadora e professora do curso técnico em cozinha do Campus São Luís – Maracanã do IFMA, Graziela da Silva Suzuki, acredita que a participação do IFMA no Festival é a oportunidade de apresentar à sociedade brasileira retorno de parte das contribuições que dá, “além de proporcionar aos nossos alunos a oportunidade de aprender com os chefs do Maranhão e convidados, que eles irão ‘degustar’ cada palavra, cada técnica apresentada e levar para vida esse conhecimento”, disse. Foi da união da AMAC e Embrapa que surgiram novos produtos culinários, a partir do babaçu e de outras plantas alimentícias não convencionais, segundo a pesquisadora da Embrapa, na área de agricultura familiar e desenvolvimento sustentável, Guilhermina Cayres. “Convidamos os chefs de cozinha a interagirem com algumas comunidades rurais do Maranhão por meio da realização das oficinas. Eles utilizaram apenas ingredientes locais e mostraram que é possível inovar nos cardápios, criando pratos criativos e nutritivos”, afirma.

Outros parceiros fundamentais para a promoção do Festival são: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MA), Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (SECTUR), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social da Indústria (SESI), Fazenda Santa Maria, GUAAJA, LABOTUR, PSIU e Sindicato dos Bares e Restaurantes do Maranhão (SINDEBARES) e Sindicato das Indústrias de Bebidas do Maranhão (SINDEBEBIDAS).

Festival das Tulhas terá participação do SESI e SENAI

Com oficinas de alimentação e nutrição gratuitas para a população e palestras show na área gastronômica, o Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) estarão no Festival Mercado das Tulhas “Maranhão Danças e Festas”, que ocorrerá de 28 a 30 de agosto, no Grand São Luís Hotel. Pelo SESI, serão ministradas oficinas nos três dias do evento, pela manhã, a partir das 10h, e à tarde, a partir das 15h, com inscrições no local, abordando, na teoria e na prática, o gerenciamento de desperdício e a higiene na manipulação de alimentos, além de esquetes teatrais abordando o tema alimentação saudável, com o ator e colaborador do SESI-MA, Josimael Caldas. Já pelo SENAI, nos dias 29 e 30, às 10h, nos espaços Pizzaria Show e Padaria Show, haverá palestra sobre Fermentos Naturais para Pizzas; e Execução de um Pão de Queijo de São Bento, respectivamente, pelos instrutores da entidade. Ainda na programação, haverá o lançamento do chocolate da castanha do Maranhão, uma parceria da UFMA com o SENAI-MA, no dia 28, às 14h30.

A proposta do festival é vivenciar os sabores e a cultura tipicamente maranhenses, no Centro Histórico de São Luís, além de trocar saberes com professores, pesquisadores e chefs de renome nacional e internacional.

Atrações culturais

Durante os três dias, além de valorizar a culinária de origem do estado, o evento busca ressaltar os ritmos, danças e a cultura, próprios do Maranhão, em grande encontro da efervescência musical, na área da capital considerada Patrimônio Histórico da Humanidade, que acontecerão no Mercado das Tulhas, de 28 a 30, das 18h às 21h30.

Como participar

Os interessados em saber mais informações sobre o Festival podem acessar a página @amacmaranhao no Facebook e no Instagram @amac.ma, onde também há link de inscrições do sympla, ou mandar mensagem por estas redes sociais para saber como participar do evento. Além disso, é possível baixar o aplicativo (plataforma android) – desenvolvido pela Animax - Agência Digital - com informações a respeito do Festival, como programação, receitas e convidados. O credenciamento será feito nos feito apenas nos dois dias do evento, no Grand São Luís Hotel, das 9h às 18h.


0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel