Assembleia Legislativa

São João do Maranhão 2019

São João do Maranhão 2019
quarta-feira, 7 de novembro de 2018
Investimento em Tecnologia do Turismo e seus Impactos na Economia, um cenário perfeito para o Maranhão se apresentar com seus atrativos na certeza de fazer bons negócios com os operadores na maior feira de turismo da Europa.


O evento aconteceu de 5 a 7 de novembro e teve a economia digital em destaque na agenda da WTM London, o Global que também reuniu a Cúpula Anual dos Ministros das Nações Unidas e da WTM, que este teve painéis com temas variados e abriu a discussão sobre investimento em tecnologia do setor privado, seguido pela Mesa Redonda Ministerial, que abordou a questão do financiamento no futuro do turismo, as tendências, transparência de dados e como envolver os consumidores digitais, como inspirar reservas com mídias sociais, conteúdo de qualidade e trabalho com influenciadores digitais, entre outras.  Um painel de especialistas também discutiu o “Poder das imagens no marketing de viagens”.


Além de palestras temáticas, encontros de negócios com sessões de aprendizado prático, o Maranhão se apresentou aos frequentadores desta renomada feira com seus produtos, serviços e atrativos sustentáveis, como os Lençóis Maranhenses, Chapada das Mesas, São Luís e a Rota das Emoções, na certeza de atrair turistas internacionais amantes da cultura, ecoturismo, turismo de aventura e turismo de sol e praia e seus diferenciais.


Nessa atmosfera de intercâmbio e negócios, a Secretaria de Cultura e Turismo do Maranhão (SECTUR), por intermédio do Secretário Diego Galdino e do Secretario adjunto Hugo Veiga, apresentaram o Estado, que abriga diferentes biomas brasileiros, é uma ótima opção para apresentar a verdadeira biodiversidade do Brasil. Galdino falou ao blog do Cazumbá da participação da Sectur na WTM London, parceria com o SEBRAE/MA entre outras:

Jornal Cazumbá - Fale da WTM London?

Diego Galdino: A WTM - London é Uma das maiores e mais importantes feiras de turismo do mundo. E é um dos três mercados internacionais prioritários para promoção turística do Maranhão, junto à ITB - Berlim e a FIT - Argentina.

JC - Como se deu a participação do Maranhão na feira?

DG: - Este é o terceiro ano que Maranhão participa da WTM, desta vez em parceria com SEBRAE, que através de critérios transparente pode trazer um empresário para ajudar na comercialização do destino. Além da distribuição de materiais promocionais do Maranhão em inglês. Realização de networking com buyers (operadores e agentes de turismo) do Reino Unido.

JC - Londres e a Europa são um mercado prioritário para o Maranhão? Por quê?

DG: A Europa, com um todo, consome muito América do Sul e o Reino Unido não é diferente. Há uma procura muito grande pelos chamados “warm places“ (destinos quentes), além de segmentos como turismo de aventura, ecoturismo, esportes a vela, birdwatching (turismo de observação de pássaros), em todos estes segmentos o Maranhão se encaixa. Além do grande poder de compra da Libra Esterlina (mais valorizada que o Euro e o Dólar) frente ao Real.

JC - Quais os resultados esperados e meio e longo prazo para o turismo maranhense?

DG: Com a ideia de realizarmos ações complementares de captação de turistas no mercado Inglês esperou gerar um fluxo consistente e crescente, colocando o Maranhão nas prateleiras das operadoras e agências em papel de destaque, junto ao Ceará, por conta da Rota das Emoções e aproveitando a ligação internacional do HUB instalado na capital Cearense (com diversos voos internacionais), distante apenas à uma hora de voo de São Luís e aproveitando que Fortaleza é o ponto de partida da Rota.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel