Assembleia Legislativa do Maranhão

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Ao viajar para o exterior, não é raro que turistas brasileiros não entendam comportamentos, hábitos culinários e o idioma do país visitado.   

Mas isso também pode acontecer com estrangeiros que vêm passear no Brasil. 

Alguns costumes brasileiros e muitos aspectos da realidade social do território verde e amarelo tendem a surpreender e até assustar muitos viajantes "gringos".

Abaixo, conheça coisas que provocam estranheza e choque em estrangeiros que visitam o Brasil. 

Biquíni curto x topless


Casada com um brasileiro e moradora da cidade de Sydney, a australiana Khara Shaw já visitou o Brasil diversas vezes nos últimos anos. Durante estas viagens, chamou-lhe a atenção uma aparente contradição das praias brasileiras.

"No Brasil, mulheres de todas as idades e diferentes formas de corpo usam biquínis curtíssimos, que deixam pouquíssimo espaço para a imaginação. Mas, nas praias do país, não se pode fazer topless para tomar banho de sol! Como isso possível?", questiona.

Beijos excessivos na bochecha


Casado com uma brasileira, o norte-americano Zack Henry visitou o Brasil pela primeira vez em 2000 e, desde então, já esteve diversas vezes no Brasil (como turista e como morador).  E ele ainda não se acostumou com o que classifica ser uma grande demora nos cumprimentos e despedidas que ocorrem em eventos sociais no Brasil (e o contato físico supostamente excessivo que isso acarreta).

"Toda vez em que vou a uma festa, eu demoro pelo menos 20 minutos para dizer oi para todo mundo", conta ele. "Porque você tem que percorrer todo o evento dando beijo na bochecha das pessoas e coisas do tipo. Então, eu decidi, há alguns anos, que eu só cumpro estas formalidades na minha chegada às festas e reuniões. Na hora de ir embora, eu adoto a chamada 'saída à francesa' [ir embora sem dar tchau a ninguém], porque não quero sair dando beijo em todo mundo de novo".

Marcar encontros e não aparecer


O norte-americano David Day já viajou pelo Brasil e, segundo ele, muitos brasileiros têm o hábito de marcar compromissos e não cumpri-los.

"As pessoas dizem que irão te encontrar no bar, te ligar para marcar um almoço ou comparecer no teu churrasco, mas, no final, acabam não aparecendo. Por que dizer que você vai ir a um lugar sabendo que não irá cumprir a promessa?", pergunta ele.

O Brasil que "parece a Europa"


David também se surpreendeu com algumas paisagens do sul do Brasil. "É uma região que se parece muito com a Europa [a foto acima mostra construções de estilo germânico em Blumenau, Santa Catarina]. Quando estive lá, senti que eu estava fora do Brasil", conta ele. "Antes de visitar o país, muitos de nós, estrangeiros, só conhecemos detalhes do Rio e da Amazônia. Mas agora sei que o Brasil é um país extremamente diversificado". 

Leia mais: Viagem.UOL 

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel