Assembleia Legislativa

São João do Maranhão 2019

sábado, 8 de dezembro de 2018
Governador Flávio Dino ressaltou a importância da gastronomia para fomentar a economia criativa e destacou a importância do novo espaço para fortalecer lações entre maranhenses e portugueses


São Luís ganhou um novo espaço dedicado ao fomento de atividades culturais e educativas, voltadas para eventos da comunidade luso- brasileira. Trata-se da Casa de Portugal, que foi inaugurada na última quinta – feira (06.12) no segundo andar da Fundação da Memória Republicana (Convento das Mercês) situado a à Ria da Palma, no Centro.

O espaço que é administrado pelo Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Maranhão, através do Presidente Júlio Moreira Gomes Filho, foi aberto oficialmente com coquetel para convidados. A solenidade contou com a presença do Governador do Maranhão Flávio Dino e da primeira – dama Daniele Lima; além das autoridades da comunidade portuguesa do Pará, Luiz Otavio Rei Monteiro, Pres. do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira; Alírio José Duarte Gonçalves / Pres. do Grêmio Literário Português de Belém (PA); e da bibliotecária Ethel Valentina Soares;  e do Cônsul Honorário de Portugal no MA, Abraão Freitas Valinhas Jr.


E o primeiro evento desse espaço foi o lançamento de um livro raro editado em 1876  – a reedição da renomada obra de culinária portuguesa intitulado “Arte da Cosinha”, em formato de fac-símile; de autoria do cozinheiro que servia a Família Real Portuguesa João da Matta.

A obra considerada icônica, traz as receitas de jantares completos que originalmente foram concebidos para as Famílias Real Portuguesa e Imperial Brasileira; com receitas fáceis e detalhadas, que revelam as preferências gastronômicas e da cultura da época. Detalhe: Foram poucos livros reeditados dessa obra, que não terá mais impressão, e cuja renda da venda é toda revertida para a manutenção da Biblioteca Fran Paxeco, localizada em Belém (PA) e que reúne um amplo acervo de livros raros.


Para o Governador Flávio Dino, a Casa de Portugal se insere numa visão de fraternidade entre os povos,  que é uma política permanente de seu Governo. E há ainda uma visão econômica e cultural a ser estimulada com esse intercâmbio entre Maranhão e Portugal:

“Reconhecemos a evidente importância histórica e econômica da comunidade portuguesa em nosso Estado. E hoje, a exemplo desse extraordinário patrimônio material e imaterial de origem portuguesa que é a sua culinária, devemos estimular essas iniciativas como é o lançamento desse livro raro, que fomenta a cadeira produtiva da chamada economia criativa. E dentro dessa visão, inauguramos esse espaço que é a Casa de Portugal, após mantermos um diálogo com autoridades da comunidade portuguesa que nos procuraram, e hoje materializamos essa parceria através desse espaço. E vale lembrar que aqui nesse espaço físico, transitou o Padre Antônio Vieira, cujo legado não apenas religioso, mas político é de suma importância; tendo ele tido uma presença marcante aqui no Maranhão. Acho que o mesmo nunca foi devidamente festejado, então hoje nesse espaço aproveito para homenagear esse importante autor, fazendo jus a sua memória. Finalizo agradecendo a oportunidade de ter acesso a essa obra rara, que traz receitas da deliciosa gastronomia portuguesa. Viva Portugal, Viva o Maranhão!”, concluiu o Governador Flávio Dino.


O Presidente do Conselho da Comunidade Luso – Brasileira do Maranhão, Júlio Moreira Gomes Filho agradeceu a atenção e a deferência do Governador Flavio Dino,  que tem sido um grande incentivador das ações culturais referentes às comunidades luso – brasileiras em nosso Estado:

“É muito importante esse apoio do Governador Flávio Dino, que tem incentivado o fortalecimento dos laços e do intercâmbio entre o Maranhão e Portugal. Agora com a Casa de Portugal, nossa intenção é promover eventos que beneficiem a população maranhense, não apenas com a oferta de eventos culturais, mas também com cunho social”, ressaltou Júlio Gomes Filho.

Quem fez a apresentação da obra foi a bibliotecária responsável pelo acervo da Biblioteca Fran Paxeco, Ethel Soares, que lembrou que essa é “uma obra bastante cobiçada e cujo único original encontra-se em Belém(PA), mas agora com a reedição os amantes da boa mesa podem se deliciar com essa leitura, além de ser um belo presente de Natal”, lembrou Ethel.

Os interessados, em especial Chefs, gastrônomos e amantes da boa mesa, podem encontrar “Arte de Cosinha” na livraria AMEI / São Luís Shopping, mas somente enquanto durar o pequeno estoque da obra, que aliás, é um belo presente de natal.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel