Assembleia Legislativa

São João do Maranhão 2019

São João do Maranhão 2019
terça-feira, 16 de abril de 2019

Tristeza e comoção! Essas palavras definem Paris na segunda-feira (15), inicio da Semana Santa. Em pleno final de tarde os franceses, e milhares de turistas, viram uma parte da Catedral de Notre-Dame ser consumida pelo fogo. As imagens do incêndio se espalharam pelas redes sociais.

As chamas causaram a destruição de uma parte da icônica igreja católica mais visitada da Europa. Mais de 400 bombeiros trabalham para debelar o incêndio. Eles garantem que evitaram um colapso total da Catedral. "As duas torres estão fora de perigo e a estrutura da catedral pode ser salva", afirmou o comandante dos bombeiros de Paris, general Gallet, à rede de TV BFMTV.

O presidente Emmanuel Macron lamentou o ocorrido e afirmou que ela será reconstruída. “Nós vamos reconstruir juntos essa Catedral”, declarou após o incêndio. O chefe de Estado disse que o edifício será reconstruído com a ajuda de todos e uma coleta nacional será lançada para angariar fundos. Mais de 800 anos de história foram comprometidos pelo fogo.

A comoção tomou conta de quem está lá e de muitos que assistiram pela TV e redes sociais. A cantora maranhense Anna Torres, que mora em Paris há mais de 20 anos, disse a esta jornalista que por lá todos estavam “chocados”. Segundo ela era muita tristeza ver o patrimônio universal da humanidade ser transformado "cinzas”.

O mineiro Rodrigo Lavalle, que mora em Paris desde 2010, disse que estava próximo  quando o incêndio começou e que a área foi toda isolada. “Muita gente nas pontes próximas e as margens do Sena assistindo”, me falou por aplicativo de mensagem.

Incêndio repercute entre os ludovicenses

O oftalmologista maranhense Fabio Lucio dos Santos é apaixonado pela França, e Paris em especial. “Notre Dame de Paris reflete a glória da Ressurreição de Nosso Senhor. Em outubro estive lá e tive uma vontade muito grande de chorar", disse.

A designer de interiores Luciana Menezes falou que ao ver o monumento em chamas sentiu uma angustia assim quando também viu o Museu Nacional o Rio de Janeiro pegando fogo. “Pensei quão maravilhada fiquei quando tive a bênção de ver de perto tudo que eu tinha estudado na escola e na faculdade e que meu filho na terá a mesma oportunidade”. 

O maestro Fernando Mouchereck esteve ano passado em Paris com o Coral São João e visitou a Catedral de Notre-Dame. Foi a sua segunda vez na cidade francesa. Na primeira, chegou a cantar em uma das laterais do histórico símbolo francês.

Em tempo: A catedral de Notre-Dame começou a ser construída em 1163 e 1345, passou por várias reformas ao longo dos séculos e já foi atingida anteriormente por outro incêndio, em 1871.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel