Assembleia Legislativa

quinta-feira, 16 de maio de 2019
A Caravana Mais Turismo da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) percorreu 7 cidades com cursos, palestras e atendimentos para inserção no Cadastur. Foram mais de 1.000 quilômetros percorridos em trajeto iniciado dia 6 de maio que se estendeu até 10 de maio no Polo Cocais.

A Caravana teve paradas estratégicas em Timon, Caxias, São João do Sóter, Coelho Neto, Codó, Pedreiras e Igarapé Grande. “A ideia foi percorrer os municípios maranhenses levando o Programa Mais Qualificação e Turismo, abordando as principais necessidades e anseios para a profissionalização e qualidade na prestação de serviços para o turismo, fazer o cadastramento pessoas físicas e jurídicas que atuam na cadeia produtiva do turismo, formalizando e legalizando estes prestadores de serviços, através do Cadastur, e ministrar palestras para crianças e adolescentes de 5 a 18 anos com o tema: Turismo Sustentável e Combate à Exploração Sexual Infantil através do Programa Mais Infância Mais Turismo”, explicou o secretário estadual de turismo, Catulé Junior.

O balanço geral dos resultados da Caravana Mais Turismo no Polo Cocais apontam 1.381 crianças e adolescentes sensibilizados pelo Programa Mais Infância Mais Turismo, 460 pessoas capacitadas em 21 cursos do Mais Qualificação e Turismo e 31 prestadores de serviços turísticos sensibilizados no Cadastur.

O superintendente de Qualificação Profissional da Setur, Fernando Campelo, comentou os resultados expressivos. “Conseguimos conhecer o cenário turístico de cada município, bem como suas principais necessidades para a estruturação de sua oferta turística; neste sentido o papel dos gestores municipais de turismo foi de grande significância para indicarmos e recomendarmos possibilidades de melhorias e formatação de roteiros em cada localidade. No decorrer dos cursos conseguimos perceber o interesse dos participantes para a realização de novas formações, gerando oportunidades de inserção no mercado de trabalho e a melhoria dos serviços turísticos oferecidos nas regiões”, explicou Fernando Campelo.

Para a proprietária da Fazenda Nogueira em Caxias, Katiana Bastos da Silva, que participou do curso de Projetos de Turismo em Gestão Pública, os cursos muito proveitosos. “No curso deu para aprender muito e de forma prática, queria ter feito os outros dois também, mas aconteceram ao mesmo tempo. Quero manifestar o respeito e admiração pela equipe da Setur que esteve em nosso município e pedir que voltem logo”, elogiou Katiana Bastos nas redes sociais.

Qualificação profissional

Na segunda-feira (6), a cidade de Timon reuniu 41 profissionais de empresas prestadores de serviços turísticos e gestores públicos, com os cursos de Mídias Sociais, Qualidade no Atendimento em Bares e Restaurantes e Técnicas de Arrumação para Camareira.

Na terça-feira (7), a cidade de Caxias reuniu 47 profissionais do turismo da região e gestores públicos, com os cursos: Como montar um negócio cama e café, Mídias Sociais e Projetos de Turismo em Gestão Pública.

Na quarta-feira (8), as cidades de São João do Sóter e Coelho Neto onde reuniram 158 profissionais e receberam formação em Projetos de Turismo em Gestão Pública, Qualidade no Atendimento de Bares e Restaurantes, Organização de Eventos, Boas Práticas para a Manipulação de Alimentos.

Na quinta-feira (9), a cidade de Codó reuniu 47 profissionais para aprender sobre Como montar um negócio cama e café, Mídias Sociais e Projetos de Turismo em Gestão Pública.

Concluindo o Polo Cocais, na sexta-feira (10), as cidades de Pedreiras e Igarapé Grande reuniram 118 profissionais do turismo da região e gestores públicos, com o curso: Boas Práticas para a Manipulação de Alimentos, Informações Turísticas e Qualidade no Atendimento.

Cadastur

Para os profissionais que atuam no segmento turístico, a coordenadora regional do Cadastur, Diva Maria Lacerda realizou a sensibilização, adesão e atualização do Cadastur para 31 prestadoras de serviços turísticos nas cidades em que a caravana passou.

O cadastro vinculado ao Ministério do Turismo permite a participação em eventos, feiras e ações realizados pelo Ministério do Turismo e pela Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), tais como o Salão do Turismo, Vai Brasil e Portal de Hospedagem. Disponibiliza também o acesso a linhas de financiamento específicas para o turismo, por meio de bancos oficiais, além da participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo MTur.


Mais Infância Mais Turismo

Além das visitas técnicas e capacitações, também foram ministradas palestras para 1.381 crianças e adolescentes de 5 a 18 anos idade com o tema: ‘Turismo Sustentável e Combate à Exploração Sexual Infantil’ através do Programa Mais Infância Mais Turismo.

Fonte: Turismo MA 

0 comentários:

Postar um comentário

Fiema

Pousada do Buriti

Yes

Duvel