Prefeitura de São Luís

Assembleia Legislativa

terça-feira, 25 de junho de 2019

Já pensou ter lado a lado e em um só lugar algumas das principais casas de cultura do Maranhão? Agora é possível. O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), criou réplicas de 8 equipamentos culturais no arraial do Ipem. Turistas e ludovicenses podem tirar fotos no espaço e conhecer mais sobre cada uma das casas de cultura.

Teve gente que reservou um tempo na agenda só para prestigiar a Vila que tem sido sucesso nas redes sociais e na televisão nesta época de São João. “Eu vi a Vila Cultural no jornal, e realmente gostei bastante”, afirmou Estela Oliveira.

Quem visitar o espaço irá encontrar a reprodução da Casa do Tambor de Crioula, Palácio dos Leões, Museu do Reggae do Maranhão, Casa do Divino, Biblioteca Benedito Leite, Teatro Arthur Azevedo, Casa de Cultura Josué Montello e Forte de Santo Antônio.

Para Luluca, o espaço cumpre função importante na divulgação desses patrimônios. “Eu acho que faltava locais como esse em que os turistas ficam à vontade. E na verdade, muitos que ainda não conhecem esses espaços históricos quando vêm atrás das atrações juninas do Ipem acabam conhecendo prédios que são indicações para visitar a cidade, locais que ele possa conhecer e saber mais sobre a nossa história”, explicou o músico maranhense.

Também foi elaborado catálogo inédito, lançado para o São João, no qual estão presentes fotos e informações a respeito de 30 casas de cultura do estado. Além da divulgação de folclore que ocorre naturalmente durante as apresentações de Bumba Meu Boi, Cacuriá, Tambor de Crioula, o período junino tem sido aproveitado para divulgação dos muitos equipamentos culturais, de grande valor histórico.

Para ter a experiência só mesmo indo ao Arraial do Ipem e conhecendo a Vila que caiu nas graças do público. Mas aí vai um pequeno “spoiler” sobre cada um dos museus e Casas de Cultura do Estado.

Palácio dos Leões – É a sede do Poder Executivo Estadual, residência do governante em exercício e possui uma ala de visitação pública. Apresenta ao público os salões nobres com exposições permanentes de obras datadas do século XV ao XX. Mobiliário, telas, porcelanas, esculturas, pratarias e gravuras são algumas das peças encontradas durante a visitação mediada. O casarão fica localizado na Avenida D. Pedro II, no Centro de São Luís.

Casa do Tambor de Crioula – É um Centro de Referência da manifestação da cultura popular maranhense Tambor de Crioula. A casa é um espaço para fortalecimento do processo de salvaguarda da manifestação. Tem caráter museológico, antropológico e sociológico, bem como de um centro de pesquisa, memória e documentação da história dos afrodescendentes, além de ser um local de difusão da manifestação. Fica na Rua Portugal, 309, Praia Grande, Centro Histórico.

Museu do Reggae do Maranhão – Preserva, estuda e celebra a Cultura Reggae no nosso Estado. O ritmo, que nasceu na Jamaica, foi assimilado pela população maranhense e se transformou em mais um dos muitos elementos culturais que formam a maneira de ser do maranhense contemporâneo. Patrimônio Mundial da Humanidade, o reggae tem grande importância turística e cultural.

Casa do Divino – Localizada na cidade de Alcântara, ela abriga a casa do Império da Festa do Divino Espírito Santo e o Museu do Divino. Fora do período do festejo, a Casa expõe acervo com registros das festas anteriores, mostrando o ano inteiro a fé e a cultura do povo alcantarense. O espaço oferece visita mediada com informações sobre a história do casarão e da Festa do Divino, uma das manifestações religiosas mais tradicionais do estado e que atualmente recebe muitos turistas. Fica na Rua Grande, 88, Centro de Alcântara.

Biblioteca Pública Benedito Leite – É a segunda biblioteca mais antiga do país. Possui acervo de mais de 140 mil exemplares, formado principalmente por obras raras, manuscritos e a mais completa coleção de jornais maranhenses, desde o Conciliador (1821) até os que circulam hoje. Está localizada na Praça do Panteon, Complexo Deodoro, Centro de São Luís.

Teatro Authur Azevedo – Segundo teatro mais antigo do Brasil, foi construído por comerciantes portugueses no auge do ciclo do algodão e inaugurado no início do século XIX. Seu nome é uma homenagem ao escritor maranhense Arthur Azevedo, importante dramaturgo brasileiro. Possui 756 lugares e mantém programação anual variada com pautas locais e nacionais, contemplando público de todas as idades. Fica na Rua do Sol, 132, Centro de São Luís.

Casa de Cultura Josué Montello – Destina-se a promover estudos, pesquisas e trabalhos nas áreas de literatura, artes, ciências sociais, história, geografia, contribuindo para a preservação da memória e da produção artística e cultural do estado. Possui biblioteca especializada em literatura, Museu e arquivo pessoal do escritor Josué Montello, sendo 90% de todo o acervo doado pelo próprio escritor ao governo do Maranhão. Está localizado na Rua das Hortas, 327, Centro de São Luís.

Forte de Santo Antônio – Marco histórico do período de resistência portuguesa às invasões estrangeiras, o Forte de Santo Antônio da Barra foi totalmente revitalizado pelo Governo do Maranhão, em parceria com a Prefeitura de São Luís e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Localizado próximo ao Espigão da Ponta D’areia, em São Luís, o centro cultural conta com o Museu de Embarcações tradicionais maranhenses, um memorial sobre a história do Forte e o Museu da Imagem e Som.

Fonte: MA.gov 

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel