Prefeitura de São Luís

Assembleia Legislativa

quinta-feira, 11 de julho de 2019
A iniciativa tem como finalidade proporcionar, no mês das férias escolares, opções para que moradores e turistas conheçam mais sobre as riquezas e belezas de São Luís; nesta sexta-feira a atração é o grupo de choro Regional Tira-Teima que se apresentará às 18h na praça da Mãe d´Água


Ao lado do público, o prefeito Edivaldo Holanda Junior e a primeira-dama Camila Holanda acompanharam na noite desta quarta-feira (10) uma edição especial do Sarau Histórico no Complexo Deodoro, Centro Histórico de São Luís. A ação, da Prefeitura de São Luís, integra o programa Férias Culturais e é desenvolvida pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur). Nesta edição, o Sarau teve como tema central os Bustos do Panteon, coleção de monumentos que homenageia 18 personalidades históricas maranhenses. O Férias Culturais tem como finalidade proporcionar, no mês das férias escolares, opções para que moradores e turistas conheçam mais sobre a riqueza e as belezas de São Luís. Nesta sexta-feira a atração é o grupo Choro Regional Tira-Teima que se apresentará às 18h na praça da Mãe d´Água.

"Estamos no Férias Culturais e trazendo para a área central de São Luís várias atividades que permitem que as pessoas possam participar com suas famílias de um momento de lazer com tranquilidade. Esta edição especial do Sarau Histórico na praça do Panteon é um momento muito especial. Temos aqui um grande teatro a céu aberto, misturando cultura, literatura, música, poesia e muita beleza", disse o prefeito Edivaldo. Também prestigiaram a edição do Sarau Histórico do Férias Culturais, o presidente da Câmara de São Luís, vereador Osmar Filho, o superintendente regional do Iphan, Maurício Itapary, além de secretários municipais.

O Sarau Histórico, que nasceu no bojo do programa Reviva, da Secretaria Municipal de Turismo, nesta edição se deslocou do circuito da Praia Grande para o Complexo Deodoro, região que compreende as praças Deodoro e Panteon e as alamedas Silva Maia e Gomes de Castro. O complexo foi totalmente revitalizado recentemente pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, que também são parceiros na obra de requalificação da Rua Grande que está sendo finalizada. 


Ao falar sobre a importância da ação o prefeito Edivaldo citou outras ações da Prefeitura que têm atraído grande público para o Centro Histórico, despertando exponencialmente na população local o sentimento de pertencimento para com este extraordinário patrimônio histórico e cultural concentrado, e também atraído turistas para as atividades de lazer e cultura. São programas e projetos como a Feirinha São Luís, que acontece aos domingos na Praça Benedito Leite, o Passeio Serenata entre outros, que a Prefeitura vem executando como forma de promover a revitalização do Centro Histórico.


Acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, o prefeito Edivaldo foi recebido de maneira calorosa pela plateia que ocupou o centro da Praça Panteon. 

HISTÓRIA


Mais de 16 personagens, interpretados por atores da Companhia Tramando Teatro, técnicos e servidores da Secretaria Municipal de Turismo, desfilaram pela praça do Panteon, durante cerca de duas horas, reavivando a memória da cidade. Personalidades como Ana Jansen, instalada em sua famosa carruagem, baronesas dentre outros ilustres povoaram a praça, atraindo inúmeros flashes e pedidos para posar em fotos.

Caracterizada como a Baronesa de Anajatuba, a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo, transitou entre o público presente despertando curiosidade e encanto. "Estamos celebrando as férias. Esta é uma oportunidade das pessoas contemplarem as belezas da cidade cheia de história, de lendas. O Complexo Deodoro após a restauração feita pela pelo Iphan e pela Prefeitura de São Luís deu um novo ar para o Centro Histórico que contempla toda uma história dos séculos XVIII, XIX e XX", ressaltou a secretária. A baronesa de Anajatuba foi moradora do casarão de três andares onde hoje funciona a superintendência regional do Iphan, na rua do Giz, no Centro Histórico.  


Um dos mais antigos participantes do Sarau Histórico, o ator Nuno Lilah Lisboa interpretou Lisboa de Portugal ou Portugal de Lisboa, na representação teatral apresentada na edição do Complexo Deodoro que enfocou os homenageados pelos bustos que retornaram em dezembro à praça após 11 anos de afastamento. Junto com outros cinco personagens, utilizando referências literárias e passagens históricas, o grupo Tramando Teatro ressaltou a importância dos monumentos para a tradição cultural da cidade.

"O sarau evoluiu muito desde o início. Quando começou era simples era acompanhado apenas por voz e violão e quase não havia figurino", lembra Nuno. Como Lisboa de Portugal ou Portugal de Lisboa ele dividiu no palco a narrativa sobre os bustos com outros personagens como o professor Veras, do Liceu Maranhense, e Ana Rosa Estêvão, de Alcântara, todos personagens fictícias que evocam os ilustres da história. Para lembrar Raimundo Correa, Ana Rosa Estevão declarou o poema "Mau Secreto", obra muito conhecida do escritor maranhense.

O maestro Arlindo Pipiu, ex-integrante da lendária banda Nonato e seu Conjunto, também faz parte do elenco de artistas do Sarau há tempos. "O grupo atual é composto por cinco músicos e dois intérpretes, Leo Spirro e Tássia Campos, mas a intenção é abrir espaços para novos talentos", afirma Pipiu.

A chefe de gabinete da Setur, Mara Anchieta, vestiu-se da Baronesa de Grajaú, personalidade com destaque controverso na história da cidade. "Eu adoro participar do Sarau, um projeto belíssimo da Prefeitura de São Luís. Vestindo com as roupas de época me sinto realmente uma baronesa", declara. Segundo Mara a empatia com o público é um dos maiores estímulos que recebe durante a apresentação. A pesquisa da indumentária dos personagens que integram o elenco do Sarau Histórico foi realizada pelo artista plástico Enoc Silva, integrante da equipe técnica da secretaria.


O engraxate Antonio Mauro dos Santos, morador da Vila Brasil, estava na plateia desde cedo aguardando o início do Sarau. Há mais de 20 anos trabalhando na praça e imediações, Antonio cita as mudanças que o local passou. "Está tudo mais bonito e limpo. Hoje dá prazer andar por aqui. Está mais tranquilo para se trabalhar. Esse espetáculo é muito legal, só com músicas das antigas e as pessoas vestidas como se o passado estivesse de volta", avaliou o engraxate.

PROGRAMAÇÃO


Nesta sexta-feira (12) o Férias Culturais presenteia ludovicenses e turistas com a apresentação do grupo de choro Regional Tira-Teima, às 18h, na Praça da Mãe d´Água e no sábado  (13) com o Bom Tom Jazz e Blues, às 19h, na Praça Deodoro. A programação segue até o fim do mês com outras atividades no Centro Histórico. Na próxima semana acontecem edições do Roteiro Reggae, no dia 16 de julho, do Passeio Serenata no dia 17, e do Conheça São Luís no dia 18 de julho.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel