Assembleia Legislativa

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Um dia triste para a aviação e o turismo mundial. O grupo britânico Thomas Cook, fundado em 1841 e considerado uma das agências de viagens mais antigas do mundo, declarou falência. O encerramento das operações afeta diretamente os clientes da Thomas Cook Airlines, cancelando centenas de voos e deixando pelo menos 600 mil turistas sem transporte de volta para casa.

Governos e seguradoras de viagem iniciaram uma mega operação de resgate para repatriar os milhares de viajantes. O esforço deve ser o dobro do necessário quando a Monarch faliu, em outubro de 2017. Naquela época, a Autoridade de Aviação Civil britânica (CAA) precisou de 567 voos para repatriar 84.000 cidadãos de volta ao Reino Unido, ao custo de 50 milhões de libras.

O anúncio divulgado na madrugada desta segunda-feira (23/9) pegou muita gente de surpresa, embora a má situação econômica da empresa já fosse conhecida. O grupo precisava arrecadar 200 milhões de libras para evitar a falência, e negociava há meses um plano de sobrevivência com bancos investidores e seu maior acionista, o grupo chinês Fosun. Estima-se que o encerramento das atividades afete cerca de nove mil empregos somente na Grã-Bretanha.

A Thomas Cook Airlines possuía 34 aeronaves, sendo 27 Airbus A321-200 e 7 A330-200. Vale mencionar que a Condor Airlines, que voa para o Brasil, também faz parte do mesmo grupo. No entanto, a companhia anunciou que suas operações continuam normalmente.

A empresa foi fundada pelo britânico Thomas Cook, considerado o pai do turismo moderno, responsável por promover a primeira excursão da história. Cook criou a agência como forma de entretenimento para as massas, deixando seu legado na forma como viajamos atualmente.

Clientes prejudicados pela falência da Thomas Cook devem seguir as instruções divulgadas no site da companhia. Entrar em contato com a operadora do cartão de crédito utilizado nas reservas, ou da seguradora de viagem, também é um opção para ser restituído dos valores pagos nos serviços adquiridos com a Thomas Cook.

A importância do Seguro Viagem

Em casos assim, vemos o quão importante é contratar um seguro viagem antes de embarcar. Ele garante atendimento médico e hospitalar em casos de urgências, emergências ou doenças durante a viagem. Além disso, você pode garantir repatriação e reembolsos em casos de cancelamentos de voos.

Informação: Melhores Destinos 

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel