Assembleia Legislativa

segunda-feira, 23 de setembro de 2019
Após ser publicado no Brasil em 2018, o ensaio biográfico “Garrett, traficante de escravos” atravessa fronteiras e chega a Portugal, onde o autor está fazendo doutorado.

Centrando-se na história de um ramo esquecido da família Garrett (a mesma do poeta visconde de Almeida Garrett) no Maranhão e sua relação com o tráfico de escravos na Amazônia brasileira nos fins do século XVIII, o professor do IFMA, Gairo Garreto, escreveu o ensaio biográfico “Garrett, traficante de escravos”. O livro, que já havia sido lançado no Brasil em 2018 pela Editora Jaguatirica, agora está sendo publicado em Portugal pela Editora Gato Bravo. O lançamento ocorre nesta quinta-feira (dia 26), às 18h30, na Reitoria da Universidade do Porto.

O ensaio gira em torno de Antônio Garrett, que saiu dos Açores para o Brasil, onde acabou dedicando-se ao comércio de escravos africanos. Para compor a trajetória do personagem histórico, o autor buscou desde elucidar a origem da família Garrett, até compreender seu estabelecimento definitivo em terras maranhenses, assim como mostrar sua participação em batalhas e revoltas (entre estas a que resultou na independência do Brasil).

O ponto de partida para a pesquisa são as memórias do avô de Gairo Garreto, que buscava registrar a história da própria família – com as variantes do sobrenome. Mas os acontecimentos mostrados no livro, com riqueza de detalhes, acabaram por colaborar para o entendimento de parte pouco conhecida da colonização do Maranhão, especialmente do leste do Estado.

Outra grande contribuição da obra é a reunião e interpretação de fontes arquivísticas, muitas delas primárias, até então desconhecidas. Gairo Garreto realizou extensa pesquisa em três países. Parte do estudo foi desenvolvida na Universidade do Porto, em Portugal, durante a pesquisa de doutoramento do autor. A apresentação da edição portuguesa do livro é assinada por Elvira Mea, professora doutora da Universidade do Porto especializada em História Moderna e Contemporânea.

Sobre o autor

Gairo Oliveira Garreto é professor e pesquisador do IFMA, na área de Segurança e Saúde Ocupacionais. É doutorando em Segurança e Saúde Ocupacionais pela Universidade do Porto, com projeto de tese aprovado sob o título “Segurança e Saúde Ocupacionais no Trabalho Rural Escravo dos Séculos XIX e XXI”. Tem Mestrado Acadêmico em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Vale do Itajaí (Santa Catarina – Brasil). É ainda Engenheiro de Segurança do Trabalho da Prefeitura de São Luís-MA.

Informação: Ascom IFMA

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel