Assembleia Legislativa

sexta-feira, 1 de novembro de 2019
BRK Ambiental apresenta ação para reforçar a importância de eliminar os focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti durante o ano todo


Para conscientizar a população sobre a importância do combate à dengue, a BRK Ambiental, maior empresa privada de saneamento básico do Brasil, lança a campanha de conscientização via web “Dengue: Antes de buscar os sintomas, busque prevenção”.

A ação conta com a participação do médico Drauzio Varella e tem como objetivo contribuir com a redução dos casos de dengue no país. “Na internet, antes de buscar por sintomas, busque por prevenção. É preciso acabar com os focos de água parada o ano inteiro", recomenda o especialista.

“Nos últimos oito meses, o país registrou mais de 1,4 milhão de casos de dengue, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde, um aumento de aproximadamente 600% se comparado ao mesmo período do ano passado. Estamos em mais de 100 cidades brasileiras e entendemos que também podemos usar os nossos canais de comunicação para contribuir com a disseminação de informações e com a redução dos casos da doença”, diz José Mário Ribeiro, Diretor de Concessão da BRK Ambiental no Maranhão.

Além da dengue, o Aedes aegypti, é capaz de disseminar também os vírus zika e chikungunya. No Maranhão, por exemplo, o clima quente e úmido, principalmente na estação chuvosa, agrava ainda mais a situação e favorece a reprodução do mosquito. O aumento no número de casos em 2019 foi de quase 40%. O estado já havia registrado 749 casos de dengue apenas no início do ano.

Uma das principais ações para mitigar a atuação do mosquito é a limpeza da caixa d’água. Nesse sentido, a BRK Ambiental, responsável pelo serviço de água e esgoto em Paço do Lumiar e São José de Ribamar, recomenda que a higienização seja feita a cada seis meses.

COMO LIMPAR A CAIXA D’ÁGUA

Para limpar a caixa d’água, o morador deve fechar o registro do cavalete para cortar o fornecimento de água que vem da rua. Em seguida, é preciso esvaziar a caixa d’água até que reste um palmo de água dentro dela. Para evitar o desperdício, a BRK Ambiental sugere utilizar essa água para atividades cotidianas, como lavar o carro, molhar as plantas ou até usar para lavar louças e roupas. 

Feito isso, é iniciada a limpeza com o uso de água sanitária, esfregando o fundo e as paredes da caixa d’água com uma escova de nylon limpa. Na sequência, é necessário retirar toda a água que ainda sobrou na caixa, ligar o registro, e voltar a encher o reservatório. Com a caixa cheia, despeje 2 litros de água sanitária para cada 1.000 litros e aguarde por 2 horas. Após esse período, feche novamente o registro e destampe a saída de água da caixa, deixando que a toda a água da caixa desça pelo encanamento. Volte a consumir a água apenas após encher o reservatório novamente e ter o abastecimento da residência retomado.

Informação: Intermídia Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário

Fiema

Pousada do Buriti

Yes

Duvel