Assembleia Legislativa do Maranhão

sexta-feira, 7 de julho de 2017

O projeto Feirinha São Luís, que acontece todos os domingos das 7h às 15h na Praça Benedito Leite, é a nova opção de lazer para a família ludovicense e para turistas. A iniciativa da Prefeitura de São Luís vai se fortalecendo como espaço de lazer, de comércio e de interação social. Famílias inteiras podem aproveitar para curtir a praça e ainda levar para casa produtos tipicamente maranhenses. A 5ª edição do evento acontece nesse domingo (9) e vai reunir produtos agroecológicos, exposição e comercialização de artesanato, artes plásticas e literárias, gastronomia e apresentações culturais locais.

O titular da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues, destaca que a ideia é de que a Feirinha São Luís seja um evento fixo na cidade. "Consolidamos a reocupação do Centro Histórico aos domingos, beneficiando nossos agricultores, aumentando o escoamento da produção, assim como os artesãos, escritores, artistas e culinaristas locais que têm também a oportunidade de apresentar e vender o melhor da cultura e da gastronomia maranhenses", disse o secretário.

Ivaldo Rodrigues destacou que o principais objetivos do projeto são a divulgação e comercialização do que é produzido pela agricultura familiar de São Luís e a difusão da gastronomia da zona rural.
LITERATURA

O professor Marcus Vinícius esteve na última edição no espaço literário e achou interessante a proposta. "Me interessei bastante por esse espaço da literatura maranhense, pois aproxima o leitor das grandes obras dos nossos imortais da academia maranhense de letras, e tantos outros bons autores. Aproveitei e trouxe minha mãe para dar uma olhada, que é uma grande entusiasta da literatura local e aprovamos a iniciativa".

Reunindo dezenas de obras de autores maranhenses, o espaço literário feito em parceria com a Associação Maranhense de Letras (ACM), fica no coreto da Praça Benedito Leite, cativando e aproximando o público que não dispensa uma boa leitura, com a comercialização de livros por preços acessíveis.

O aposentado, Cléber Moreira achou importante a acessibilidade da literatura local à população. "A cidade estava precisando desse tipo de local, e a feirinha ainda une cultura e comidas típicas no mesmo lugar, não tem como não gostar", afirma Cléber.

CULTURA

Durante a feirinha, as atrações culturais se revezam animando os presentes e, ao mesmo tempo, divulgando as manifestações locais. Quem foi aos eventos anteriores do mês de junho assistiu programações culturais com acentuação folclórica do São João tipicamente maranhense, com apresentações de grupos de bumba-meu-boi, cacuriá, tambor de crioula e quadrilhas juninas.

Na edição deste domingo as apresentações começam às 8h, com a Banda da Feirinha. Na sequência, às 9h, a voz e violão de Tássia Campos, 10h tem o chorinho da Orquestra de Violões da EMEM. A Cia de Dança Encantar se apresenta às 11h e entre 12h às 15h, fechando a programação, Fabrício Estouradão e Forró Di Parêa.

Lucília Dias, educadora especial, achou a idéia da feirinha excelente. "Uma feirinha linda, estou encantada, inclusive trouxe uma amiga do Rio que achou tudo maravilhoso, vim para tomar café da manhã e estava tudo delicioso, aprovado esse projeto, adoro artesanato e comidas típicas e aqui tem tudo de primeira", disse a educadora.

GASTRONOMIA

São Luís tem uma grande quantidade de agropolos e comunidades produtivas, gerando vasta variedade frutífera, além de hortaliças leguminosas, folhagens e verduras, cultivadas de forma agroecológica, ou seja, sem o uso de fertilizantes que agridem o solo, água e meio ambiente. As produções são de pequeno porte e geralmente realizadas por famílias da zona rural. O evento auxilia na exposição e comercialização desses produtos da agricultura familiar.

Um dos pontos altos do evento é a Barraca do Chef, que dá espaço a nomes reconhecidos da culinária maranhense e apresenta ao público pratos diferenciados, tradicionais e novidades. A proposta é que a cada edição, seja apresentado um cardápio com a marca maranhense. Nas edições anteriores, nomes como Melquiades Dantas, Luciano Rosa, Cila Brandão e Ana Lula, comandaram a Barraca do Chef, levando ao público os sabores mais marcantes da gastronomia maranhense. Essa semana o responsável pelo espaço será o chef Danilo Dias do restaurante Feijão de Corda.

O médico, Sérgio Moura, visitou a feirinha pela primeira vez na semana passada e teve uma ótima impressão. "É um evento sensacional, bom para a população, por ser um lugar de lazer e convivência, além de ter a funcionalidade de uma feirinha, bom para os feirantes pois gera renda, eu comprei vários produtos hortifrúti, e fica a torcida para que o evento dure por muitos anos", afirmou o médico.

Participam da feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia.

A iniciativa reúne órgãos municipais, Banco do Nordeste, Governo do Estado,Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Citelum e Associação Comercial do Maranhão (ACM). Apoiam ainda o evento, o Senac, a Academia Maranhense de Letras, e a Arquidiocese de São Luís.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada Buriti

Pousada Buriti
Barreirinhas- Maranhão

Rádio Timbira

Intervenção no transito de São Luís

Yes

Posseidon Hotel Ltda

DUVEL

DUVEL
CALHAU AV. DOS HOLANDESES, QUADRA 29, Nº08, RETORNO DO CALHAU - CALHAU TELEFONE: (98) 2108-3000

Colégio Batista

Colégio Batista