Prefeitura de São Luís

Assembleia Legislativa

sexta-feira, 15 de março de 2019
Novo laboratório tecnológico fica no Campus Monte Castelo. Projeto para melhorar IDH de Santo Amaro e São Luís será um dos primeiros a serem desenvolvidos com o auxílio das tecnologias disponibilizadas no laboratório

Um novo laboratório tecnológico do projeto Fábrica de Inovação será inaugurado pelo Instituto Federal do Maranhão (IFMA) na segunda-feira (18), no Campus São Luís-Monte Castelo. Com equipamentos de alta tecnologia, no local serão realizadas pesquisas com a cooperação de organizações públicas e privadas. Um projeto para melhorar o IDH de Santo Amaro e São Luís, em parceria com instituições e estudantes estrangeiros do projeto La Passion, será um dos primeiros a serem desenvolvidos com o auxílio das tecnologias disponibilizadas no laboratório.

Juntos, o projeto La Passion e a Fábrica de Inovação custaram aproximadamente R$ 1 milhão. Desses recursos, R$ 550 mil foram proporcionados pelo IFMA.

O laboratório da Fábrica de Inovação tem computadores para ensino de programação, impressora 3D, drones, óculos para simulação de realidade virtual, entre outras ferramentas tecnológicas. Este será o primeiro laboratório fixo do projeto, que já tem dois laboratórios móveis instalados em contêineres. O objetivo da Fábrica de Inovação é atuar na solução de problemas demandados por instituições públicas e privadas, por meio do desenvolvimento de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I).

A cerimônia de entrega terá a presença do reitor do IFMA, Roberto Brandão; e autoridades ligadas ao ensino, à pesquisa e ao desenvolvimento regional. Além disso, estarão presentes estudantes intercambistas de instituições brasileiras e estrangerias ligadas ao projeto La Passion (Latin America Practices and Soft Skills for an Innovation Oriented Network).

IFMA recebe estudantes estrangeiros para projeto de melhoria do IDH de Santo Amaro e São Luís

No mesmo dia em que inaugura o novo laboratório da Fábrica de Inovação, o IFMA recebe oito estudantes intercambistas da Finlândia, Portugal, Espanha e Uruguai para participar do projeto La Passion. A eles somam-se 30 alunos da própria instituição e outros seis de outras instituições brasileiras. Durante 10 semanas, eles trabalharão em busca de soluções tecnológicas que possam garantir a melhoria do IDH dos municípios de Santo Amaro e São Luís.

Com 0,518 de IDH, Santo Amaro encontra-se na 20ª posição da lista dos piores IDHs do Maranhão, que tem 217 municípios. Já São Luís, capital maranhense, tem 0,768 de IDH, ocupando a 15ª posição entre as capitais brasileiras. O IDH utiliza indicadores de renda, longevidade (saúde) e educação. O índice varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 0, pior é o desenvolvimento humano do município. Quanto mais próximo de 1, mais alto é o desenvolvimento do município.

Para colaborar na melhoria do IDH dessas cidades, os estudantes desenvolverão seis projetos com temas pré-estabelecidos. Dois deles são voltados para a melhoria do turismo para o crescimento econômico de Santo Amaro e São Luís, enquanto que outros dois buscam propor serviços digitais que ajudem mulheres em situação de risco nas duas cidades. Também há um projeto para aprimorar as necessidades básicas em São Luís, e um outro que pretende encontrar soluções para melhorar a qualidade da água potável para pessoas em Santo Amaro. 

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel