Assembleia Legislativa

São João do Maranhão 2019

sexta-feira, 19 de abril de 2019
Café da manhã realizado nesta quinta (18), reuniu atendidos das unidades de acolhimento institucional, Abrigo Institucional para Pessoas em Situação de Rua e Casa de Acolhida Temporária; ação integra a Política de Assistência Social colocada em prática pela gestão do prefeito Edivaldo


O espírito da Páscoa invadiu a Casa de Acolhida Temporária (CAT) na manhã desta quinta-feira (18), durante o café especial ofertado para 34 acolhidos pela Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). Estavam presentes os atendidos das unidades de acolhimento institucional, Abrigo Institucional para Pessoas em Situação de Rua e CAT. A celebração trouxe à tona as emoções e o sentimento de espiritualidade dos participantes. A ação integra a política da Assistência Social implantada pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

O secretário adjunto de Proteção Social da Semcas, Rodrigo Desterro, reforça que momentos como esse são ações rotineiras da secretaria, para oportunizar e promover a integração entre os acolhidos. "Mesmo que suas estadias sejam passageiras, é nosso papel contribuir para a superação da situação vivenciada e a possibilidade do resgate dos vínculos familiares. As pessoas precisam ser respeitadas e tratadas com dignidade na situação em que se encontram", destacou o secretário.

O evento envolveu os acolhidos por meio de depoimentos e reflexões sobre o significado da Páscoa, momento esse que possibilitou a integração e convivência entre os beneficiários. O café é um momento de resgate dos valores familiares e fortalecimento de vínculos, onde datas comemorativas como esta, sejam vivenciadas por todos sem nenhuma distinção.

Cássia Teixeira, 49 anos, está acolhida no CAT desde o dia 8 de abril de 2019, oriunda do município de Presidente Dutra. Veio em busca de consulta neurológica para o seu filho, uma vez que seu município não fornece a especialização. "Estive aqui em São Luís em fevereiro e fiquei na rodoviária, onde fui encaminhada para o Centro Pop do Centro e lá eles me enviaram para cá. Eu estou gostando muito, os acolhidos daqui tem tudo. Toda a equipe é muito atenciosa e dedicada, eu só tenho a agradecer. Volto para a minha cidade com excelentes referências desse lugar", agradece Cássia Teixeira.


ACOLHIMENTO

Entre acolhimento Institucional e Familiar estão disponibilizadas 370 vagas. A Secretaria possui 12 unidades de acolhimento institucional entre execução direta e indireta, sendo esta última em convênio com duas instituições para atendimento de crianças, adolescentes e adultos, são elas: Grupo Solidariedade é Vida e Servos da Divina Providência\Lar Calábria.

O Serviço de Acolhimento atende pessoas que se encontram afastadas dos seus familiares e tem como objetivo proporcionar acolhimento temporário, garantindo cuidados, alimentação, vestuário e acompanhamento psicossocial até que seja possível localizar a família, restabelecer os vínculos com os familiares ou até quando estiverem garantidas a autonomia e a proteção.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel