Prefeitura de São Luís

Assembleia Legislativa

quinta-feira, 15 de agosto de 2019
Programa prioriza 30 rotas em 27 unidades da federação, com um conjunto de ações de impacto em curto e médio prazos, para fortalecer a governança, o marketing, a divulgação, qualificação dos empreendimentos e consolidação do potencial turístico dos destinos


São Luís - Cinco municípios maranhenses abrangidos pela Rotas das Emoções (Araióses, Tutóia, Paulino Neves, Santo Amaro e Barreirinhas), além de São Luís, receberão um aporte de R$ 2,1 milhões para serem aplicados no fortalecimento dessa, que é uma das 30 rotas turísticas de todo o Brasil contempladas dentro do programa Investe Turismo.

A inciativa é desenvolvida em conjunto pelo Ministério do Turismo, Sebrae, Embratur e governo estaduais (por meio dos órgãos executores da política estadual de turismo), o Investe Turismo beneficia 30 rotas, nas 27 unidades da federação, com previsão de investimento total de cerca de R$ 200 milhões, alcançando 158 municípios e mais de 4 mil empreendimentos da cadeia do turismo.


Concebido como estratégia de alavancagem do turismo nacional, cuja contribuição ao Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 3,1% em 2018, totalizando US$ 152,5 bilhões (8,1%), o programa chega ao Maranhão, sendo lançado hoje, 15, com seminário que reuniu autoridades, entes públicos e privados ligados à atividade turística, prefeitos e  empreendedores dos territórios contemplados, lideranças empresariais e imprensa.

O Investe Turismo se propõe, entre outros objetivos, a fazer convergir ações e de investimentos no setor, otimizando esforços para acelerar o desenvolvimento do turismo em todo o País, gerar empregos e transformar destinos e realidades, conforme destacou o secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab.


“Priorizamos rotas que são verdadeiros hubs para os estados onde se localizam, detentoras de potencial para gerar ciclos virtuosos de crescimento. O Investe Turismo não é somente aporte de recursos. É mais do que isso. Não temos recursos em abundância; mas, não faltará dinheiro para bons projetos, lógico que priorizando aqueles que tragam retorno, que já tenham uma dinâmica de resultados e sejam estratégicos para o desenvolvimento das regiões onde estão inseridos”, explicou o secretário, garantindo que São Luís também será beneficiada com ações e recursos do programa.

Defendendo a convergência de ações para fomentar o turismo, o vice-governador Carlos Brandão enfatizou que esse é um desafio a ser vencido por “muitas mãos”.

“Esse é um projeto feito por muitos, com todos os segmentos dialogando, trabalhando juntos, para elevar a competitividade dos nossos produtos turísticos, com suporte de divulgação e promoção, todos trabalhando para, realmente, aproveitar o potencial do turismo na geração de emprego e renda”, frisou ele.

“O Maranhão, com o sucesso das ações do São João, voltou a ganhar evidência no cenário nacional como destino privilegiado”, completou o vice governador maranhense.

Já o presidente do CDE Sebrae, Raimundo Coelho, enfatizou o apoio do Sebrae ao turismo no Maranhão. Esta é uma das diretrizes estratégicas da atuação do Sebrae.

“Apoiamos e somos parceiros de inúmeras ações neste segmento, porque acreditamos no potencial que o turismo tem para criar valor para o estado e nos ajudar a garantir renda para quem vive no Maranhão, garantir qualidade e transformação”, comentou Coelho.  

O lançamento do Investe Turismo no Maranhão também reuniu , o chefe da Assessoria de Gestão Estratégica da Embratur, Rafael Luisi; a representante do Comitê Gestor do Sebrae Nacional, Ana Luíza Lopes; os integrantes da diretoria executiva do Sebrae no Maranhão – Albertino Leal, Mauro Borralho e Rachel Jordão; os secretários estadual e municipal de Turismo, Catulé Júnior e Socorro Araújo, respectivamente; o representante do Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Turismo, Hugo Veiga, além de representantes de vários municípios e da classe empresarial ligada a cadeira do turismo.

Crédito e Gestão

Apontados como um dos gargalos ao desenvolvimento do turismo, o acesso ao crédito e a melhoria da gestão também tiveram destaque no lançamento do Investe Turismo no Maranhão. Na ocasião, foram apresentadas linhas de crédito para o setor – do Fungetur e Prodetur Mais Turismo, e debatidos mecanismos para a estruturação e formalização da atividade turística na área da Rota das Emoções.

Foram também realizados atendimentos agendados com os bancos oficiais (BB, Caixa e BNB) e ações de sensibilização para a formalização, através do Cadastur, e para uso de serviços oferecidos pelo Sebrae para a cadeia do turismo.

“Essa parceria com o Ministério do Turismo, Embratur, Governos do Estado, secretarias de Turismo, vem somar com um conjunto de ações que o Sebrae já desenvolve na Rota das Emoções há mais de 12 anos. Em atuação conjunta, as unidades do Sebrae no Maranhão, Piauí e Ceará já aportaram cerca de R$ 10,5 milhões, beneficiando quase 1.300 empresas, em quatro ciclos de projetos bem sucedidos e com resultados expressivos, que renderam, inclusive, premiações nacionais como a implantação do sistema de voucher eletrônico em Barreirinhas”, ressaltou o superintendente do Sebrae, Albertino Leal.

“Há, ainda, muito trabalho a ser feito e um potencial imenso a ser explorado, mas o trabalho estruturante, as parcerias já efetivadas, a articulação com os empreendedores locais e todo o trabalho feito nos últimos anos nos levam a acreditar que esse é o caminho para fortalecer o turismo, uma atividade com potencial imenso para gerar desenvolvimento, ocupação e renda no Brasil”, acrescentou Leal.

fortalecimento

Quatro eixos estratégicos previstos no Investe Turismo deverão responder pelo fortalecimento da Rota das Emoções, consolidando-a como destino turístico em todo o País e no estrangeiro. São eles: ações para fortalecer a governança nos territórios abrangidos; melhoria dos serviços e dos atrativos turísticos; marketing turístico e apoio à comercialização e promoção; além da atração de investimentos e apoio para acesso a serviços financeiros (crédito e alternativas de financiamento).

Além desse pacote de investimentos e ações, o programa deve impactar, em médio prazo, na elevação da competitividade da cadeia turística, na estruturação de novos negócios, em melhorias na infraestrutura turística (via financiamentos do Prodetur e Fungetur), no marketing, inovação e na gestão dos empreendimentos.  

Durante o evento, o diretor Técnico do Sebrae, Mauro Borralho, destacou ações já implementadas no fortalecimento da Rota das Emoções, mencionando a estruturação e consolidação dos destinos incluídos no roteiro, que estão entre os mais exuberantes do País.

“Fruto do trabalho e de ações do Sebrae, da articulação de parcerias ao longo dos anos, da interação entre os estados do Maranhão, Ceará e Piauí, o projeto Rota das Emoções avançou e se consolidou, chamando atenção pelo potencial como destino e pelos seus atrativos. O desafio persiste sendo melhorar a oferta de serviços, estimular novos investimentos e preparar os empreendedores desses destinos para atuarem voltados para a inovação e sustentabilidade. Nenhum destino turístico pode pensar em desenvolvimento sem focar esses dois aspectos”, argumentou Borralho.

ROTA DAS EMOÇÕES


A Rota das Emoções é um roteiro integrado que envolve 15 cidades de três estados: quatro no Piauí (Cajueiro da Praia, Ilha Grande, Luís Correia e Parnaíba) cinco no Ceará (Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara) e seis no Maranhão (Araióses, Barreirinhas, Paulinho Neves, Santo Amaro, Tutóia e Água Doce do Maranhão). São Luís e Fortaleza são considerados os portais de entrada da Rota, por terem infraestrutura aeroportuária apropriada para receber voos nacionais e internacionais.

Dentre os grandes atrativos do roteiro estão o Delta do Parnaíba (no Piauí); o Parque Nacional dos Lençóis (no Maranhão) e Jericoacoara, no Ceará, destino propício para a prática de esportes náuticos e turismo de praia e sol.

0 comentários:

Postar um comentário

Pousada do Buriti

Yes

Duvel