Assembleia Legislativa

terça-feira, 13 de agosto de 2019

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), seguindo a tendência dos avanços tecnológicos, tem adotado estratégias de grande importância para o processo educacional tanto para modelos formais quanto flexíveis, com o compromisso de disseminar conhecimentos à sociedade em geral. Pioneira no Nordeste na oferta de EAD, há 20 anos, e oitava Instituição do Brasil a ser credenciada para essa modalidade de ensino, hoje, novamente, está na vanguarda ao lançar sua nova plataforma de cursos abertos.

Em 2014, a Universidade lançou sua primeira Plataforma de Cursos Abertos, possibilitando a oferta de um ensino mais dinâmico e didático. Desde então, a UEMA se compromete em oferecer soluções ágeis e inovadoras na esfera dos cursos online.

Os cursos livres ou cursos abertos são uma tradução simplificada da sigla em inglês MOOCS (massive open online courses, em português quer dizer: cursos online abertos e massivos). Na Instituição, os cursos são planejados e gerenciados pelo UemaNet.

Os cursos abertos da UEMA têm proporções mundiais. São quase 300 mil usuários cadastrados em 58 países. Diante dessa abrangência e comprometida com a qualidade da educação que oferta, a Instituição reformulou completamente sua plataforma, o que culminou também no desenvolvimento de uma nova marca para os cursos abertos da casa.

Toda essa mudança fez parte de processo abrangente, envolvendo além de interface digital amigável, a reorganização e melhoria do conteúdo.

Sobre as mudanças

A nova plataforma, cujo nome será revelado na cerimônia de lançamento, traz conceitos atuais e inovadores. De acordo com a Coordenador do UemaNet, Ilka Serra, a ideia de renovação, surgiu a partir da necessidade de tornar o processo de certificação mais amplo, envolvendo outros elementos de acompanhamento e avaliação. Dessa maneira, segundo ela, “iniciou-se então a análise de toda a plataforma, passando desde a infraestrutura até o conteúdo e recursos disponíveis. Foi então identificada a necessidade de desenvolver um novo ambiente, diferente e inovador”, frisou a coordenadora.

O emprego de conceitos atuais de mercado, possibilita a democratização do conhecimento através de uma plataforma leve, intuitiva e com conteúdos relevantes. A interface foi redesenhada de forma a viabilizar ao participante ter ao seu alcance informações essenciais para sua navegação.

A página do curso foi aprimorada para facilitar ao aluno visualizar toda a ementa do curso, a quantidade de aulas, quais atividades a serem cumpridas, tempo médio de curso, carga horária e os professores responsáveis. A página de conteúdo foi estruturada de forma a levar o usuário em um processo de imersão, priorizando sua jornada, com foco nos recursos didáticos, retirando as distrações e permitindo o envio de feedback em tempo real.

O estudo do aluno agora acontece seguindo uma trilha de conhecimento e não mais uma divisão por recursos. Com a utilização de inteligência artificial, a nova plataforma recomendará cursos relacionados ao perfil do usuário e áreas de interesse, fomentando que os mesmos continuem e usufruam mais da plataforma. Técnicas de coletas e análise de dados irão auxiliar no processo de identificação do perfil do público, além de apontar categorias e áreas de cursos que devem ser impulsionadas.

Elementos de gamificação vão proporcionar maior satisfação e retenção do usuário, estimulando a participação e conclusão de novos cursos. A cada etapa concluída, pontos são acumulados e feedbacks automáticos são apresentados. Dessa forma, o ambiente traz características de pessoalidade e motivação. A certificação então será construída durante toda a trajetória e não apenas em uma avaliação ao final do curso. O acesso a uma etapa estará condicionado a conclusão da etapa anterior e o conhecimento é absorvido durante esse processo.

Informação: MA.gov 

0 comentários:

Postar um comentário

Abih

Abih

Fiema

Pousada do Buriti

Yes

Duvel