Assembleia Legislativa

quinta-feira, 22 de agosto de 2019
Convênio garante capacitação profissional aos públicos temáticos atendidos pela Defensoria, como jovens, mulheres e adolescentes em ressocialização.


SÃO LUÍS – O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (SENAI-MA) e a Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) firmaram um convênio nesta quarta-feira, 21, com o objetivo de garantir capacitação profissional a maranhenses em enfrentamento a situações de vulnerabilidade social, a fim de contribuir com seu empoderamento como cidadãos, além de oportunizar sua inserção no mercado de trabalho. O documento foi assinado pelo diretor regional do SENAI, Marco Antonio Moura da Silva, e pelo subdefensor geral do estado, Gabriel Furtado, representando o defensor-geral Alberto Bastos, e prevê a realização de cursos profissionalizantes nas modalidades de iniciação e qualificação, no período de um ano.

A iniciativa faz parte das ações do projeto Qualificar, desenvolvido em parceria pela entidade do Sistema FIEMA e a DPE/MA há sete anos e que já atendeu milhares de pessoas em situação de risco e/ou vulnerabilidade social, entre elas, mulheres, idosos, pessoas com deficiência.


Para Marco Moura é papel do SENAI contribuir para o desenvolvimento econômico e social do estado e na mudança de vida das pessoas para melhor. “Parcerias como esta que mantemos com a Defensoria trazem sempre bons resultados. A profissionalização é o melhor caminho para que esses maranhenses obtenham independência financeira e possam recuperar sua dignidade”, comentou.

O subdefensor geral Gabriel Furtado destacou que este novo convênio inclui ainda a oferta de educação profissional pelo SENAI para adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto, bem como para o público das famílias vítimas de homicídios. “Fazemos uma busca ativa de assistidos de todos os segmentos que precisam se capacitar para recomeçar a vida com mais dignidade. O nosso objetivo, com essa parceria, é oferecer oportunidades que possam tirá-los dessa condição de vulnerabilidade socioeconômica. A capacitação profissional eleva a autoestima, gera novas perspectivas, confiança e independência”, enfatizou, agradecendo a parceria com o SENAI em prol daqueles que mais precisam e destacando o trabalho da instituição voltado à melhoria da qualidade de vida das pessoas em todo o Estado.

A assinatura foi realizada no Departamento Regional do SENAI, em São Luís.

Informação: Fiema 

0 comentários:

Postar um comentário